quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Laura deixa a Academia de Samba Praiana

Por Israel Ávila

Uma das porta estandartes mais identificadas com o seu pavilhão deixa sua entidade nesta tarde. Laura, que desde os 14 anos conduzia o primeiro pavilhão da Pavilhão da Praiana deixa a verde e rosa da Padre Cacique. Veja o texto emocionante postado pela linda destaque em sua rede social.


Hoje no Livro da Minha Vida encerro mais um capítulo, talvez com um ponto final, talvez com reticências, mas certamente repleto de fatos marcantes aos quais guardarei com muito carinho em um lugar muito bonito.
Um dia recebi um chamado para realizar um sonho e lá fui eu... Aos 14 anos de idade desfilei defendendo o Pavilhão cinqüentenário verde e rosa como Primeira Porta Estandarte. Foram sete carnavais honrando a história e a tradição com muito amor e dedicação, identifiquei-me com a Escola a ponto de ter o seu nome incorporado ao meu – Laura da Praiana - e enquanto detentora da Jóia Marítima Coroada me senti tão protegida... Meu fiel companheiro, o Estandarte, e eu éramos um só!
Pela academia de Samba Praiana conquistei muitos prêmios como reconhecimento de todo o esforço que se fez para chegar à concentração, vencer a passarela até a dispersão. No ano em que estreei fui agraciada com o Troféu Ghalib como a melhor Porta Estandarte do Grupo Especial – 2010, logo após vieram o Troféu UDESCA – edições 2012, 2014 e 2015; e o Troféu Setor 1 – edições 2014, 2015 e 2016. Ganhamos – Meu estandarte e eu!
Agradeço a todos aqueles que me ajudaram, apoiaram e lutaram para que eu me apresentasse dignamente em shows e na avenida. Foram muitas pessoas as quais nos estenderam a mão por acreditarem em nós...
Agradeço à Praiana por tudo o que sou nessa festa! 
Foi essa a Escola a grande responsável pelo meu crescimento como Porta Estandarte. Foi na Praiana que conheci pessoas que hoje são necessárias em minha vida.
Despeço-me do meu fiel companheiro, meu Estandarte, mas não do sentimento que nos une, pois ele estará tatuado em mim para sempre. Não sei do meu futuro, então não lhe digo adeus, mas sim um ate logo... Espero que quem o receba lhe trate tão bem quanto lhe tratei, lhe ame tanto quando o amo e amarei.
Despeço-me por entender que o ciclo encerrou-se. Ao longo desses anos driblamos tantos problemas, porém todos vão acumulando a ponto de chegar um determinado momento em que transbordassem. E esse momento chegou... 
Deixo claro que não me desligo da entidade por estar me transferindo para outra. Durante todos esses sete anos recebi muitas propostas para desfilar em outras Escolas e sempre as recusei por acreditar que meu lugar era a frente da Praiana. Desfilei por ela no Grupo Especial, no Intermediário A, no Grupão... 
Obrigado Praiana!
Obrigado por tudo o que me proporcionastes!
Quem sabe em um futuro não muito distante nós nos reencontramos?
O futuro a Deus pertence...
Tenha um feliz carnaval em 2017!
Estarei torcendo por ti e te aplaudindo... Aplaudindo aquele que fará parte de mim para sempre: O Meu Estandarte!