segunda-feira, 24 de abril de 2017

"Carnaval é cultura, escola de Samba é dinheiro!" - diz Girozinho

Girozinho junto ao pavilhão de seu Imperadores - Foto Fábio Cruz 

Por Israel Ávila 

Durante o carnaval de Novo Hamburgo no último sábado (22), Gustavo Giró, diretor de carnaval da Embaixadores do Ritmo, disparou em entrevista a Renan Neves, na Rádio Travessão a seguinte frase:

“Temos que entender que carnaval é cultura, escola de samba é dinheiro”, justificando as declarações polêmicas ao fim do carnaval dizendo que a Embaixadores viraria um bloco e desmentindo que a escola poderia desfilar em cidades como Guaíba, por exemplo: “Se Porto Alegre não tem dinheiro para  manter um carnaval do tamanho das escolas de samba, do Embaixadores , não será Guaíba ou outras cidades do interior que terão!”

Ele diz que o que disse referente a não desfilar ainda estará mantido caso os rumos financeiros não mudem, e aguarda os primeiros indícios de como irá seguir a formatação independente da captação de recursos para o carnaval 2018. Segundo ele, a escola tem até Agosto para definir se vai ou não desfilar no Grupo Especial no próximo carnaval.

Sobre a frase ele explica que da título a matéria, ele explica: “Se passar um carro de som aqui com todo mundo pulando de camiseta, isso é chamado de carnaval. Agora, desfiles com grandes alegorias, grandes fantasias e verdadeiros espetáculos para o público custa dinheiro, e isso sim se chama escola de samba!”. – justificando que até este ano a Embaixadores nunca havia ficado devendo nada para ninguém, e que com a forma com que foi feita o carnaval 2017, adquiriu dividas que devem ser sanadas antes de pensar no carnaval 2018.

Na entrevista de pouco mais de 10 minutos, ele ainda enfatiza o formato “importador” de carnaval adotado pela Embaixadores a mais de 8 anos, e que foi também adotado por escolas que na época até o criticavam: “Os que achavam ruim, hoje fazem igual!” – exclamou Girozinho. 

Reforços na equipe de trabalho da Acadêmicos da Orgia


Por Israel Ávila 

Após divulgar enredo que deve falar sobre os 30 maiores sambas de enredo da história do carnaval da capital, a Acadêmicos da Orgia começa a apresentar reforços para seu time do carnaval 2018.

A verde e branco da Ipiranga apresenta Ana Luiza Fernandes como diretora de comunicação, marketing e imprensa e Leandro Farias Fernandes como coordenador de sua comissão de frente.

Ana Luiza é formada em pedagogia Ênfase em Supervisão e Orientação e em  Letras ênfase em Português e Literatura Brasileira. Tem Mestrado em Jornalismo  Concluído em Fevereiro 2015. Ela fala sobre sua história do carnaval:

“Minha vida carnavalesca começou aos quarto anos de idade, minha família é oriunda de Bambas da Orgia, onde fiz parte do projeto: Bambas do futuro como Porta Estandarte mirim. Desfilei no Floresta Aurora ,peguei o final dele, pois era criança…  Aos seis anos iniciei no grupo AFROSUL, onde a fundadora Iara Deodoro é minha prima e fui do AFROSUL infantil. A ala AFROSUL, desfilou anos nas agremiações do carnaval de Porto Alegre, a nossa ala era coreografada, dentro do AFROSUL tinha a escola de samba: Garotos Da Orgia, onde eu comecei desfilado como comissão de frente e fui Porta Estandarte (sendo estandarte de ouro), fui comissão de frente de Fidalgos e Arsitocratas, Acadêmicos da Orgia e sou uma das fundadoras da ala Àguia de  Bambas da Orgia. Fui diretora de destaques da Imperatriz Dona Leopoldina nos anos de 2014 e 2015, sou editora do blog Tamujunto imprensa do carnaval de Porto Alegre. Sou membro da AJUCEPERGS, associação de jurados onde eu julgo os quesitos: Tema enredo, comissão de frente e Mestre Sala e Porta Bandeira.”

