terça-feira, 30 de junho de 2015

Os "Tio Patinhas" do carnaval

Graças a Deus todos os dias os brasileiros mostram que são criativos e determinados, principalmente quando o assunto é dinheiro. O noticiário mostra uma série de reportagens que dizem que o país esta em crise, mas só cabe a nós driblar este momento. As moedas são uma forma criativa, de aos poucos, e a longo prazo, realizar alguns sonhos ou metas.

No carnaval temos dois “Tios Patinhas” aderiram ao ditado popular que fala o seguinte: “É de grão em grão que a galinha enche o papo!”.

Rodrigo Silveira, 30 anos, vendedor, é um dos “Meninos da Vila”, que dirige a bateria da União da Vila do IAPI. Junto a sua esposa, o diretor de bateria teve a ideia de começar a juntar moedas com o objetivo de viajar ao Rio de Janeiro, isso a três anos atrás.

Como seu emprego facilita a troca de cédulas para moedas, todos os dias ele traz para casa alguns “ferrinhos” para colocar em seu cofre: uma “bombona” d’água. A viagem ao Rio de Janeiro foi feita e no ano seguinte a festa de aniversário do filho foi paga toda com moedas.


“Neste ano resolvi contar e trocar antes do fim do ano, e em seis meses já tinha mais de três mil reais” – Conta o diretor de bateria.

Outro que aderiu ao cofre de “planejamento do carnaval” foi o mestre sala João Manuel, 36 anos. O beija flor colocou um cofre junto ao balcão da estética onde é cabeleireiro para que os clientes deixassem ali aquelas moedas que para alguns é incomodo no bolso ou na bolsa.

O plano inicial era o mesmo de Rodrigo, um viagem ao Rio de Janeiro, mas o foco agora mudou:

“Vou usar este dinheiro para comprar adereços para a minha fantasia. Neste ano ela ficou pronta horas antes do desfile e um dos motivos era esse, a falta de grana. Desta forma terei algo pra auxiliar naqueles detalhes que a escola não dá.” – Diz o mestre sala


Planejamento, ligado a criatividade e bons objetivos tem tudo a ver com o carnaval e com as pessoas do samba, afinal, o povo “samba” todo dia na busca da realização de seus sonhos e vontades. Parabéns a dupla de empreendedores da moeda... E você, já separou sua moeda do dia?