quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

A "divisão" em busca da coroa do carnaval

Primeiro encontro de todas as candidatas foi realizado pela Liespa no último sábado - Foto Divulgação 

Vamos contar a você um fato não costumeiro que acontece e irá acontecer em meio ao carnaval 2015 da capital. Na noite da ultima terça feira (16) ocorreu o Coquetel exclusivo para candidatas do Grupo intermediário A e Acesso ao Rainha do carnaval de Porto Alegre.

Embora o concurso que eleja a soberana do carnaval seja apenas um, a UECGAPA (União das Escolas de Samba dos grupos de acesso de Porto Alegre) resolveu oferecer a suas candidatas um coquetel com direito a vestidos de gala, chegada de limusine, champanhe e desfile das belas em tapete vermelho. O rei momo Fábio Verçosa foi convidado a comparecer no evento, desta vez sem a corte oficial do carnaval, como de costume.

Candidatas da Uecgapa em seu luxuoso
coquetel - Foto web/reprodução 
As rainhas do grupo de acesso e intermediário A, segundo os dirigentes da Uecgapa, também tem outro coordenador. Trata-se de Ricardo Madruga, que foi quem organizou e assinou o coquetel realizado.

Já pela Liespa, todas as candidatas (as do grupo especial e as dos grupos intermediário A e Acesso) tem uma vasta agenda de compromissos para onde todas devem comparecer e participar, desta vez sob a batuta e coordenação do misólogo Evandro Hazzy. Um deles é a confraternização, com direito a Amigo Secreto, no dia 07 de  Janeiro, e outro é o coquetel com todas as candidatas no dia 08 de Janeiro, com a presença dos jurados oficiais do concurso.

Em tempos em que precisamos unificar forças para que a nossa cultura não se perca um bom questionamento a se fazer é: Porque a Uecgapa decidiu “separar” suas candidatas, se já há um coquetel tradicionalmente realizado as vésperas do desfile que reúne todas elas? Ou ainda, já que queriam realizar um outro coquetel, porque não convidaram todas as candidatas, já que a vencedora do concurso será rainha de TODO o carnaval, de todos os grupos?