Já Leandro desfilou pela primeira vez na escola Garotos da Orgia em 1988. Em 93 Imperadores do Samba com o grupo Afrosul. Depois ingressou na comissão de frente dA escola Copacabana e Praiana em 1994. Em 95 comissão de frente dá União dá Vila do IAPI permanecendo até 2001 Seguiu para Comissão de frente na Unidos dá Vila Isabel Durante 5 anos. Em 2008 Império da Zona Norte, após Estado Maior dá Restinga, e os três últimos anos como coordenador na Imperatriz Dona Leopoldina. 

Ventos que sopram do Porto Seco...


Por Israel Ávila 

Desde o dia 27 de Março, quando Porto Alegre conheceu a sua grande campeã do carnaval que o Complexo Cultural do Porto Seco está “sob descanso”, mas não em silêncio total. Obvio descanso é merecido a dirigentes, trabalhadores dos barracões e foliões que a duras custas colocaram suas escolas na avenida, e mesmo os que não colocaram já se “mexem” para 2018, afinal, o tempo que nos separa do carnaval que passou, até a próxima festa de momo é bem mais curto que o de costume.

Nas quadras, alguns pequenos movimentos quanto a escolhas temas enredo (apenas Bambas da Orgia e Acadêmicos da Orgia divulgaram seus temas) e eleições de executivas que devem ocorrer em Maio. Numa visão geral do carnaval quatro notícias representativas: A data do Estandarte de Ouro, a Band seguirá conosco na transmissão, já temos data para o carnaval 2018 e surge uma nova liga no carnaval de Porto Alegre.

A permanência da BAND na transmissão , é um ganho incontestável para arrancar um carnaval que deve ser totalmente independente. Ter uma televisão comprometida com a causa e que esteve em primeiro lugar na audiência durante a transmissão, certamente ajudará na captação de recursos, privados para que os patrocinadores se interessem mais pelo nosso produto, no caso o carnaval. Isso sem contar no excelente trabalho realizado pelos profissionais da emissora, que nem de perto lembram os sussurros dados pela antiga detentora dos direitos de imagem do carnaval, que lembrava das escolas de samba somente quando chegava fevereiro.

O Estandarte de Ouro marcado para 13 de Maio, ainda sem local definido (deverá ser fora do Porto Seco), trará além dos troféus, novidades sobre o carnaval 2018. Lá será o lançamento de todo o calendário oficial e também a renovação com alguns dos patrocinadores já acertados para a próxima festa de momo, além de ser divulgado em definitivo como ficará o formato (grupos) para o carnaval 2018.

Sobre a data do desfile, decidida pelo conselho de presidentes da LIESPA, vista de um ponto de atrativo para turistas de outros estados ficou coerente, e menos mal que ainda no mês de fevereiro, uma das grandes reclamações deste carnaval. Vale lembrar que é importante que tenhamos a TV junto da gente como foi este ano, e para a BAND do Rio Grande do Sul, será melhor que seja fora época, haja vista que em período oficial do carnaval a emissora nacional tradicionalmente foca no carnaval nordestino, como o da Bahia, por exemplo.

Segundo o presidente da LIESPA Juarez Gutierres de Souza, a data base do carnaval é 24 de Fevereiro (sábado, quando deve desfilar as escolas da Série Ouro). O que ficou acertado na verdade é o fim de semana em que aconteceria. Todos os demais eventos, como ensaios técnicos, desfiles da Série Bronze e Prata e apuração do carnaval devem girar em torno deste final de semana (23 e 24) e serão divulgados no dia 13 de Maio durante a Festa de premiação dos destaques do carnaval.


Uma nova liga no carnaval

Dentre as notícias do pós-carnaval uma delas é o surgimento da LIERGS – Liga Independente das Escolas de Samba do Rio Grande do Sul. A sigla já existente e reativada a pouco mais de um mês, tomou as redes sociais e logo lançou-se como novo modelo de fazer e pensar o carnaval. Segundo integrantes da entidade, ela não prevê um modelo presidencialista, por isso não há a figura central de um presidente e sim de secretarias e departamentos com cargos distintos.

