sexta-feira, 5 de junho de 2015

Neste sábado inicia o projeto "Eu Sou o Samba"


Neste sábado, 6 de junho, inicia o Eu Sou Samba, projeto que visa formar e aperfeiçoar passistas masculinos e femininos da capital. Com Adilson Soares, passista dos Bambas da Orgia, como instrutor as aulas ocorrerão aos sábados na academia Mudança av. independência, 831 bairro Centro, com início as 14 horas.

Entenda o projeto:

O Carnaval de Porto Alegre sempre foi marcado por tradicionais aspectos característicos do nosso povo. Esses aspectos fazem com que sejamos lembrados em todos os outros carnavais, que ao norte da nossa terra se fazem no cenário nacional, principalmente no Rio de Janeiro, a matriz do samba. Diante desta perspectiva sabemos que os sub-quesitos “Porta Estandarte e Casal de Passistas” são resistentes somente aqui no sul, e esse valor é somente nosso.

O primeiro se faz resistente até hoje por conta de dois projetos fundamentais de incentivos e educação cultural que temos na capital como: Padedê do Samba e Bailado. Por toda via, se tratando de Passistas, a colaboração da sociedade carnavalesca da capital já não tem o mesmo empenho. Nota - se que esses personagens do carnaval estão se perdendo pelo tempo, tempo esse que não relembra saudosos do passado, mas o tempo contemporâneo que está descaracterizando a figura dos Passistas.

Com visão da necessidade de fomentação da categoria, o repasse de informação e experiências, a passagem de conteúdo, mas também não esquecendo que a inclusão de novas teorias e técnicas necessárias, não apenas para instruir, mas sim aprimorar cada vez mais, valorizando o talento juntamente com as técnicas.

Então diante deste quadro, surge o 1° PROJETO da capital que se destina a classe dos Passistas Masculinos e Femininos: “Projeto Cultural Eu Sou o Samba”. A gerência do projeto fica por conta de três jovens talentos da classe,  Fabricio Lemos, Chris Rafa e Rafa Santos, em formação acadêmica e tecnol, que ficarão alternando serviços entre si, para que todas as etapas sejam concluídas com louvor pelo instrutor do projeto Adilson Soares, passista consagrado da capital. Este que também se somará aos administradores com decisão quase que primordial por lidar com o dia-dia dos alunos e do projeto.