sexta-feira, 24 de junho de 2016

CETE premia os melhores enredos de 2016 e debate o futuro do carnaval

Foto: Luci Santos

Pelo sexto ano consecutivo, o Centro de Estudos e Pesquisas de Tema Enredo e Memória do Carnaval – CETE vai premiar os autores dos melhores enredos do carnaval das quatro cidades onde formou o corpo de jurados (três gaúchas e uma catarinense). A entrega do Troféu CETE vai acontecer durante uma cerimônia que será realizada no sábado, dia 25 de junho, às 13h30, na Sala João Neves da Fontoura (Plenarinho), localizado no 3º andar do prédio da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, no Centro Histórico de Porto Alegre.
Votaram na premiação os associados do CETE que foram jurados nos desfiles de escolas de samba nas cidades de Canoas, Caxias do Sul e Itaqui, e em Concórdia (SC).
Na ocasião, também serão homenageados os representantes das entidades organizadoras das cidades onde o CETE julgou e personalidades de relevância carnavalesca em Porto Alegre.
Futuro do carnaval no RS
Logo depois da entrega de premiações será realizado um fórum reunindo representantes das ligas, associações e entidades organizadoras do carnaval das cidades do interior do Rio Grande do Sul. Para o encontro já estão confirmadas as presenças de delegações de mais de 20 municípios.
O objetivo é debater o futuro do carnaval nesses tempos de crise financeira e propor soluções para que a festa popular se mantenha nos próximos anos. Pesquisa realizada pela Famurs apontou que 151 municípios gaúchos não destinaram recursos para a realização do carnaval de rua em 2016.
PROGRAMAÇÃO CURSO DE TEMA ENREDO – MÓDULO 2 “CARNAVAL”
·         Dia 25 de junho de 2016 – 3º encontro
Local: Plenarinho (Sala João Neves da Fontoura) – 3º andar do prédio da Assembleia Legislativa do RS (Praça da Matriz, 101, Centro Histórico), em Porto Alegre-RS.
Das 13h30 às 13h45: Recepção e inscrições.
Das 13h45 às 15h30: 6ª edição da entrega do Troféu CETE aos melhores enredos; Troféu Amigos do CETE e Troféu Personalidades do Samba.
Das 15h30 às 18h: Fórum “O futuro do carnaval no Rio Grande do Sul”.
Inscrições
As inscrições para o Módulo 2 do curso de tema enredo podem ser feitas na hora do evento, no sábado, na Assembleia, ou antecipadamente pelo e-mail cete.temaenredo@gmail.com.
O valor para todo o curso é de 130 reais (não-sócios do Cete) e 60 reais para os sócios do CETE . Palestras avulsas pagam 20 reais. O curso vai até o dia 30 de julho, sempre aos sábados, das 13h30 às 18 horas.
Mais informações pelo e-mail cete.temaenredo@gmail.com.
LISTA DOS PREMIADOS

Troféu CETE (autores dos melhores enredos):
* nomes dos autores (conforme consta nas fichas técnicas das escolas distribuídos aos jurados), nas respectivas cidades.
Canoas – Grupo Especial: Fábulo Rosa (Acadêmicos de Niterói). Grupo de Acesso: Daniel Scott (Nenê da Harmonia).
Caxias do Sul – Grupo Especial: Fernando Correa (Mancha Verde). Grupo de Acesso: Paulo Ricardo Soares (Acadêmicos XV de Novembro).
Concórdia: Ronaldo Ritter (Matriz do Samba) – também vai receber o Troféu Amigos do CETE como tesoureiro da Liga das Escolas de Samba Concórdia.
Itaqui: Comissão de Carnaval (Acadêmicos da Mocidade Independente).

Troféu Amigos do CETE (aos representantes das entidades organizadoras do carnaval):

Adriana Velho (Secretaria de Cultura de Caxias do Sul);
Claudia Mara Borges, secretária de Turismo, Desporto e Cultura de Guaíba;
Cleberton Ribeiro (presidente da Assencar)
Eduardo Paim (secretário-adjunto de Cultura de Canoas)
Elvino Santos , diretor da Assencar
Gilmar MOnticelli, diretor-superintendente da Fundação Municipal de Cultura de Concórdia
Márcio Barros, presidente da Comcari, Itaqui
Zeca Mazzocco, chfe de departamento da Fundação Municipal de Cultura de Concórdia.

Troféu Personalidades do Samba (relevância dentro da história do carnaval de POA:
Paulo Roberto da Silva (Fiapo) – ex-mestre-sala de Bambas da Orgia;
Lígia Ivana Flores – ex-porta-bandeira Bambas da Orgia e Império da Zona Norte;
Waldemar Moura Lima (Pernambuco) – carnavalesco, ativista da causa negra, fundador da Banda DK, do bloco Maria do Bairro e criador da Rua do Perdão.
Luiz Humberto Pompeu – campeoníssimo em concursos de fantasias categoria Luxo Masculino e destaque em escolas de samba
Hélio Dias – Único remanescente ainda ativo da primeira tribo carnavalesca, Os Caetés, fundador da União da Vila do IAPI e ex-secretário da AECPARS.

Luiz Carlos Machado da Silva (Mestre Caloca) – fundador da Academia de Samba Praiana, músico, ex-diretor de bateria.