quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Somos todos carnaval!



Toda vez que a pequena imprensa, em especial sites e blogs, se manifesta contrária a qualquer ação realizada no carnaval de Porto Alegre a manifestação por parte dos nossos gestores é sempre a mesma.

Ontem, na coletiva de imprensa marcada para um horário difícil das se fazer presente (nós do Setor 1, por exemplo, não fomos) isso foi novamente afirmado.

A alegação é que NÓS da imprensa estamos prejudicando o carnaval quando contestamos as decisões da Liespa. Que nós prestamos um desserviço ao carnaval. Cheguei a ouvir a seguinte frase: "O Setor 1 é inimigo do carnaval!".

A barbaridade chega a tanto, que em uma conversa com uma pessoa (que AINDA não faz parte dos dirigentes da festa) ela afirma que se por acaso fosse o coordenador do carnaval, mandaria alguns seguranças tirarem do Porto Seco qualquer pessoa que por ventura falasse algo que fosse contra os interesses da “festa”.

Mas felizmente, o que nos motiva a seguir trabalhando e não mudar a forma de pensar e nem a linha editorial é que não é a maioria que pensa assim. Pelo contrário, hoje se faz valer a vontade da minoria... por que a grande verdade é que maioria está insatisfeita.

Não é verdade que noticiamos apenas o que há de ruim, uma vez que noticiamos todos os eventos, ensaios, contratações e histórias de pessoas que realmente compõem e constrõem a festa popular. Visitamos as quadras, cobrimos eventos, oferecemos gratuitamente fotos, vídeos e material visual para que as pessoas tenham como reconhecimento e pagamento pelo serviço que prestam para a alegria e para a cultura popular.

Se assim está decidido, pela minoria que governa, que assim seja! E nós do Setor 1 como, tenho certeza, qualquer outro site ou blog, desejamos que seja um feliz carnaval, um carnaval de boas mudanças. Que as alterações sirvam pra melhorar, e que tenhamos um retorno positivo. Ninguém torce contra aquilo que ama, e amor pelo carnaval certamente é o que nos torna semelhantes.

Temos o direito de expressar nossa opinião, assim como qualquer ser humano tem, e o direito da imprensa é assegurado por lei. Se divulgamos datas, eventos e calendário oficial, estamos desta forma ajudando a levar informações a um contingente maior de pessoas, e isso é MAIS QUE UM SERVIÇO, isso fazer é marketing ao produto carnaval.

Se discordamos de alguma ação, estamos exercendo o direito de expressar nossa opinião, e isso não é um desserviço, até porque, a nossa opinião, tão pouco a opinião quem quer que seja muda qualquer coisa nas decisões tomadas.

Não temos interesses pessoais com o trabalho prestado uma vez que é do conhecimento de todos que não ganhamos nada por isso. Agora, O RESPEITO, este sim nós vamos sempre exigir, porque ele não se aprende na escola nem na faculdade, não vem do tempo de carnaval que se tem e nem do cargo que se ocupa... RESPEITO a gente traz de casa e ele jamais tem meio termo: ou a gente tem ou a gente não tem.

Vamos analisar a opinião popular e fazer uma autocritica de nossos trabalhos e o que A MAIORIA fala sobre eles. Ai sim, vamos determinar quem presta um desserviço ao carnaval e quem deveria reinventar ou reorganizar sua forma de trabalho.

Com isso deixo aqui nosso abraço em agradecimento aos leitores que nos acompanham e seguem como nós, torcendo pelo carnaval de Porto Alegre e com forte esperança para que ele cresça cada vez mais.

Deixamos também nossos sinceros votos que a Liespa em parceria com a Prefeitura Municipal de Porto Alegre tem sucesso na execução do trabalho e discernimento para conduzir o processo da melhor forma.

Pra finalizar nosso abraço aos companheiros da notícia, em especial Camarote Cultural, Tamujunto, Carnafolia e Flash dos Sambistas que seguem arduamente na luta por tentar dar voz a você, leitor e amante da folia. Seguimos em frente...

SOMOS TODOS CARNAVAL...
Texto: Israel Ávila