quinta-feira, 7 de julho de 2016

Destaques da vida: Walmir Oliveira


Walmir do Nascimento Oliveira, 66 anos; pai de Viviane e Sheila e avô de Nathália, Bárbara, Eduarda e Bruna. Ele é a nossa personalidade de hoje.

Formado em Administração de Empresas e Corretor de Imóveis, trabalha como autônomo no ramo imobiliário. Nosso entrevistado não é oriundo de família carnavalesca, relata que aprendeu a gostar e se conectar com nossa Cultura Popular devido ao entusiasmo e afeição que seus amigos íntimos demonstravam pela União da Vila do Iapi. Começou sua vida carnavalesca quando a Vila ensaiava na AMOVI; E nesta Agremiação que começou seu trabalho em Escolas de Sambas, então na Coordenação .

Walmir tem muitas passagens e experiências em nosso âmbito carnavalesco :
De 1991 a 1994, foi Presidente da Sociedade Beneficente Cultural Floresta Aurora. Em 1992 pela União da Vila do Iapi, atuou na coordenação. De 1993 a 1995, foi a vez de ser Diretor de Carnaval e estrear no cargo com a Imperadores do Samba. Entre os anos de 1995 a 1997, atuou na coordenação de  Bambas da Orgia passando de 1998 até 2007, como Diretor de Carnaval . De 2008 a 2014, foi Diretor de Carnaval do Império da Zona Norte. No ano de 2015, retornou à Nação Azul e Branco; como Diretor de Carnaval. Neste ano de 2016, passou a Avenida do Porto Seco  como Diretor da Unidos do Capão.

Detentor de algumas premiações em sua trajetória, carrega na bagagem 06 estandartes de Ouro, 01 Setor 1 e 01 Tamujunto .

Para ser um Diretor de Carnaval , nosso entrevistado diz que: Responsabilidade, disciplina, conhecimento técnico e prático das tarefas que o cargo lhe impõe; são essenciais. Além de demonstrar a cada ensaio, reunião e atividades externas, paixão pela escola, amor ao Carnaval e companheirismo para com os parceiros de trabalho .
Começamos aqui uma troca de experiência e informações relativas ao cargo e suas incumbências:

Setor 1 : Qual setor de uma Escola, é o mais fácil e o mais difícil para trabalhar ?

Walmir Oliveira: " - Para o Diretor de Carnaval não tem um setor específico que seja acessível ou não, todas as tarefas de sua competência, tem e devem ser conduzidas com maestria e conhecimento, além de ótima comunicação com o grupo de trabalho. O mais difícil, acredito que por não me considerar um especialista, a harmonia musical; por ser um quesito a parte."

Setor 1 : O que é imprescindível para uma Escola ser campeã ?

Walmir Oliveira: " - Uma Escola pretendente ao título, dos 08 quesitos avaliados, no mínimo 05 tem que ser forte. Além disso, ter ótimos ensaios técnicos, bastante liderança com seus coordenados e profundo conhecimento de todo desenvolvimento da temática do enredo; relativo ao que for desenvolvido e projetado para o desfile da avenida. Bem como organização , investimento e garra. "

Setor 1 : Como é para o Senhor ter formado e descoberto grandes talentos em nossa Festa Popular ?

Walmir Oliveira: " - Me sinto lisonjeado quando vejo a possibilidade e a vontade de pessoas novas, fazerem parte da nossa cultura popular. Trazer postos novos, idéias novas e visões de carnaval diferentes; implica no apogeu e ascensão de nossa festa.  Em virtude disto, o Carnaval está sempre mudando e de certa forma revolucionando a mente e o relacionamento entre as pessoas. Participar e fazer parte de tudo isso é gratificante ! "

                       Foto: arquivo pessoal
A maior alegria que o Diretor teve em nossa Festa de Momo, foi a vitória no ano de 2007 com a Nação Azul e Branco, Bambas da Orgia. E sua maior tristeza , foi também relacionado  com a Entidade, no ano de 2000, quando a Escola teve seu descenso. O Carnaval que o Diretor quer lembrar para sempre, é do ano de 2008, o campeonato do Império da Zona Norte. E o Carnaval para esquecer, foi com Império da Zona Norte em 2010; onde relata terem feito um desfile lindo, porém, por um erro técnico a Escola perdeu pontos em evolução.

Setor1 : Qual recado o Senhor deixa para quem um dia pretende exercer a função de Diretor de Carnaval ?

Walmir Oliveira: " - Primeiramente , tem que ter um estudo específico do REGULAMENTO e do CARNAVAL. Conhecimento teórico e prático de todas as tarefas que são de sua competência, liderança com seus comandados, muita disciplina e responsabilidade! "
Walmir tem sua crença no “Criador do Universo”, porém acredita na força dos Orixás!

Nosso entrevistado finaliza nossa entrevista com as seguintes palavras sobre o Carnaval :

" - Fazer parte da Cultura Popular , e poder dizer que antes de tudo ; sou um folião e apaixonado , por todos os momentos bons e sublimes ; que o Carnaval me proporcionou  e ainda vai me proporcionar . O Carnaval antes de mais nada , é um envolvimento de amor , família e dedicação ; que me acompanha e que esteve ,está e estará presente ; em todos os âmbitos de minha vida! "