terça-feira, 24 de março de 2015

Jr Aruanda segue para seu segundo ano no Acadêmicos de Gravataí


Entre especulações, ditos e não ditos o diretor de bateria Junior Aruanda renovou seu contrato no último final de semana com a Acadêmicos de Gravataí. Dono de uma calma inigualável, o jovem diretor que traz na bagagem dois estandarte de ouro em apenas 4 anos frente a uma bateria diz agradecer a confiança da presidente Rita em seu trabalho, e dever boa parte de tudo isso a seus diretores e seus ritmistas.

Junior Aruanda é cria de família carnavalesca e tradicional em nosso carnaval. Iniciou no carnaval de 1997 quando desfilou acompanhando seu avô João Aruanda e sua esposa Saionara Pontes. Em 1998, “abriu os trabalhos” com o Mestre Neri Caveira (já falecido) e devido sua doença a bateria foi assumida por Sandro Gravador e Sandro Brinco. Seu primeiro instrumento foi o tamborim.

Diretor de bateria de contrato renovado - Fotos Leonidas Cardoso

Ficou ate o ano de 2006. Em 2007 foi pra direção de bateria da União da Vila do IAPI com Sandro Gravador. Saindo da Vila foi direto para a verde e rosa da Padre Cacique, Praiana, Onde ficou apenas 1 mês seguindo de imediato para os Bambas da Orgia onde ficou 2008 e 2009. Em 2010 chegou ao Império da Zona Norte na direção de bateria 2010 e 2011 e no carnaval de 2012 assumi a bateria como 1º diretor. Lá ficou mais dois ano até seguir para Gravataí, cidade que reside, e foi assumir a bateria da Acadêmicos de Gravataí, que integra o Grupo Especial da Capital.

Planos futuros

Para o carnaval 2016 Junior diz querer aperfeiçoar e melhorar o andamento de sua bateria usando como base os pequenos erros de 2015.  - “Ninguém passa 100%, temos de melhorar a cada ano, buscar coisas novas para o nosso povo do carnaval...” – Diz o mestre que pretende iniciar seus ensaios em breve.