Já na sua arrancada houve um desconforto com nomes que estavam em sua nominada, e segundo eles, não foram consultados para estarem ali. Fora isso, entidade segue fazendo reuniões com seus adeptos para afirmarem e determinarem  de que forma pretendem trabalhar no carnaval.

Segundo Alan Silva, Secretário de Organização e Administração da nova liga, a LIERGS foi criada para suprirmos uma lacuna sociopolítica. “Temos como finalidade precípua a tarefa de impulsionar e orientar nosso povo carnavalesco para a construção de uma nova realidade socioeconômica, através da arte cultural libertária e humana denominada carnaval. Tudo na clara perspectiva da construção de uma nova sociedade mais justa e igualitária, com distribuição de riquezas, plural e autônoma. Temos o conhecimento, a pluralidade e a diversidade como instrumentos indispensáveis para os avanços tão necessários nesta conjuntura adversa e desumana.” – disse Alan.

Sobre a nova liga, o presidente da LIESPA, atual gestora do carnaval, disse que se houver alguma pauta de interesses coletivos, poderá haver uma aproximação das partes, mas não vê isso para tão logo. De momento, o foco é sanar as lacunas de 2017, e focar no calendário de 2018. 

Imperatriz abre inscrições para chapas que queiram concorrer na eleição de nova executiva


Texto de responsabilidade da entidade 

Eleições Imperatriz Dona Leopoldina - Biênio 2018/2019:
 - Inscrição para as Chapas: 30 de abril de 2017 - Das 15:00 às 18:00 - Lembramos que para votar e ser votado o sócio deverá estar com o título em seu nome no prazo mínimo de 3 anos;
 - Homologação das Chapas Inscritas: 02 de maio de 2017 - Das 20:00 às 22:00;
Data da Eleição: 21 de maio de 2017 - Das 09:00 às 17:00;
 - Todos as datas e horários informados à cima serão realizados na Quadra de Ensaios

Maiores informações, dirija-se à quadra de ensaios nas datas e horários informados

Aberto o processo eleitoral na Restinga

Imagem: André Gomes 

Texto de responsabilidade da entidade
No dia 19 de abril às 20h reuniu - se o Conselho Deliberativo da Estado Maior da Restinga. Na pauta a abertura do processo eleitoral de renovação da diretoria executiva da entidade. Após muito debate a respeito do futuro de nossa escola e na necessidade de ativação do nosso quadro social ficou decidido o que segue:

1- A Escola abrirá de 20/4 à 19/5 prazo para a atualização do seu quadro social;
2- Poderão habilitar - se para o processo os sócios em dia com sua mensalidade conforme estatuto da entidade;
3- Os sócios inscritos e com sua mensalidade atrasada poderão habilitar - se para o processo quitando seu compromisso com a tesouraria. Para tanto foi instituído uma taxa de R $100,00 para o sócio em atraso para a devida quitação;
4- O Quadro social da escola estará aberto terças, quartas e quintas das 18h as 20h na escola a partir da próxima semana para a atender os sócios;
5- A eleição acontecerá no dia 25/5 das 18h as 21 h na quadra da escola;
6- As chapas poderão ser inscritas a partir de 15 dias antes da eleição junto a comissão eleitoral eleita em reunião do Conselho;
Por fim o conselho elegeu comissão eleitoral composta por 3 membros que, seguindo as regras estatutárias, elaborará um regimento eleitoral que será entregue a cada chapa inscrita. Sendo o que tínhamos a relatar, com este ato a Estado Maior da Restinga da por aberto seu processo eleitoral de sucessão da Diretoria Executiva e Conselho Deliberativo.

Novo Hamburgo: O carnaval da corda, da resistência e da alegria!


Por Israel Ávila 


Na noite de do último sábado (22), o carnaval de Novo Hamburgo deu um passa na “maquina do tempo” e voltou a 20 anos atrás, quando os carnavais ainda eram da corda, que dividia o público dos desfilantes, e aconteciam na Pedro Adams Filho, uma das principais avenidas da cidade, mesmo tendo adquirido sua pista de eventos.

