sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

O exemplo da Império dos Herdeiros



Sempre que o carnaval é utilizado como instrumento de desenvolvimento sócio-cultural, devemos levantar a bandeira e fazer voz. E eis que nós aqui do Setor 1 escutamos a voz que vem do bairro Agronomia, zona leste da capital gaúcha. É lá que está localizada a Escola de Samba Império dos Herdeiros, que há cerca de quatro anos realiza este tipo de trabalho, de integração social e cultural na comunidade daquela região.

Segundo o presidente da escola, Stefano Leandro Gomes dos Santos, “todos os anos no final de março a escola de samba faz seu carnaval comunitário para a comunidade, onde reúne em torno de  duas mil pessoas do bairro para assistir nosso carnaval de rua. Além disso, a escola de samba ao longo do ano desenvolve oficinas de percussão na Escola Infantil Planeta Mágico e na Escola Fundamental Sylvio Torres”.



A escola realiza um trabalho voltado principalmente para jovens e crianças da comunidade, com projetos sociais e oficinas, de percussão e mestre-sala e porta-bandeira, entre outras. Nos desfiles, a Império chega a levar em média 300 destes beneficiados pelo projeto para a avenida. A Império dos Herdeiros conta com parceria de outras escolas de samba, como a Barão do Upacaraí, de Viamão, e a Unidos da Vila Mapa, vizinha da escola. A direção também destaca o apoio de Aryzinho Rodrigues, que auxilia na confecção de fantasias e camisetas da escola.

A Império nos últimos três anos veio com temas infantis, tentando buscar a criançada da nossa comunidade para cultura popular. Nós conseguimos buscar esse objetivo e no carnaval de 2015 vamos vir com um tema exaltando nossa comunidade, mostrando que nossa terra tem muita coisa legal”, conta o presidente Gomes.


O enredo de 2015 tem como título “De Cafuncho à Herdeiros, a Luta e a Alegria de Um Povo Que Quer Ter Vez”. A equipe do Setor 1 deseja sucesso no projeto da Império dos Herdeiros e que novas iniciativas assim possam surgir em nossa sociedade.