terça-feira, 21 de março de 2017

“Esta brincadeira está ficando de mau gosto, pra mim não da mais...” - diz Girozinho.

Foto: Fábio Cruz 

Por Israel Ávila 


A notícia que mais se comenta no inicio desta semana é a declaração dada por Gustavo Giró, o Girozinho, diretor de carnaval de Embaixadores do Ritmo, afirmando que este será o último carnaval da escola em Porto Alegre. A informação foi dada em entrevista a Rádio Gaúcha na madrugada de segunda quando Girozinho exclamava a dificuldade de executar este carnaval sem recursos.

“A culpa do que está acontecendo não é do prefeito Nelson Marchezan que assumiu esta cidade há 60 dias, e sim do “Seu Fortunatti” e do “Seu Sebastião Mello” que tiveram tempo para assinar o convênio do carnaval e não fizeram, mesmo a maioria do carnaval tendo os apoiado politicamente na última eleição.” – exclama.

Girozinho ainda disse que uma escola como Embaixadores do Ritmo, a segunda mais antiga da cidade, não teve o respeito que merecia por tudo que já contribuiu para a capital. Ele não descarta a possibilidade de que a escola passe a realizar desfiles em outras cidades, embora afirme que o seu desfile neste ano será sim um grande espetáculo como tem sido nos últimos anos, mas também será o último - “Esta brincadeira está ficando de mau gosto, pra mim não da mais...”. Ele finaliza dizendo que logo após o carnaval fundará um bloco “Embaixada da Alegria” que terá como finalidade “brincar” o carnaval sem compromissos.

Formato dos últimos anos ficou inviável

Já algum tempo a Embaixadores vem adotando um formato de carnaval que foi muito criticado inicialmente, mas posteriormente adotado por parte das escolas de samba de Porto Alegre, a compra de materiais de Rio de Janeiro e São Paulo. As fantasias e alegorias eram adaptadas para os enredos da escola e desde então Embaixadores obteve ótimas colocações chegando a ser vice-campeã do carnaval. Neste ano, sem o fomento da prefeitura, a pratica tornou-se inviável, mesmo assim, em entrevista ao Setor 1 dias atrás, ele assumiu já ter gasto mais de 80 mil reais no carnaval 2017 da escola.