Segundo a prefeitura, a mudança de local economizou cerca de 80 mil reais em infraestrutura, uma vez que não houve arquibancada nem camarotes, e também não teve bretes em sua totalidade.

Mas para o publico carente da festa popular na cidade o que menos importava era o local, aliás, alguns até preferem este formato, porque facilita o acesso com bebidas e petiscos trazidos de casa. O importante neste momento, era não deixar o samba morrer, E NÃO MORREU.

Império da São Jorge, Ai Vem os Marujos, Cruzeiro do Sul e Portela do Sul realizaram desfiles modestos, mas cumpriram seu papel no que se propõe uma escola de samba: repassar aos mais novos e até aos mais velhos que não conhecem, que carnaval também pode educar.

O Setor 1 esteve presente e registrou o evento, e deixa aqui seus parabéns aos foliões, desfilantes, dirigentes, e ao público hamburguense que mesmo com frio se manteve presente até o fim. Veja agora um resumo do desfile de cada entidade:

IMPÉRIO DA SÃO JORGE

A Império da São Jorge foi uma das entidades que mais demonstrou as dificuldades em realizar um carnaval sem recursos. A verde e rosa do bairro que da nome a escola fez um desfile com temática afro que não deixou de ser empolgante apesar do pouco número de integrantes, trazendo como destaque Robinho Sorriso no microfone número 1 e Mestre Boneco frente a sua bateria. Vários pavilhões entre estandartes e bandeiras giraram com a imagem do Santo Guerreiro símbolo da escola.



AI VEM OS MARUJOS

Uma das mais tradicionais escolas da Cidade, Ai Vem os Marujos foi a segunda a desfilar e trouxe para a avenida sua comunidade e sua alegria costumeira. Marisandra, a diretora de carnaval da escola, em outros anos porta estandarte conhecida da cidade, vinha logo frente a entidade coordenando a filha, que assumiu seu posto no pavilhão. Destaque também para o casal de mestre sala e porta bandeira Chuca e Paula Verônica, que não bailaram este ano na capital, mas desfraldaram lindamente o pavilhão da azul e branco de Novo Hamburgo.



CRUZEIRO DO SUL

A entidade do Bairro Primavera, caso tivesse sido um desfile competitivo, certamente hoje colheria os louros de campeão do carnaval. Cruzeiro do Sul realizou um desfile grandioso que contou com componentes muito bem vestidos e mostrou o trabalho desenvolvidos nos “famosos ensaios do Cruzeiro”. Com samba enredo reeditado, mas cantado com a mesma garra de um samba novo pelo intérprete Cesinha, ao invés de grandes nomes do carnaval, a escola oportunizou locais de destaques para integrantes da sua comunidade, o que tornou o desfile para o povo de Novo Hamburgo familiar e muito mais empolgante. Destaque para a Bateria de Mestre Cassinho, que vem já a algum tempo desenvolvendo um belo trabalho com os ritmistas da escola.



PORTELA DO SUL

A atual campeã do carnaval encerrou o desfile ao gritos de “O campeão Chegou...”. A animação do povo da Portela trazia na voz a garra de uma entidade que ficou sem quadra durante o ano, mas não deixou de produzir seu carnaval, mesmo com a dificuldade tendo batido a sua porta. Além de alas fantasiadas, trouxe projetos sociais e a torcida azul e branco do Novo Hamburgo para juntos “brincar” seu carnaval. No microfone número 1 a voz inconfundível de Renan Ludwig. Defendendo o pavilhão da Portela o casal Caio e Ana Marilda, ricamente vestidos, coroando e encerrando o desfile com chave de ouro. Outro destaque da escola é a comissão de frente, que tradicionalmente realiza um espetáculo a parte. 


sábado, 22 de abril de 2017

"Somos o carnaval da resistência" - Afirmam os dirigentes de São Leopoldo ao apresentar nova data para o seu carnaval

Foto: Evandro Oliveira PMPA

Por Israel Ávila

Várias informações, incertezas e manifestações (a maioria delas de insatisfação) rondam o carnaval de São Leopoldo, que já foi um dos maiores da região do Vale dos Sinos. A data para acontecer foi marcada e desmarcada inúmeras vezes e hoje, até o momento, está definida para que aconteça no dia 13 de Maio.

