domingo, 14 de junho de 2015

Perfil especial: Pha Flores

Como todos sabem, no mês de Junho o Setor 1 está completando 2 anos. Ao longo de todo este mês vamos estar publicando Perfil’s especiais com os integrantes da equipe Setor 1. Vamos conhecer um pouco mais sobre Pha Flores, diretor do Programa Setor 1 e da Raças Consultoria, que cuida da marca Setor 1.


Nome: Fabiano Flores
Idade:
34 anos
Naturalidade:
Porto Alegre / Brasil
Função no carnaval:
Integrante da Harmonia Coração Valente e Publicitário
Profissão:
Publicitário
Religião:
Católica

Escola que começou:
Império da Zona Norte
Escola por onde passou:
Império da Zona Norte e Estado Maior da Restinga
Escola que está:
Não estou mais desfilando
Escola do coração:
Império da Zona Norte e Imperadores do Samba




Se não ocupasse a função que ocupa no carnaval, o que você seria? : Hoje ocupo uma função mais administrativa e comercial que tanto gosto.
Profissional do carnaval gaúcho que você admira: Lígia Ivana Flores como Porta Bandeira e Sandro Ferraz como intérprete
Um carnaval inesquecível: 2009 no Império da Zona Norte, meu primeiro desfile

Uma palavra: Dedicação
Um sonho:
Tornar minha empresa nacionalmente conhecida
Um programa de TV:
Programa SETOR 1
Um filme:
Amor além da vida
Um amigo ou amiga:
Lígia Ivana Flores
Uma música:
Climatizar Ferrugem
Um defeito:
Perfeccionista
Uma qualidade:
Intenso em tudo que faço


O que você vê de certo no carnaval: O amor dos foliões por suas escolas, a dedicação das pessoas por suas bandeiras e toda a estrutura que possuímos mesmo que não seja definitiva.

O que você vê de errado no carnaval: Iniciando pela falta de respeito e responsabilidade de alguns dirigentes, a falta de pagamento de cachês pré-acertados e principalmente a tentativa de reversão de razões.



Uma história de carnaval: Na minha carreira de cantor, já havia cantado por todos os diversos estilos de musicas, mas ainda não tinha cantado junto de uma bateria de escola de samba. Na ocasião, festival de samba enredo do Império da Zona Norte para o carnaval de 2008, resolvi junto do meu amigo Thiago Lencina participar do festival e assim cantar com o acompanhamento da tal bateria... sem nunca ter ido a um festival, colocamos a cara com um microfone (eu) e um cavaco (Thiago) e a velha frase: Que seja o que Deus quiser hehehehehehe... Após nossa apresentação na qual cantei sozinho, isso é, sem apoio de outras vozes, escutei do então intérprete da escola: “parabéns meu filho, tu tens potencial e personalidade por vir aqui cantar sozinho” Sandro Ferraz. O que mais eu queria naquele momento? Nada, cantei com uma bateria e escutei do meu ídolo que eu tinha ido bem, pra resumir, cantei com ele nos próximos seis carnavais tendo inclusive o substituído por um tempo, durante um breve afastamento medico.

Mensagem aos leitores do Setor 1: Gostaria de agradecer a equipe do Setor 1 pelo convite, e deixar aos leitores do melhor site carnavalesco do Brasil que não deixem esse canal morrer, leiam, mandem informações, vejam o programa Web, apoiem os projetos e principalmente compartilhem essa ideia. Nosso pagamento é o acompanhamento diário de cada um de vocês. Vida longa ao Setor 1 e obrigado pela parceria que possuem com minha empresa Raças Consultoria.