segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Encontro de Gigantes agita Gravataí

No último sábado (11) aconteceu o encontro de gigantes promovido pela bateria do Acadêmicos de Gravataí. A festa reuniu um bom público, que lotou a AMOVAL, associação onde a onça negra realiza seus ensaios e atividades. Vila Isabel, Bambas e Imperadores foram as escolas convidadas, que realizaram suas apresentações após a anfitriã da noite também fazer sua exibição para o público. Por conta de imprevistos durante o deslocamento até o local do evento, nossa equipe não conseguiu registrar a apresentação da Acadêmicos de Gravataí, que foi a primeira escola a fazer show. Porém, todos os detalhes das demais escolas você acompanha logo abaixo.

Aplausos ao Rio e à Vila Isabel

Segunda escola a se apresentar na festa, a Vila Isabel fez um show enérgico. A bateria do mestre Gravador foi o ponto alto da apresentação, com uma boa levada, fazendo o público sambar junto com as passistas e musas que a escola trouxe para o show. Silvana Matos, porta-estandarte da escola, apresentou-se com a elegância e simpatia costumeira, sendo o único pavilhão que a escola levou. A harmonia, sob o comando do intérprete Márcio Medina, animou o público presente e conduziu muito bem o samba enredo de 2015, que homenageará os 450 anos da cidade do Rio de Janeiro.E foi também durante o show da Vila Isabel que Bárbara Nascimento fez sua apresentação oficial como a nova musa da bateria Furiosa


Nação Azul e Branco fez a festa

Após a apresentação da Vila Isabel, foi a vez do Bambas da Orgia fazer o seu show. Fernanda Brasil e Letícia Santana mostraram muito samba no pé diante da bateria Trovão Azul, mostrando entrosamento não apenas com os ritmistas mas também com o público presente, que dançou no meio da quadra junto com elas. A bateria, sob o comando do mestre Dadá, colocou todo mundo para sambar ao som do samba enredo do carnaval de 2015, que terá a Bahia como tema, e de outros sambas históricos da escola. Fábio Ananias e sua harmonia também animaram, cantando hits do momento. Mesmo sem grupo show (bandeiras, passistas, cabrochas...), o Bambas fez a festa no encontro dos gigantes.


O Mar Vermelho e Branco na Toca da Onça

Encerrando as apresentações das escolas convidadas, os Imperadores chegaram com todo gás para fazer o seu show. Raquel e Fernanda agitaram o público à frente da bateria Sinfônica, que entrou cantando forte o samba enredo para o próximo carnaval, onde a escola falará da magia dos opostos. Comissão de frente, 2º casal de passistas, 2ª estandarte, cabrochas e o 3º casal de mestre-sala e porta-bandeira, compuseram o show da vermelho e branco, que cantou também seus sambas marcantes, botando a público pra sambar.


Ao final da festa, o mestre Júnior Aruanda falou com a nossa equipe sobre a experiência na nova casa e agradeceu a presença de todos no evento.

“Eu estou muito feliz. A escola me recebeu de braços abertos e está sendo ótimo, porque vai ser a primeira vez que eu vou desfilar na escola da minha comunidade, pois eu sou daqui de Gravataí. A direção da escola está me proporcionando toda estrutura que eu preciso para trabalhar e fazer as ações que a gente vem fazendo, como essa festa de hoje. Ver o meu mestre Gravador aqui, Biskuim e Urso, só me deixa mais feliz. É uma honra receber essas escolas e esse público todo. Muito obrigado!”.

Com a palavra, a presidente...

Durante a festa, nossa equipe conversou com a presidente do Acadêmicos de Gravataí, Rita Bitencourt, que afirma que a escola está se preparando bem para o próximo carnaval. “O nosso trabalho para o carnaval de 2015 está bem avançado. Justamente pelo fato da gente ter feito um planejamento melhor estudado e qualificado do que 2014. Eu tenho uma equipe muito competente e eu confio muito no trabalho dela. Só para se ter uma ideia, cerca de 60% do meu trabalho de barracão está sendo finalizado”, diz Rita, que conta também com o apoio da comunidade de Gravataí na construção desse trabalho.

“Eu tenho aqui dentro da minha escola, quatro CTGs, que trabalham integrados com a gente. As minhas baianas são formadas pelas mulheres que participam dos clubes de mães, que estão espalhados por toda cidade. Temos os trabalhos com as nossas crianças, no Acadêmicos do Futuro... É toda uma cidade envolvida nesse trabalho.”


Perguntada sobre a expectativa que a escola precisa corresponder no próximo ano, a presidente diz que está confiante.

“O Acadêmicos é uma escola que vai fazer 54 anos em 2015. Fizemos o melhor desfile da nossa história em 2014 e fomos apontados, não apenas para retornar nas campeãs, como também para ganhar o título de campeã. O público merece ver um espetáculo. A expectativa é grande, mas a escola amadureceu muito, ganhou força. Realmente só falta o título para consagrar todo esse trabalho”.

Nem a presidente, nem Wagner Silveira, integrante da comissão abriram o jogo sobre a quantas anda o trabalho que a escola levará para a avenida, mas ambos afirmaram que, em 2015, a onça negra promete levar luxo para o Porto Seco.


A Equipe do Setor 1 agradece à presidente Rita Bitencourt e ao mestre Júnior Aruanda pela atenção e acolhida dada à nós durante o evento.