domingo, 1 de março de 2015

Contra a vontade do poder público, carnavalescos de São Leopoldo realizam carnaval


Texto e colaboração: Andrea Thurler


A COMUNIDADE CARNAVALESCA DE SÃO LEOPOLDO,
MOSTRA MAIS UMA VEZ QUE É A RESISTÊNCIA DO SAMBA!

 Aconteceu na noite de ontem na Av D. João Becker, mesmo com todo o boicote por parte do governo municipal na pessoa do prefeito e a cúpula do 7º andar, a Muamba Comunitária.
 O ato contou com a presença em massa da comunidade, em torno de 8 mil pessoas, os vereadores que apoiaram o evento, Sr Aurélio Schimitiz (presidente da Câmara ), Luiz Castro, Elemar Garcia, entre outras autoridades presentes, como o ex prefeito Ary Vanazzi, Ronaldo Nado Teixeira, Paulo Borba, entre outros.

 Foi um ato alegre, com muita união entre as cinco escolas participantes, e recebido com muito carinho pela comunidade Leopoldense, numa mostra indiscutível de integração entre o povo da cidade e a comunidade carnavalesca. Vale a pena ressaltar também que nenhuma ocorrência que desabonasse a conduta da comunidade carnavalesca e a integridade física da população em geral foi registrada.


Um dos momentos emocionantes do evento de ontem foi a homenagem que Associação Carnavalesca fez as mulheres na Av. Dom João Becker, á mulheres que de alguma forma contribuíram para o carnaval leopoldense em toda a sua história. Entre tantas foram escolhidas 12 guerreiras que merecem todo o nosso respeito:

 São elas: Tia Tânia (Estação Primeira de São Léo), Cléria (Acadêmicos do Rio Branco),Tia Lourdes (Anastácia), Andréa Andrea Souza (Estúdio Feliz), Eloísa (Imperadores do Sul), Patrícia Souza Borba, Sra. Tânia (Prefeita de Dois Irmãos), Tia Tita (Baiana), Odete (Ass. Carnavalesca), Tia Dora (Estação Estação Primeira), Carem ( Ass. Carnavalesca).