terça-feira, 7 de abril de 2015

Deputada Regina Becker Fortunatti quer torturar o povo de axé!


Hoje, 07 de abril, a manhã foi de mais luta para o povo da religião de matriz africana.

Após as audiências públicas no Teatro Dante Barone (Assembléia Legislativa) e a caminhada em defesa do livre culto nos dias 24,25 e 26 de Março, hoje foi o dia em que a comissão de justiça reuniu-se para definir sobre a “PL 21/15”, de autoria da Deputada Estadual e primeira dama de Porto Alegre Regina Becker Fortunatti que quer proibir a sacralização dos animais em cultos religiosos de matriz africana.

A pauta foi debatida novamente pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da assembléia e teve 07 votos contrários a aprovação, ou seja, a favor dos africanistas. Porém a bancada do PDT, partido de Regina, recebeu a ordem de pedir mais uma semana para votar.

 A pergunta que fica é POR QUE? Se a maioria já decidiu, por que prorrogar a decisão. O que Regina quer é ver nosso povo mais unido, na praça em frente a assembléia, e desta forma, torturar milhares de africanistas que estão a espera desta decisão. Uma deputada que se diz a favor da vida, vê nesta atitude o prazer de torturar seres humanos.