sábado, 22 de novembro de 2014

Protegidos comemora 45 anos e apresenta novos contratados

Cristiano Centeno e Arielly defendem o primeiro pavilhão 

Mesmo com o temporal que abateu a região do Vale dos Sinos na noite de ontem (sexta- 21), a Escola de Samba Protegidos da Princesa Isabel não se rendeu as condições climáticas e comemorou junto a imprensa e convidados seus 45 anos em um coquetel realizado em sua quadra.

A escola do saudoso Sebastião Flores completou mais de 4 décadas de história com parte de seus fundadores presentes. O protocolo que foi conduzido por Lauro Evaniro, integrante do Setor 1, contou com um emocionante texto de Lana Flores que relatou boa parte destes 45 anos, as vitórias e tristezas passadas pela escola que hoje integra o Grupo de Acesso da capital.

Ao todo, 45 personalidades e figuras marcantes da historia da entidade foram homenageadas com um certificado oferecido pela direção da escola. Devido ao mau tempo somente 14 delas compareceram. São elas: Nair Flores, Tereza dos Santos, Claudio Krush, Cleci dos Santos, Jhean Marcelo, Vera Regina Flores, Lana Flores, Israel Ávila, Claiton Souza Neto, André Nascimento e Silva, Lezi Goulart, Noel Pereira Flores, João Neves e Mestre Airton.


Segundo o presidente da Protegidos, Ivan Cesar do Nascimento, todas os demais homenageados receberam seus certificados em outros eventos, em que em alguma oportunidade puderem visitar a quadra.

Os novos defensores do pavilhão e o novo intérprete

Durante o cerimonial o presidente apresentou a comunidade da escola o time que será responsável pelo carnaval da Protegidos de 2015. Entre as renovações estão o diretor de carnaval Luis Fernando Lima, o mestre de bateria Jhean Marcelo e a 2ª porta estandarte Simone Santos. A frente da bateria seguem a rainha Vitória e a musa Roberta. O cargo de madrinha de bateria ainda está sendo discutido entre a Bateria do Brais e a direção da escola.  

Para defender o 1º pavilhão da entidade ao lado de Cristiano Centeno, que também renovou seu contrato, a escola irá oportunizar “a vaga” a um novo talento do carnaval. Trata-se de Arielly, que teve passagens como 2ª porta bandeira por Estado Maior da Restinga, Academia de Samba Praiana e Imperatriz Dona Leopoldina. Será a primeira vez que a menina de 17 anos cruzará o Complexo Cultural do Porto Seco empunhando o primeiro pavilhão de uma entidade.

Já o microfone número 1 da tricolor de Novo Hamburgo ficará com Leandro Bittencourt (Ex- Leandro da Águia). Entre as diversas escolas pelas quais cantou destaca-se Bambas da Orgia, da qual levava até pouco tempo no nome o símbolo da escola, a águia.

Leandro é o novo canário da escola 

Sobre a nova porta-estandarte a direção diz que devido ao mal tempo foi inviável se fazer presente, mas que a comunidade irá conhecê-la no próximo domingo, quando ocorre na quadra um evento que reunirá todos os pavilhões da cidade. Embora a pedido da escola não possamos divulgar o nome da moça, podemos afirmar apenas que a bela e jovem destaque já bailou com um pavilhão de uma escola da chamada elite do carnaval da capital.


Encerrado o cerimonial os convidados foram recepcionados com coquetel oferecido pela entidade. A protegidos da Princesa Isabel aposta nas flores como tema de seu próximo carnaval, na busca do retorno ao Grupo Intermediário A da capital.