quinta-feira, 23 de junho de 2016

Novos defensores para o 2º pavilhão da Imperadores


Com a promoção de Juliana Carvalho à primeira porta bandeira da escola e a saída de Andrey Benta com vista a novos projetos, ficou vago o posto de segundo casal da Imperadores.

Neste último sábado, o Diretor de Carnaval Érico Leoti fechou contrato e anuncia o casal Aderson dos Anjos e Arielly Silva como o novo segundo casal da Imperadores do Samba.

Aderson iniciou na Escola de Samba da Glória como segundo mestre sala, onde ficou de 2009 até 2011. Após foi para o Projeto Bailado do Cisne da escola co-irmã Restinga.

Em 2014 foi para o Copacabana como segundo mestre sala. Em 2015 passou para primeiro. Em 2016 voltou para a Escola de Samba da gloria para ser primeiro.

“Agradeço ao presidente Rodrigo pela confiança que está me dando. Para mim defender este Pavilhão, este manto vermelho e branco. Garanto não desapontá-lo e vou dar o meu máximo de dedicação para escola! Sempre sonhei em dançar no Imperadores do Samba e hoje esse sonho vira realidade. Muito brigado!” – diz o mestre sala

Arielly Começou a dançar com 13 anos na Imperatriz Dona Leopoldina, com14 anos foi para o Estado Maior da Restinga, com 15 e 16 dançou na Praiana. Empunhou o primeiro pavilhão da Protegidos da Princesa Isabel com 17 anos e com 18 assumiu o da Unidos da Vila Mapa, ainda desfila no interior: Canoas, São Leopoldo, Esteio, Guaíba, Alvorada e fora do estado. Também ministrou aula de MS e PB no projeto da Praiana, Verde que te quero rosa, neste mesmo ano também em alvorada.

“IMPERADORES DO SAMBA: uma escola forte de garra quem está ali é porque ama o que faz, sempre admirei a escola por ser uma escola do povo, cada componente cada detalhe é fundamental para fazer tudo lindo como a Imperadores do Samba sempre fez, e agora fazendo parte desta escola a admiração aumenta o nervosismo e a responsabilidade também entao agradeço o presidente Rodrigo por esta oportunidade, Érico meu diretor e ao meu vice presidente e padrinho Paulo Pires por apostar em mim.” – exclama a porta bandeira