quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Presidente Preto fala da troca de casal de MS e PB na Restinga


Na tarde de ontem o carnaval gaúcho foi surpreendido com a notícia da troca de casal de mestre sala e porta bandeira do Estado Maior da Restinga. O novo casal, João Boff e Giza, já gravou o clipe que será veiculado pela TVCOM e RBS TV em 2015. Eu sua rede social a ex- porta bandeira da escola Fernanda Gomes desligou-se da escola após sete anos defendendo o pavilhão da Tinga (antes da bandeira, o segundo estandarte).

Procurado pelo Setor 1, o presidente Robson Dias, o Preto, gentilmente aceitou responder algumas perguntas sobre a nova contratação da tricolor da Zona Sul.

Setor 1 – Presidente, qual o motivo da troca inesperada dos guardiões do pavilhão de sua escola?

Presidente – Bom, de inicio fomos surpreendidos com a saída do Chula e da Priscila e tentamos resolver este problema dentro da própria Restinga, trazendo alguém com experiência incontestável como o Oldair e oportunizando as pratas da casa como a Fernanda. Com o inicio do trabalho vimos que o casal “daria liga”, mas quando trata-se de duas pessoas além de profissionais também temos ali seres humanos que divergem de opiniões e tem cada um o seu jeito e modo de pensar. Houveram duas situações entre o casal, brigaram entre eles mesmos,  tentamos resolver e em seguida a direção em comum acordo optou pela troca, entendendo que havia um quesito em jogo e uma nação inteira a espera daquele trabalho. Foi por pensar na Restinga, que no momento foi melhor esta troca.

Setor 1 – Como chegaram ao nome do João e da Giza?

Presidente – Procuramos um casal que tivesse estrada e experiência para realizar um bom trabalho nos 60 dias que nos separa do carnaval, ai surgiu o nome do casal, justamente porque vinha acompanhando o trabalho deles, que mesmo sem compromisso com alguma entidade vinham ensaiando e aperfeiçoando seu bailado junto a coreógrafos e profissionais renomados do carnaval carioca. Acredito que a vinda do João e da Giza somará ao grande carnaval que a Restinga irá fazer em 2015.


Setor 1 – Como fica a situação de Oldair e Fernanda na escola, já que ambos são da casa?

Presidente – O Oldair não precisa definir situação ele é “patrimônio cultural da Restinga”, respeito muito ele quanto mestre sala, bailarino e religioso, ele sempre teve as portas e o coração da escola abertos a seu favor. Já a Fernanda, embora tenha se despedido em seu facebook, eu gostaria muito que ficasse na escola. Muitos acreditam e me pressionam para que agora ela assumisse o primeiro estandarte da Tinga, mas não posso fazer isso, ali tem um profissional dedicado, um ser humano, seria injusto com a minha atual estandarte. Mas minha vontade é que ela fique na escola no momento, e em um novo carnaval possamos conduzi-la ao lugar que ela merece e é dele de direito, reconstruir esta historia da melhor forma para todos os lados. As vezes é preciso, quanto presidente, tomar decisões que podem desagradar um grupo de pessoas, mas que será melhor para o geral da escola. Por mim, ambos ficam na entidade, não contesto a capacidade de nenhum, apenas como casal, no momento, não era viável para a Restinga.

Na noite de hoje (11), a partir das 20 horas ocorre mais um ensaio do Estado Maior da Restinga. Na ocasião o presidente fará a entrega oficial do pavilhão da entidade ao novo casal de mestre sala e porta bandeira da tricolor da Zona Sul.