quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Tinguerreiro o dia todo... o dia todo tinguerreiro!


A Bateria do Estado Maior da Restinga é uma das que a mais tempo vem dando resultados positivos para a sua entidade. A muito tempo os ritmistas de Mestre Guto e demais diretores entregam ao fim do desfile os tão esperados “10”, presentes dados a toda nação tricolor da Zona Sul. Dos 13 anos em que Mestre Guto está a frente da Bateria, 10 anos foram de nota máxima.

“E nesses três anos q não obtive teve um em específico "2003" um jurado não de nota máxima para nenhuma bateria de nenhum dos três grupos que existiam em nosso carnaval, os extintos grupo "A, B e Especial".” – conta Mestre Guto.

Mas o trabalho para se chegar até a nota máxima não ocorre da noite pro dia. Em conversa com um dos diretores da Bateria dos Tinguerreiros ele disparou a frase: “Todo dia é dia de ensaio!”.

O fato de boa parte dos integrantes da bateria serem moradores do próprio bairro Restinga, na zona sul da capital facilita muito. Basta ouvir o barulho de algum instrumento tocar na quadra pra logo juntar “batuqueiro”.

O trabalho de Mestre Guto e seus diretores é louvável, haja vista que o Bairro Restinga aos olhos de fora e do noticiário é um local de alta criminalidade. Mentira ou verdade  isso se desfaz quando os pais tem a satisfação e a confiança de entregar suas crianças e jovens a prática de “fazer ritmo” no Estado Maior.


“Ser um Tinguerreiros Natu é tudo pra mim, minha vida é a Estado Maior da Restinga, fui componente de ala, entrei na bateria mirim, fui ritmista e hoje estou no comando, devo a quem acreditou em mim, mas especialmente a minha vó "Zeferina Pereira", pois ela quem me levou para escola enquanto " Baiana". Meu amor pelo Cisne não tem preço e me orgulho disso, Hoje sou único em nosso carnaval nesse sentido de fidelidade a escola do coração. Meu trabalho não é feito para mim e sim para que as pessoas lá na cidade respeitem nossa comunidade pelo o que é feito de bom e positivo, que é um bom samba. Quero que respeitem minha "Terrinha" Pela sua competência de fazer samba.” – exclama o líder dos Tinguerreiros.

A Bateria do Estado Maior da Restinga ensaio no geral 3 vezes por semana, fora os shows e as famosas “barcas” que também tomam bastante o tempo de um tinguerreiro. Veja a seguir os dias e horários de ensaios:

Terças –feiras: Ensaio Geral a partir das 19 horas
Quinta –feira: Ensaio Geral a partir das 19 horas
Sábado: 16 horas oficina para aprender a tocar instrumentos, 17 horas ensaio da bateria mirim e as 18 horas ensaio geral da bateria.

A quadra da escola fica na Estrada João Antônio da Silveira, 2355 (Bairro Restinga - Porto Alegre).

Histórico de mestre!

Jose Augusto, ou Mestre Guto, Iniciou na bateria mirim da Restinga tocando repinique onde o Robinho comandava a bateria mirím em 1991. No ano seguinte passou para a bateria principal no comando do Mestre Estevão onde foi ritmista de 92 à 98. Em 99 o saudoso Mestre Iraja Gutierrez assume a bateria e o chama para ser se AUXILIAR, o mesmo não seguiu seguir no comando da bateria até o final do carnaval ai quem assume a bateria foi o Mestre Luciano, mas é bom frisar que quem oportunizou a ser auxiliar foi o Mestre Irajá. Ficou de auxiliar de 99 à 2001 já em 2002 um grupo de ritmistas antigos da escola acharam melhor Guto assumir a bateria ao invés de trazer alguém de fora, pois Mestre Estevão havia acabado de deixar o comando da bateria. De 2002 até hoje.