segunda-feira, 27 de junho de 2016

“- Quero agradecer a todas minhas Passistas por fazerem parte da minha história e da minha vida..."

             
Estamos aqui com mais uma matéria sobre as grandes personalidades do nosso carnaval.

Giovanni de Góis, solteiro, técnico em enfermagem. No carnaval é reconhecido por sua irreverência e estilo de dançar. O passista atualmente trabalha em farmácia, com uma carga horária de 07horas e 20 minutos diariamente e, aos finais de Semana faz alguns free em Home Care.

Começou sua jornada no carnaval no ano de 2001 e segue sem nenhuma interrupção até os dias de hoje.

Iniciou na extinta Real Academia de Samba no posto de segundo passista junto com Rafaelly (hoje não mais atua). No ano seguinte, foi convidado pela diretoria da escola para ocupar o posto de primeiro passista ao lado de Silvânia que já era a primeira da agremiação.

No ano de 2003, ele foi para escola de samba Império do Sol. Seu bailado se juntou ao de Quel Rodrigues. Já em 2004, retornou a Real Academia, ao lado de Lú Gomes, permanecendo por dois carnavais.

Em 2006, Giovanni foi convidado a integrar o grupo da Acadêmicos de Niterói, onde permaneceu por três carnavais. Lá dividiu palco e apresentações com Quel Rodrigues e, dois anos com Sabrina Lopes.

A convite do célebre Bráulio Pontes, foi fazer parte do grupo de destaques da União da Vila do IAPI no ano de 2009. A sede do trem da alegria foi sua casa por 07 anos, dos quais, quatros anos o riscado foi ao lado de Jessica Navarro e os três seguintes com Tays Santos.

No carnaval de 2016 ele chega a sede da representante de Viamão Unidos de Vila Isabel, novamente levado por Bráulio. Segue na tricolor de Viamão ao lado de Grasiele Fontes.

Nosso entrevistado também possui em seu currículo passagens por entidades carnavalescas fora da capital: Acadêmicos do Rio Branco em São Leopoldo, Acadêmicos do Morro em Sapucaia do Sul, Salgueiro em Esteio, Estação Primeira de São Léo em São Leopoldo, Unidos do Beco em Cruz Alta, Deu Chucha na Zebra em Uruguaiana, Bloco Entre a Cruz e a Espada em Pelotas, Bloco Leocádia em Pelotas. Coincidência ou mérito de seu talento, gingado e simpatia?
...
Em grande momento de sua vida, Giovanni foi agraciado com o título Rei do Samba do Estado do Rio Grande do Sul no ano de 2014. Em 2015, foi Rei de Bateria dos Astros de Alvorada e neste ano de 2016, ostentou o mesmo cargo a frente da Bateria da Nenê da Harmonia de Canoas.

Sua família não é muito ligada ao Carnaval, mas sempre torcem e apoiam suas decisões, cita sua madrinha e prima como fãs número 1, sempre o impulsionando e nunca o deixando desistir.

Católico não praticante, diz admirar e respeitar muito a religião africana.

Para Giovanni, a maior alegria que o carnaval lhe traz é poder ver o carinho e respeito que as pessoas têm pelo seu trabalho... Esse carinho não tem preço!... Assim como ver o profissional que se tornou.

Infelizmente a vida não é feita só de um mar de  rosas... A maior tristeza para nosso passista é a desvalorização da nossa cultura, no seguimento carnaval, pelos nossos governantes!  Uma cultura linda, complementa nosso entrevistado.

Giovanni ao relembrar toda sua caminha, finaliza com um agradecimento:

“- Quero agradecer a todas as minhas passistas, por fazer parte da minha história e da minha vida... Muito obrigado a cada uma... E tenham a certeza, que foram peças chave para que tudo isso acontecesse... Obrigado de coração!”


Dono de uma dança alegre, bem marcada e com trejeitos que seguem com a assinatura dele... Giovanni Góis, este foi nosso entrevistado.

Fotos: arquivo pessoal
Edição: Leandro Amarante