Talvez a coincidência com o dia da Abolição da Escravatura liberte o povo carnavalesco capilé da angustia e da falta de informações dos reais acontecimentos que rondam a folia de momo da cidade. Ao assumir o governo em Janeiro, o prefeito eleito Ary Vanazzi disse que era um compromisso o retorno de um bom carnaval na cidade, compromisso esse reafirmado pelo secretário de cultura Ismael Mendonça.

Várias reuniões foram feitas e a busca na captação para os recursos necessários começaram. Algumas datas foram marcadas e desmarcadas justamente pela falta de tempo hábil para esta captação. Em meio a isso, informações extra oficiais dão conta de que, após uma série de atropelos administrativos, a presidente da  Associação das entidades carnavalescas da cidade Eloisa Moraes pediu afastamento do cargo junto a outros diretores, sendo substituída pelo seu vice, Roberto Pinheiro, também presidente da Estação Primeira de São Leo, este fato não foi divulgado oficialmente pela associação, mas tomou forma como verdade nas redes sociais.

Mesmo com as dificuldades que bateram a porta, os presidentes da maioria das entidades não abrem mão de realizar seu desfile de forma competitiva, com regulamento enxuto. Não se sabe ao certo quanto e quando cada escola de samba irá receber, por enquanto, temos datas, e a esperança de que em meio a tudo isso, os carnavalescos de São Leopoldo tenham um carnaval digno e de muita alegria... como nos velhos e bons tempos!


Veja a seguir texto enviado ao Setor 1 por Ramão carnaval que explica, com aval dos presidentes, a situação do carnaval dita pelos seus organizadores:

O Carnaval de São Leopoldo resiste!

Por Ramão Carvalho

Os acontecimentos envolvendo o carnaval capilé, gentílico pelo qual os leopoldenses são historicamente conhecidos, estão tomando esferas nunca dantes vistas. Aliás, este ano de 2017 será um ano atípico para esta manifestação popular em todo o Brasil. A grave crise política tem massacrado a cultura e todos os seus segmentos, numa forma grotesca, por parte do governo federal e suas bases, de argumentar os cortes das parcas verbas destinadas ao carnaval, por exemplo, comparada aos bilhões e bilhões de dinheiro público desviado para particulares... Um assunto de extrema complexidade, onde faltam palavras para definir tamanha estapafúrdia... escrevi algumas linhas deste tema outro dia destes nas redes sociais.

Quanto a nossa cidade, somos sabedores de que nosso município, São Leopoldo, segue a mesma situação, e que, acumula dívidas altíssimas de outros governos, e para não ser diferente, o primeiro segmento a ter cortes na ajuda financeira é a cultura. Apesar de toda a ajuda e boa vontade do atual prefeito Ary Vanazzi, que apoia o carnaval, ele nada pode fazer via município, mas dispõem de estrutura para que seja viabilizado um projeto de captação de recursos na iniciativa privada para que aconteça o nosso carnaval com toda a dignidade e toda a magnitude de anos atrás...

Mas afinal, porque estou descrevendo todas estas informações?

Quero aqui, nestas breves palavras colocar você a par do que está ocorrendo e do movimento de resistência que está acontecendo no carnaval de São Leopoldo. As ações da Associação Carnavalesca e a união dos presidentes das Escolas de Samba se dão, para não deixar de fazer o desfile e ainda; de não realizar na configuração de uma “simples muamba”, como ocorreu no último carnaval de 2016. Diante dos fatos, como estou na atual posição de vice presidente da Escola de Samba Império do Sol posso, com propriedade, descrever em algumas linhas os acontecimentos, uma vez que participei na maioria das decisões do conselho de presidentes.

