sexta-feira, 26 de junho de 2015

Amanhã é dia de associar-se a ASDIBA


A ASDIBA – Associação dos Diretores de Auxiliares de Bateria, estará amanhã (Sábado – 27), das 17 ás 20 horas, na quadra de Bambas da Orgia (Voluntários da Pátria, 1187), para mais um dia de cadastramentos de diretores e auxiliares de bateria.

Todos os diretores e auxiliares de qualquer bateria que desfile no carnaval de Porto Alegre (Grupo Especial, Grupo intermediário A, Grupo de Acesso e tribos) e Região Metropolitana são aptos a se associar. Na ocasião a entidade cobrará a taxa de inscrição de R$ 10,00, e o associado fará foto na hora, junto a uma equipe de fotografia que estará no local.

VANTAGENS AO ASSOCIADO

A ASDIBA, foi criada para que o quesito bateria fosse discutido e fomentado por pessoas que fazem parte do processo de criação e execução de ritmo, os diretores de bateria. O presidente da entidade, Mestre Estevão, está junto a diretoria da associação buscando parcerias que possam oferecer melhorias a classe.

Uma delas, já fechada, é a parceria com a Ordem Nacional dos Músicos, que abrirá vagas gratuitas para 40 associados da ASDIBA que queiram praticar aulas de músico, sendo assim profissionalizado, posteriormente, como um músico de fato (com carteira fornecida pela ordem nacional).

A entidade também já fez uma parceria com a Irineu Calçados e com a Agnes Uniformes que faz sapatos e ternos para diretores de bateria. Os associados terão descontos promocionais, bem como em empresas para que possam confeccionar camisetas para suas baterias com um menor preço.

Fora isso, ainda há os projetos em andamento e discussão, como oficinas de percussão e o acesso de associados gratuitamente as quadras e eventos oficiais.


A ASDIBA também será o órgão que irá reivindicar as melhorias para o quesito na avenida, no que diz respeito a localização, direitos e sonorização do espetáculo, para que cada bateria possa realizar o seu trabalho da melhor forma. Lembrando que para dar força e voz a associação, quanto maior o número de associados, maior será a corrente a favor do ritmo e dos ritmistas da capital.