segunda-feira, 12 de junho de 2017

Viny Machado: "Se precisar, empurro até os carros da Imperatriz..."

Intérprete desmente rumores da troca de escola - foto arquivo pessoal 

Por Israel Ávila 


Após ser anunciado como reforço no carro de som da Acadêmicos do Sossego no Rio de Janeiro, ao lado do intérprete Nego, o gaúcho Viny Machado foi “assunto” nas redes, em uma suposta notícia ventilada por outro intérprete.

Bastou aparecer em uma foto ao lado do André Nunes, novo presidente da Imperatriz Dona Leopoldina, para os rumores de que ele iria para a Laranja da Zona Norte tomarem força. Eu suas redes sociais o intérprete da Copacabana Robinho Sorriso, que integra a série Prata da capital, questionou a veracidade da ida de Vinícius para a Imperatriz. Da mesma forma, via redes sociais, o intérprete dos Leões da Zona Sul, Imperadores do Samba, desmentiu o boato fazendo uma sátira com uma laranja em mãos.

Em entrevista ao Setor 1 Viny Machado diz que ajudaria a Imperatriz, mas não cantando:

“Tudo isso por conta de uma foto que tirei com o André (presidente da Imperatriz).  O André  é meu amigo pessoal, se eu tiver que ajudar a Imperatriz até empurrando carros por conta dele eu ajudaria. Gosto de várias pessoas da Imperatriz. Tenho contrato com Imperadores do Samba até o fim de 2018, depois disso tem eleições lá...” – Exclama o canário.

Viny Machado é o interprete com passagem consecutiva mais longa por um escola de Porto Alegre. Será seu 10º ano no Imperadores do Samba. Antes disso esteve dois anos na União da Vila do IAPI, onde recebeu sua primeira oportunidade como interprete. Como apoio vocal ele ainda tem passagens por Imperatriz Dona Leopoldina e Estado Maior da Restinga além de ter sido interprete de várias escolas pelo interior do estado em uma história consagrada por premiações.