domingo, 24 de agosto de 2014

O que vi de Bambas da Orgia...


Eu não tinha acompanhado ainda de perto o festival para a escolha do samba de 2015 do carnaval dos Bambas da Orgia. Porém, os comentários que eu ouvia eram de que a safra fora uma das melhores dos últimos anos. Também pudera, com enredo “Bahia Terra de Bambas”, a azul e branco da Voluntários da Pátria parece ter encontrado novamente sua aura inspiradora.

Com um enredo que é a cara da escola e que possibilita ao compositor uma viagem poética interessante, os Bambas realizaram no último sábado a final do seu festival. Quadra lotada, de simpatizantes e torcedores da escola mais antiga da capital e também a maior campeã. Os seis sambas classificados fizeram suas apresentações num nível muito equilibrado. Salvo alguns que se agigantaram também por causa da presença forte de torcidas e performances artísticas durante as apresentações.

Aliás, o festival dos Bambas vem se destacando nos últimos anos também por isso, pelas apresentações fora do palco, no chão da quadra, pelas torcidas. Cada uma trazendo algo a mais, além das bandeiras e balões. Com o tema sobre Bahia, não faltaram baianas e referências à cultura afro-brasileira.

Antes do início da final, o autor do enredo, Jaílson Barbosa, conversou comigo sobre a expectativa para a escolha do samba. Segundo ele, “os sambas estão bem qualificados, o que com certeza, ajudará no desenvolvimento do desfile”. Perguntado sobre o peso da responsabilidade de agora estar escolhendo o novo hino da escola (o samba de 2014 fora de autoria dele com outros parceiros) ,Jaílson afirma que o peso é o mesmo. “A responsabilidade é igual dos dois lados. Eu este ano abdiquei da disputa para pegar um outro lado do carnaval, pensar em todos os quesitos, o projeto de desfile da escola”.

Após a apresentação dos sambas concorrentes, foi a vez do grupo show da escola fazer o seu espetáculo. E o Bambas mostrou força, com um grupo muito bem trajado e mostrando a garra e o amor pelo pavilhão azul e branco.

Com o anúncio do samba vencedor (samba 05, da parceria de Alex Bagé e cia), o Bambas dá a largada com força total rumo ao carnaval de 2015. A expectativa para um desfile grandioso é sentida por toda escola. Sucesso à nação azul e branco, que entrará mais baiana do que nunca para encerrar a primeira noite de desfiles no Porto Seco.