sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Treino é treino, jogo é jogo!

Por Israel Ávila 

Com a indefinição referente ao carnaval deste ano em Porto Alegre, e com a única certeza de que haverá algum tipo de desfile, as escolas de samba do Grupo Especial da capital iniciam manobras para viabilizar seus desfiles com pouco tempo e pouco recurso em caso de haver ou não competição entre as escolas de samba, assunto que divide em massa a opinião dos carnavalescos.

A primeira escola a tomar medidas quanto a isso foi Bambas da Orgia. A maior campeã de carnavais da capital anunciou em seu ensaio de ontem a noite que não levará mais para avenida o tema “Num Piscar de Olhos Tudo pode acontecer”, e que reeditará o épico “Festa de Batuque”, que deu a escola o 2ª lugar no carnaval de 1995, mas que teve a maior aceitação de todos os enredos da escola até hoje.


Segundo o presidente Cleomar Rosa, a medida foi tomada para preservar o grandioso carnaval que seria realizado com o primeiro enredo, mas que não poderia ser executado com tanta incerteza e pouco tempo da festa de momo.

A medida deixa clara a opinião da direção da Azul e Branco de que, por eles, não exista competição entre as escolas de samba em 2017.

Nas redes...

A decisão tomada por Bambas da Orgia foi tida como surpresa nas redes sociais e dividiu opiniões. De um lado aqueles que estão felizes por ter de volta um enredo que tanto emocionou a nação bambista, do outro os que dizem que a atitude foi precipitada por parte da escola, e que a troca de tema seria o prenuncio de “desistência” de ter Bambas da Orgia como campeã de uma possível disputa.

A decisão da azul e branco da Voluntários da Pátria não aflorou apenas os ânimos dos torcedores e simpatizantes do carnaval. Algumas entidades também se manifestaram de imediato quanto ao ocorrido, a União da Vila do IAPI foi uma delas, e emitiu uma nota deixando claro que só desfila se houver competição:

 
A A.R.C União da Vila do IAPI, através de sua direção Executiva e seu departamento de carnaval vem a público comunicar, Nossa entidade que tem 37 anos de desfile no carnaval competitivo de Porto Alegre. Só faremos parte dos desfiles de 2017 em Porto Alegre, com o cumprimento do Regulamento aprovado em assembleias na Liga durante o ano de 2017.carnaval COMPETITIVO.
Atenciosamente 
Jorge Sodré


A decisão da União da Vila do IAPI que até hoje “beliscou” alguns campeonatos, mas nunca chegou a ser campeã se dá, pois o barracão da escola é, sem sombra de dúvidas, o mais adiantado dentro os outros. O tema em homenagem ao empresário Eduardo Natalício deu “um gás” ao trem da alegria, que por tanto, quer sim desfilar com a escola completa e como dizem: “com o regulamento de baixo do braço!”.

Segundo o presidente da Vila, Jorge Sodré, foi acordado dentre os presidentes em reunião extraordinária em primeiro lugar que não se manifestariam antes de um comunicado oficial, mas já que Bambas da Orgia tomou esta decisão, A Vila se acha no direito de tornar público o que ficou acordado referente a competição entre os todos os presidentes do Grupo Especial e os dirigentes da UECEGAPA: todos concordaram que as escolas só desfilariam se houvesse competição. 

Os demais presidentes, dirigentes e a Liga das entidades carnavalescas dizem que o momento é de cautela e que não irão se manifestar antes de uma decisão oficial tomada pelo conjunto de dirigentes que constroem e dirigem o carnaval. Uma nota deve ser emitida nas próximas horas informando como e de que formato deverá ser o carnaval de Porto Alegre em 2017.