domingo, 22 de março de 2015

Samba e alegria marcaram os 35 anos da Vila


Por Tairine Machado 

Numa noite regada a samba de alta qualidade, pessoas bonitas e muita alegria, a União da Vila do Iapi e sua comunidade festejaram na noite deste sábado o seu 35º aniversário. Samba do Irajá embalou a noite dos sambistas que curtiram a festa a noite toda sem arredar o pé.

A Vila é uma escola querida que tem um público fiel e animado que se fez presente para prestigiar mais um aniversario ao seu lado.

O Presidente Jorge Sodré falou da emoção em ser Vila Por amor: “Ontem mesmo de madruga, hoje de manhã pra ser mais exato eu fiz uma publicação na minha rede social, do que é o amor de uma pessoa, do que é ter uma relação com carnaval, no caso eu e a minha Vila temos um caso de amor que começou em 1980 e segue firme e forte até hoje. Nessa mesma publicação eu digo que sei que estou devendo o título a escola, mais eu luto, luto e seguirei lutando até colocar a Vila  no maior degrau do carnaval de Porto Alegre, e estejam certos vamos em busca do título... Vila amo você, não vou te deixar, nunca tive motivos pra te deixar... Eu te amo és minha vida... Minha Vila!!!”


Diante de tão belo depoimento do presidente, o Setor 1 quis saber de outros componentes presentes na festa o que pra eles significava ser Vila ou estar na Vila...

Veja o que dizem os integrantes da escola sobre sua paixão pela mesma...

   “É um prazer muito grande estar na Vila do Iapi, são dois anos de muito carinho, muito amor, muito respeito e trabalho nessa locomotiva. Não sou apenas uma Rainha de bateria, sou mais uma componente nesse trem  que esta em busca sim do campeonato para nossa escola...” Juliana Oliveira – Rainha de Bateria

  “A Vila foi a escola que me abriu as portas para estar me inserindo no carnaval de Porto Alegre, pois venho do interior de Cruz Alta. Hoje posso dizer que aqui é a minha segunda casa, sempre disse que as cores do meu coração eram amarelo e branco da escola onde me criei e nasci Unidos do Beco lá na minha cidade, mais depois de conhecer e fazer parte da vila posso dizer que meu coração hoje também é Azul, Vermelho e Branco as cores da nossa União da Vila do Iapi.” Tammy – Segunda porta bandeira

Samba do Irajá foi a grande atração da festa

“Ser Vila do Iapi é uma honra essa escola que nos acolheu de braços abertos quando viemos do interior. A vila tem um diferencial que é a sua alegria, alegria nos seus shows, nos seus destaques, na sua comunidade que tem por ela muito amor, por isso esta frase diz tudo: Eu sou Vila por Amor!!” – Luis André – Harmonia Musical

“Estar na Vila do Iapi é algo que marcará pra sempre minha carreira, é uma escola que quando se chega não se tem a dimensão do que é o carinho e o respeito que se recebe aqui, só quem passa pela Vila consegue imaginar o que ela representa na vida da gente. Foi a escola que mais me projetou no carnaval, tenho por ela um carinho imenso, só tenho amigos aqui dentro, amanhã ou depois os destinos podem ser outros nunca se sabe o dia de amanhã, mas eu jamais vou esquecer o que esta escola representou e representa na minha vida, é uma coisa de pele mesmo!!!”Wilsinho Astral – Interprete

“Estar na vila é um prazer imenso, nós que estamos na escola sabemos da assistência, do carinho que ganhamos que não se recebe em outras escolas, então nos resta guardar a vila no coração!!! E pra quem ainda não saiu na escola o conselho que eu dou é vir conhecer a escola, e deixar ela conquistar seu coração, assim como conquistou o meu e o de muitos amigos que conheço!! Eu sou muito feliz em fazer parte da vila, e tenho por ela amor, carinho e fidelidade que adquiro estando aqui na escola.”Wandinho – Harmonia Musical