sábado, 10 de maio de 2014

Após 6 anos, Jana Rodrigues despede-se da União da Vila do IAPI

Jana deixa a Vila após 6 anos defendendo o pavilhão tricolor - Foto Fábio Cruz/Setor 1

Ciclos iniciam e se interrompem, a vida é assim. Quando isso é feito e deixa o perfume de amizades, cordialidade, mas acima de tudo transparência e honestidade, ai é melhor ainda e faz com que ambas as partes se abracem e desejem um ao outro sucesso. Foi assim a despedida de Jana Rodrigues da União da Vila do IAPI.

(Não costumo usar de opinião pessoal e nem expor a forma com que a noticia chega até nossa redação, mas desta vez faço questão). Quase que ao mesmo tempo Jana e o presidente Sodré ligarão para redação do Setor 1. Enquanto Jana pedia pra postar o emocionante texto que não só dizia que ela deixaria a escola, mas declarava todo seu amor pelo pavilhão tricolor da Zona Norte, o presidente solicitava que tratasse da saída de Jana com todo respeito, pois nela nutria um carinho especial por “ser da casa”. Desta forma, fica a carta de despedida de Jana Rodrigues da União da Vila do IAPI:

E chegou o momento de cortar o cordão umbilical... ao menos é assim que ocorre quando o filho se desliga da mãe para então respirar sozinho, e é assim que me sinto hoje... Foram 6 anos de dedicação ao pavilhão onde nasci, cresci e evolui como Porta Bandeira, coração apertado?? Obviamente! Estou saindo de casa, mas o coração é eternamente Vila!
Agradeço demais aos amigos que pude conquistar através da escola... ao carinho de todos comigo... do barracão a quadra. Foram momentos inesquecíveis que estarão guardados em meu coração sempre. São tantas pessoas a agradecer que o espaço seria pequeno, mas não poderia deixar de agradecer:
Ao ao Presidente Jorge Sodré, ao Vice-Presidente Silvio Marcial e toda diretoria da União da Vila do IAPI agradeço de coração o privilégio de empunhar o pavilhão da nossa escola. Aos queridos Kenny Bastos, Bráulio Pontes, Lica  Vanderlei Machado, agradeço pelo empurrão, pois se não fossem vocês talvez não estaria neste mundo carnavalesco. Aos destaques que trabalhei durante estes anos em especial aos que se tornaram amigos para vida toda. Ao Padedê do Samba a oportunidade de me qualificar e evoluir enquanto porta-bandeira.
A todos os beija-flores que já tive o prazer de bailar: Rafael Souza, Tailison, Willian Shimitt, Choco Pereira e Vinicius Souza, estes últimos em especial pelos nossos trabalhos serem coroados com Troféu Udesca e Troféu Setor 1 respectivamente... obrigada por tudo!

 Por fim, não poderia deixar de agradecer meus alicerces... meus pais, meu amor e toda minha família pelo apoio incondicional em todos os momento. Vila muito obrigada por ser parte da sua historia...“Amor de verdade a minha bandeira...”