segunda-feira, 25 de abril de 2016

Uma nova era frente à bateria de Imperadores do Samba

  
E o povo de Imperadores do Samba está embalado de novo a cantar...

Há poucos dias a nação vermelho e branco foi surpreendida com a notícia da saída dos Mestres Kauby e Urso frente a bateria da agremiação.

Na noite de hoje (25), os torcedores e colaboradores desta família imperial podem dormir mais sossegados. Toma posse do apito da bateria sinfônica o renomado mestre de bateria Jr Aruanda.

Os detalhes desta nova contratação foram acertados ainda nesta tarde em reunião com o presidente da escola, Rodrigo Costa.

Herdeiro de um grande legado musical de seu avô João Aruanda, o mestre de bateria hoje retorna à esta casa que tanto lhe ensinou e tamanhas foram as histórias lhe deram.

Ele pertence a um grupo seleto da nova era de mestres do nosso carnaval. Sua brilhante história entre as linhas amarelas começou ainda na década de 90 (meados de 1997 – 1998). Seguiu firme sob o comando de uma das mentes mais brilhantes que pisaram em solo rio-grandense, o saudoso Neri Caveira até o ano de 2006. Fora ainda pupilo de Mestre Sandro Gravador.

Sabendo de seu imenso potencial e faro apurado para o gingado, no ano de 2007 passou a compor o grupo de diretores de bateria da União da Vila do IAPI ao lado do mestre Gravador. Após passagem pela Vila, deixou, mesmo que rápida, sua assinatura na Academia de Samba Praiana. A nação azul e branco o acolheu, e lá permaneceu por dois anos(2008 e 2009).

Em 2010 chegou ao Império da Zona Norte na direção de bateria (2010 e 2011). 2012 com fora um ano especial para o destaque. Assumia a bateria como primeiro diretor. Fruto de seu trabalho ao longo dos três anos que ficou na agremiação, foi agraciado com 2 estandartes de ouro (2013 e 2014). Acadêmicos de Gravataí foi a última escola por onde passou (defendeu a escola por 2 carnavais).

O jovem estudioso desta nobre arte apresenta para todos nós grande qualidade de ritmo, prova disto é a legião de ritmistas que são seguidores fiéis do seu trabalho. É reconhecido ainda pela utilização de elementos ritmados e coreográficos arriscados, mesmo assim, os executa sob os pilares da confiança dos seus, qualquer que seja o grau de dificuldade. Jr Aruanda vem para escrever nova história no mar vermelho e branco... 

A chuva que hoje cai no solo desta terra amada, com certeza são as lágrimas de felicidade de todos os baluartes e amantes da nação vermelho e branco que já partiram. O céu é puro ritmo! Ninguém é mais feliz nesta noite que João Aruanda, acompanhando a seqüência de sua obra, o seu grande legado...

(in memorian)