terça-feira, 23 de agosto de 2016

"Minha história, meu orgulho" - Unidos do Guajuviras


E hoje é dia de conhecer um pouco da história da representante da cidade de Canoas no carnaval de Porto Alegre. Confira:

O INÍCIO DE TUDO

A Unidos do Guajuviras foi fundada no dia 8 de janeiro de 1991. As cores da escola são o verde, o ouro e o branco. Seu símbolo são duas mãos, uma negra e outra branca, unidas em cumprimento e um gavião. Após ter ficado fora dos desfiles de Porto Alegre desde 2008, a escola retornou ao grupo de acesso para o carnaval de 2012. Entre os fundadores temos: Lore, Paulinho, Mestre Sarrinho, Dorival e César. As cores iniciais, verde e branco, foram colocadas no pavilhão para homenagear as escolas de samba Mocidade Independente de Padre Miguel (RJ) e Acadêmicos da Orgia (POA).

O CARNAVAL MARCANTE

Um dos carnavais marcantes da entidade, foi o do ano de 1995, onde a Escola conquistou o título do grupo de Acesso do carnaval de Porto Alegre, falando sobre a noite em plena luz do dia, com o tema “Uma viagem através da noite, seus encantos, mistérios e magias”. A Agremiação desfilou de 1993 à 2007 na capital, e retornou à mesma no carnaval de 2012.

O CARNAVAL PARA ESQUECER

Toda agremiação tem seus altos e baixos. E o carnaval para esquecer da história da Unidos do Guajuviras, foi o de 2016, onde a Escola teve problemas em seu barracão e seu pré-carnaval. O resultado foi o décimo lugar (sendo assim, rebaixada) na série prata de Porto Alegre e última colocada do grupo especial do carnaval de Canoas (sendo rebaixada também).

PERSONAGENS DA HISTÓRIA

Unidos do Guajuviras têm alguns personagens marcantes dentro da comunidade e pessoas que estão no Carnaval de Porto Alegre, que tiveram sua iniciação carnavalesca na mesma.
Daiana Machado, primeira porta estandarte da entidade, é marca registrada, e o amor à Escola é de família. Sua mãe, "dona Lore", é fundadora da entidade e foi por muitos anos a primeira porta estandarte da mesma.
Kettelin, é outro exemplo disto. Começou sua trajetória na Unidos do Guajuviras, e atualmente é a madrinha de bateria da mesma. Também é moradora do bairro que dá nome à Escola.
As irmãs, Rochelle (primeira porta bandeira da Academia de Samba Puro) e Roberta (segunda porta estandarte do Império do Sol), são oriundas de Unidos do Guajuviras.
E esse, que vos escreve, também é de origem Guajuvirense. Comecei na Escola em 2003 e permaneci até o carnaval de 2013.

DURANTE O ANO

Fora a época de carnaval, a entidade está sempre com movimentações, mesmo que não sejam ensaios. A agremiação está sempre planejando o seu próximo carnaval.