Tivemos uma troca de governo na cidade, onde a atual gestão sinalizou e acionou a comunidade carnavalesca para reativar o carnaval de rua. Com a crise política e financeira, o Secretário de Cultura honestamente informou que não dispunha de recursos e se dispôs, via projeto aprovado por Lei Federal, procurar apoiadores para patrocinar e financiar o projeto carnaval. Foram muitas negociações e visitas, desta forma as datas foram postergadas para que houvesse tempo hábil para a captação de recursos junto á iniciativa privada.

No meio do processo, algumas dificuldades somaram-se como questões de ordem organizacional na documentação de algumas entidades, e também, os patrocinadores pediram ajustes nos prazos e o evento foi sendo adiado. Com o pedido de afastamento da presidente Eloisa Morais, as escolas se uniram e tomaram a frente do processo para que o sonho do desfile oficial fosse possível de ocorrer na Avenida Dom João Becker. Com os últimos ajustes, chegamos às seguintes datas:

·         29/04/2017 Escolha da Rainha do Carnaval no Centro de Eventos.
·         07/05/2017 Mostra de Samba Enredo na Quadra do Império do Sol.
·         13/05/2017 Desfile Oficial na Avenida Dom João Becker.

Os presidentes de todas as Escolas de Samba e a Associação Carnavalesca de São Leopoldo convocam suas comunidades para participar das datas supracitadas, numa forma de reforçar o movimento de resistência da cultura popular, prestigiando as duas grandes festas onde haverá a escolha da soberana do carnaval e na Mostra dos Sambas das Escolas, além do grande espetáculo dos Desfiles das Escolas de Samba na Avenida Dom João Becker no dia 13 de maio.

Assinam e concordam com este esclarecimento os presidentes da Acadêmicos do Rio Branco, Império do Sol, Imperatriz Leopoldense, Estação Primeira de São Léo, Alambique Leopoldense, Imperadores do Sul e Academia de Samba da Zona Norte.

É HOJE: Carnaval de Novo Hamburgo é neste sábado

Império da São Jorge é a primeira a adentrar a avenida - Foto Jornal NH

Por Israel Ávila 

Hoje (Sábado – 22), a partir das 20 horas, Novo Hamburgo realiza seu carnaval, um tanto fora de época. O evento foi adiado da data oficial para que pudesse captar recurso viabilizando o desfile das escolas.

Neste ano, o desfile não ocorre na Pista de Eventos, e sim na Avenida Pedro Adams filho, não será competitivo e não terá arquibancada. Quatro, das cinco escolas de samba do município, farão seu desfile sem alegorias. São elas: Império da São Jorge, Ai Vem os Marujos, Cruzeiro do Sul e Portela do Sul. A Protegidos da Princesa Isabel, tradicional escola da cidade e que integra a série Bronze do carnaval da capital não participará do desfile.

O Setor 1 estará presente com o repórter Anderson Silva registrando todos os momentos do desfile e passará informações AO VIVO do local, além de álbum de fotos especiais em nossa página oficial no Facebook. 

Os vencedores do Troféu Setor 1 e Estandarte de Ouro de Guaíba


Na última sexta o Setor 1 realizou uma edição especial do Troféu Setor 1 no município de Guaíba, um dos carnavais que mais cresce no estado. O evento ocorreu no Terraço Choperia e Petiskaria reunindo boa parte da comunidade carnavalesca que lotou o local a espera da divulgação dos premiados que percorreram o tapete vermelho do Setor 1.

O protocolo do evento foi conduzido por Odir Ferreira, a voz oficial do carnaval de Porto Alegre, e por Viviane Rodrigues, Madrinha de bateria do Estado Maior da Restinga.

Além do nosso troféu, a Prefeitura Municipal de Guaíba e a AECEGUA fizeram no mesmo evento a entrega dos Estandartes de Ouro 2017. Estiveram presentes o Prefeito municipal José Sperotto, a secretária de cultura, turismo e desporto Cláudia Mara Rosa entre outras autoridades.

