segunda-feira, 4 de abril de 2016

Destaques da Vida: Tânia Amaral

Hoje na Série DESTAQUES DA VIDA E DO CARNAVAL, venho falar de uma pessoa muito conhecida que esta no meio a nada menos que 33 anos, nos brindando com seu talento, amor, perseverança e profissionalismo: TÂNIA AMARAL, promotora de vendas com uma carga horaria de 8 horas diárias, mãe de 03 filhos... Começou como madrinha de bateria da Filhos da Candinha, foi 1ª Secretária da Tribo os Comanches, aonde representou a Escola no Rainha do Carnaval de Porto Alegre. Após recebeu convite pela Academia de Samba Praiana para representar a escola no mesmo concurso, nesta período fazia um trabalho social no Esporte Clube Flamenguinho  e União da Tuca, com crianças de 05...06 anos, a onde ensinava vários tipos de danças e faziam apresentações em eventos.
    Um belo dia em Outubro, foi convidada pelo saudoso João Aruanda a levar seu trabalho para avenida e assim começou seu trabalho em  coreógrafa de alas  e comissão de frente, além de atuar como Porta estandarte.
“Conheci muita gente maravilhosa: João Luiz Montier (Candinha), Manir e Deoclécio (Real Academia), Braulio, Nilton e Jussara (Vila do IAPI), Julião e Urso (Império), Miro(Praiana), Walmir (Bambas), Valdir e Karem (Comanches). Essas pessoas citadas, são e serão sempre principais em minha vida, por acreditarem e confiarem fielmente em meu trabalho, por me darem chance de elevar cada vez mais meus sonhos como profissional .” – Diz Tânia
     Nossa Destaque relata que o Carnaval faz parte de sua vida, e é uma das muitas felicidades que tem, cada vez mais a cada ano que passa representando o dom da arte que Deus lhe deu! Sobre a questão de um de seus filhos estar seguindo seus passos, ela me diz:
“Me sinto por demais emocionada, vendo Thales no mesmo caminho, em primeira instância tive receio pois a maratona é bem puxada ...mas, se ele também nasceu com este lindo dom... A dança é quem manda!”
Todo este tempo dedicado a nossa Cultura, renderam a coreografa muitas premiações, entre elas: 23 Estandartes de Ouro com Balanço da Ginga, e 06 como Porta Estandarte, 01 Tamujunto e um Setor 1, 02 em Tapes e 01 em Alvorada como Comissão de Frente...Entre outros prêmios.

         Questiono, como é seu relacionamento com os integrantes da Ala Balanço da Ginga, já que se trata de muitos integrantes. Firme e orgulhosa ela responde que deles vem todo seu sucesso, veio e sempre virá deles: seus bailarinos são uma família, existe briga, desavenças, ciúmes,mas sempre impera o amor e o propósito único que é o trabalho bem feito e o amor pelo que se faz .
         Tânia faz questão de relatar, que em Junho de 2002, teve um aneurisma cerebral, ficou um mês em coma, desenganada. Graças as forças divinas e sua vontade de querer ficar viva, ela sobreviveu. Caminhou um bom tempo de muletas, mas em 2003, ela estava firme e forte desfilando na avenida como Estandarte pela Tribo.
De religião de matriz Africana, cultua a Umbanda e Nação, filha de Ogum e Iansã. Ela salienta que tem devoção por todos os Orixás, já que se considera muito abençoada e uma pessoa de muita fé.
     Finalizamos com o relato, de sua casa atual, Tania conta que foi convidada a fazer parte da Imperadores do Samba, por Bráulio Pontes e Silvio Oliveira e esta a três anos na vermelho e branco.
Em 1ª mão ela nos brinda com a noticia que para o Aniversário de 30 anos da Ala Balanço da Ginga esta planejando uma grande festa com um musical com as cores de todas as agremiações que a ala já passou, e que seus mentores dentro do Mar, serão os Padrinhos da Ala que se batizará nesta data.
          Encerramos esta matéria, dedicada a esta grande personalidade, exemplo de garra, vida, fé e profissionalismo... Tania e sua arte são destaques da Vida, e do nosso carnaval.