terça-feira, 20 de janeiro de 2015

A noite de sábado no Anhembi

Mocidade Alegre, atual tricampeã, será a terceira escola a desfilar. Foto: SRZD.

A noite de sábado, a segunda dos desfiles do Grupo Especial, é uma noite muito aguardada pelos carnavalescos. Não por menos, é a noite em que desfilam na avenida 32 títulos do carnaval paulistano. Das sete escolas que passarão pela avenida, 5 já tiveram o gostinho de gritar “é campeã”, na terça-feira quando é realizada a apuração. Veja abaixo o que Unidos de Vila Maria, Gaviões da Fiel, Mocidade Alegre e Império de Casa Verde levarão para a avenida em 2015.


UNIDOS DE VILA MARIA



Retornando ao Grupo Especial (onde já foi vice-campeã em 2007 e presença constante no desfile das campeãs - 4º lugar em 2005 e 2006; 3º lugar em 2008, 3º lugar em 2011, 5º lugar em 2012) após vencer o Acesso em 2014, a Vila Maria contará com a experiência de Lucas Pinto, carnavalesco que já fora campeão do carnaval, para levar para a avenida o enredo “Só os Diamantes São Eternos na Química Divina”, falando sobre a famosa pedra preciosa. Azul, verde e branco são as cores da escola, que retorna à elite querendo reconquistar seu lugar de destaque entre as grandes e também o título inédito de campeã.

GAVIÕES DA FIEL



Tradicional escola de samba paulistana, a Gaviões da Fiel (oriunda da torcida do Corinthians) será a segunda escola a desfilar no Anhembi no sábado e promete fazer bonito na avenida. Com o enredo "No Jogo Enigmático das Cartas, Desvendem os Mistérios e Façam Suas Apostas, Pois a Sorte Está Lançada!", desenvolvido pelo carnavalesco Zilkson Reis, a alvinegra pretende retomar seu caminho de vitórias e fugir das posições medianas que pontuaram suas atuações nos últimos desfiles (em 2014, a escola ficou em 10º lugar e desde 2011 a não desfila nas campeãs).  Dona de 5 títulos na folia paulistana (1995, 1999, 2002 e 2003), a Fiel acredita que reencontrará a vitória e mostrará que, conforme diz seu samba enredo, “quem dá as cartas é Coringão”.

MOCIDADE ALEGRE




Detentora de 10 campeonatos no Grupo Especial e atual tricampeã do carnaval, a Mocidade Alegre pisa na avenida com o enredo “Nos Palcos da Vida, uma Vida no Palco... Marília”, em homenagem à atriz Marília Pêra, para buscar o tetracampeonato inédito para a escola. Máquina de ganhar carnaval (dos últimos 10 carnavais, a Morada do Samba levou 5 títulos para casa), a verde, vermelho e branco promete um carnaval grandioso. A bateria do Mestre Sombra é destaque da agremiação, além do chão da escola, que se entrega de corpo e alma ao desfile. Caso vença 2015, a Mocidade entrará para o seleto grupo das tetracampeãs do carnaval paulistano, que conta com Lavapés (a mais antiga escola de samba de São Paulo, atualmente no Grupo IV, campeã em 1950, 1951, 1952 e 1953), Camisa Verde e Branco (atualmente no Acesso, campeã em 1974, 1975, 1976 e 1977) e Vai-Vai (1998, 1999, 2000 e 2001).

IMPÉRIO DE CASA VERDE



Oitava colocada em 2014, o Império de Casa Verde pretende fazer o tigre rugir forte na avenida e por as garras na taça de campeã, que não conquista desde 2006 (a escola foi bicampeã do carnaval paulistana, 2005 e 2006). Famosa por suas alegorias gigantescas e pelo luxo trazido em seus desfiles, a escola trará para a avenida o enredo “Sonhadores do Mundo inteiro: uni-vos!”, do carnavalesco Paulo Führo (que retorna à escola após ser campeão em 2005) e comissão de carnaval. Falando sobre sonhos e ideais, a azul e branco da Casa Verde pretende tornar real novamente o sonho de gritar "é campeã". Comandando o carro de som, Carlos Jr, o Carlão, é a voz oficial da escola e um dos mais renomados intérpretes do carnaval de São Paulo.

*Colaboração Carla Magalhães