terça-feira, 2 de setembro de 2014

A grande final do Imperadores do Samba

Mestre Urso e Viny Machado integram o júri do evento - Foto Nilveo Christiano/Setor 1

Amanhã (03) é dia de uma das mais tradicionais escolas de samba do estado conhecer seu hino para o carnaval 2015. A partir das 20 horas, Imperadores do Samba estará realizando a final do festival de seu samba enredo. Na disputa, 03 sambas que tem a missão de contar em versos e melodia o tema “A Magia dos Opostos”, escrito por Ramão Carvalho e que será desenvolvido pelo competente carnavalesco Silvio de Oliveira. Os três concorrentes na grande final são o seguinte:

Samba 07 - Vinicius da Silva Machado, André Filosofia, Fernando Wagner de Araújo, Edinelson da Rocha, Alexandre Rodrigo Locera, Marcynho Ferraz, Tuca Maia, Diney Machado e André Rosa.

Samba 10 - Wagner Ramos, Wallan Cinuê, Shazan, Chocolate e Junior Silva.


Samba 12 - Victor Nascimento, Andy Lee e Roberto Nascimento e Emerson Dias.

Segundo o diretor de carnaval da entidade, Braulio Pontes, o local do evento ainda é um incógnita: “Há grandes possibilidades de que seja em nossa quadra, mas estamos aguardando para hoje a vistoria dos bombeiros, mas é 90% certo de que seja em nossa casa. Caso contrário, vamos realizar na Praiana, que gentilmente tem nos cedido o seu espaço que fica ao lado da nossa quadra.” – diz o dirigente.

Imperadores perdeu seu “pedaço de quadra”

Muitos não sabem, mas a quadra do Imperadores do samba ( o que restou dela) foi interditada porque segundo o Corpo de Bombeiros da capital a entidade não estava em dia com o PPCI – Plano de prevenção de incêndios, o mesmo que todo ano as autoridades lembram de cobrar dos barracões no Porto Seco as vésperas do carnaval.

Todos lembram que, por conta das obras da Copa do Mundo Imperadores, Praiana, Banda Itinerante e Banda da Saldanha perderiam suas quadras para serem, de imediato, reinstaladas em outro local. A Banda da Saldanha não arredou o pé e seguiu no mesmo lugar. O local onde ficava a sede da Banda Itinerante foi cedido para Academia de Samba Praiana que no local construiu sua quadra show (embora também aguarde a construção de sua nova quadra).


Já o Imperadores do Samba trabalha em um pedaço que talvez seja menos de um terço do que era sua quadra. Este pedaço foi interditado, o que impediu que a escola campeã do carnaval de Porto Alegre pudesse realizar atividades no local. A vontade de não interromper os trabalhos é tanta, que a Bateria Sinfônica- Nossa Família resolveu ensaiar no terreno vazio onde foi prometida a construção da nova quadra (a poucos metros da antiga). O que se sabe é que para que o local fosse de fato entregue no tempo prometido (antes do carnaval) algum movimento já haveria de ter sido tomado, mas nem um tijolo se vê sendo movimentado pelo poder publico por ali...