sexta-feira, 1 de julho de 2016

Restinga promove o reencontro de Marcelinho e Giza

Foto:Web/reprodução 

O Estado Maior da Restinga em parceria da MS Assessoria Esportiva promove o reencontro da dupla "Marcelinho e Giza". Marcelinho, com 29 anos de Avenida dispensa apresentações, detentor de vários premiações e títulos, o beija-flor possui passagens por diversas Escolas. Sobre a contratação o Presidente da Escola diz o seguinte:

" Estou realizado em promover o reencontro do casal Marcelinho e Giza em minha gestão. Ter a melhor dupla já vista em execução na avenida, defendendo as cores do Estado Maior é um prêmio para nossa Comunidade. A Restinga foi presenteada pela parceira MS Assessoria Esportiva, com a vinda do mestre Sala Marcelinho, para formar novamente este casal e defender a nossa bandeira” – diz Robson Dias, o Preto, presidente da entidade.

O casal deixa as seguintes palavras sobre o reencontro e a missão incumbida: 

"Somos assim: Ignoramos, mas também damos atenção. Choramos, mas também sorrimos. Odiamos, mas também amamos. Temos um lado ruim, mas também temos um lado bom. Afinal de contas ninguém é perfeito... Resolvemos que um Beija-flor não vive sem sua Rosa... E mais uma vez estamos juntos, unidos pela nobre arte da dança e pelo carinho indissociável da amizade, de mãos dadas, olho no olho e sorriso estampado no rosto. Superando qualquer obstáculo. Em todos os momentos, temos muito a dar, temos muito a oferecer, assim como aprender... Defender as cores do Estado Maior da Restinga nos traz muito orgulho e felicidade, por em nos terem confiado seu bem maior da Restinga: O Pavilhão... Agradecemos ao Presidente Preto, a primeira Dama Carla Pereira e toda diretoria. A nossa Comunidade apenas dizemos: Pra de mim ganhar, tem que rebolar, tem que remexer!”


A Escola segue trabalhando para 2017, com o propósito de apresentar o melhor espetáculo a sua Comunidade.

Foto: Ramiro Furquim


Mais um casal... E o que parecia improvável aconteceu! Após um desentendimento no pré-carnaval de 2015, Giza e Marcelinho voltam a bailar juntos, dessa vez no Estado Maior da Restinga.

Marcelinho já é conhecido na terrinha, passou pela escola e foi campeão com a mesma no ano de 2006, onde o tema enredo foi uma homenagem à OAB. Ele tem passagem por diversas escolas de samba da capital e do interior do Estado, além de ser o mestre sala mais premiado do carnaval do Rio Grande do Sul.

Já Giza, vai para o terceiro ano consecutivo defendendo o pavilhão do cisne altaneiro. Ela também tem passagem por diversas escolas da capital e do interior do Estado. Os dois dançam juntos num total de 6 anos, e sempre obtiveram boas notas. Em 2017, a Tinga falará sobre a cachaça, no Complexo Cultural do Porto Seco.