segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Reencontro - Rochelle Squel será a porta bandeira de Japa, no Império da Zona Norte.



Por: Leandro Amarante

Os caçulas de duas famílias muito amigas, vizinhas e de uma união muito forte. Famílias estas carnavalescas praticantes. A vontade da dança e o prazer em fazer parte desta festa popular...


Pois bem, os motivos falados acima, deram origem à uma grande união entre Rochelle Squel e Marcos Nunes, o Japa.

De 2005 à 2012, os dois amigos dançaram como passistas por diversas escola de samba do carnaval de Canoas. Em 2013 e 2014 o casal bailou junto, na Unidos do Guajuviras. Para o carnaval 2015, Marcos recebeu a proposta de ser o segundo mestre sala do Império da Zona Norte e resolveu aceitar. Rochelle, permaneceu na escola por mais um carnaval, até que em 2016 veio o convite da Academia de Samba Puro para que ela fosse a defensora de seu segundo pavilhão. Os caminhos se distanciaram, cada um em uma escola de samba, mas a amizade e cumplicidade nunca mudaram.

Em 2015, o casal não dançou junto em Porto Alegre. Mas, como melhor segundo casal de mestre sala e porta bandeira do carnaval de Alvorada, conquistaram o troféu Estandarte de Ouro.

O mundo dá voltas, isso todos sabemos. E por essas voltas que o mundo dá, o Império da Zona norte proporcionou o reencontro deste casal de mestre sala e porta bandeira. Em 2017, Rochelle Squel e Japa estão encarregados de defender o segundo pavilhão Imperiano, na passarela Carlos Alberto Barcellos, o Roxo.

O novo/velho segundo casal de mestre sala e porta bandeira, deu um depoimento à nossa redação sobre a parceria formada:

“Estamos muito felizes com a volta da nossa parceria. Somos mais que amigos, somos irmãos, e nada abalará essa união. Agradecemos à toda direção de carnaval e conselho deliberativo do Império da Zona Norte por permitir esse reencontro. Gostaríamos de convidar todos nossos amigos e padrinhos pra uma pequena confraternização no dia da nossa estreia no Império. Aqui há essência, cumplicidade e haverá muito trabalho. Nosso orgulho é ser Império!”