A noite ainda contou com show da comissão de frente de Imperadores do Samba, o pavilhão do Setor 1 conduzido por Gustavo Tiriri e Simone Ribeiro e show com Cláudia Quadros e Tom Astral. O evento teve apoio da Itanajara Fashion Hair, Estamparia Donatus e Café Art.  Veja a seguir a lista dos agraciados:

ESTANDARTE DE OURO:

- Melhor comissão de frente - Império Serrano
- Melhor Porta Estandarte - Sander Lima – Academia De Samba Cohab Santa Rita
- Melhor casal de MS e PB - Marcelinho e Giza - Ac. De Samba Cohab Santa Rita
- Melhor casal de passistas - Alexandre e Jô - Ac. De Samba Cohab Santa Rita
- Melhor Evolução – Ac. De Samba Cohab Santa Rita
- Melhor tema enredo  - Academia de Samba Cohab Santa Rita
- Melhor Música Enredo  - Ac. De Samba Cohab Santa Rita
- Melhor Alegorias e Adereços - Ac. De Samba Cohab Santa Rita
- Melhor Intérprete  – Everton Raiescki - Ac. De Samba Cohab Santa Rita
- Melhor Harmonia Musical - Ac. De Samba Cohab Santa Rita
- Melhor Fantasias  – Império Serrano
- Melhor Bateria – Império Serrano
- Melhor diretor de carnaval – Itto Jackson
- Melhor presidente  – Tiago Branco 


TROFÉU SETOR 1:

- 2º casal de MS e PB - Marcio e Ana Paula – Academia de Samba Cohab Santa Rita
- Ala - Gueixas – Império Serrano
- Ala de mulatas/Cabrochas - Academia de Samba Cohab Santa Rita
- Ala de Baianas - Império Serrano
- Fantasia - Império Serrano
- Alegorias - Império Serrano
- 2ª Porta-Estandarte - Ana – Academia de Samba Cohab Santa Rita
- 2º Casal de Passistas - Thallison e Milene – Império Serrano
- Harmonia Musical - Academia de Samba Cohab Santa Rita
- Rei de Bateria - Jorge Junior - Estado Maior da Colina
- Melhor destaque infantil - Sabrina – Porta Estandarte Mirim da Academia de Samba Cohab Santa Rita
- Samba enredo - Academia de Samba Cohab Santa Rita
- Tema enredo - Academia de Samba Cohab Santa Rita
- Fantasia individual (destaque) - Marcelinho e Giza – 1º casal de MS e PB da Ac. De Samba Cohab Santa Rita
- Revelação/Destaque - Yasmim Teixeira – 1ª passista da Estado Maior da Colina
- Melhor Evolução - Academia de Samba Cohab Santa Rita
- Melhor coordenação
- Academia de Samba Cohab Santa Rita
- Madrinha de Bateria - Greice - Império Serrano
- Rainha/Musa de Bateria
- May Araújo – Rainha de Bateria Academia de Samba Cohab Santa Rita
- 1º Casal de Passistas - Alexandre e Jô – Academia de Samba Cohab Santa Rita
- 1ª Porta-Estandarte - Sander  – Academia de Samba Cohab Santa Rita
- 1º Casal de MS e PB - Marcelinho e Giza – Academia de Samba Cohab Santa Rita
- Comissão de Frente - Império Serrano
- Melhor Intérprete - Everton Rataiescki - Academia de Samba Cohab Santa Rita
- Melhor Bateria - Academia de Samba Cohab Santa Rita
- Mestre de Bateria destaque/revelação
- Mestre Estêvão - Academia de Samba Cohab Santa Rita
- Melhor Diretor de carnaval - Itto Jackson - Academia de Samba Cohab Santa Rita

- Melhor Presidente - Edson Conceição - Estado Maior da Colina, Claudio Luis Alves - Império Serrano e Tiago Branco - Academia de Samba Cohab Santa Rita

CLIQUE nos links a seguir e veja fotos do evento: 



quarta-feira, 19 de abril de 2017

Tudo pronto para o Troféu Setor 1 - Edição Guaíba


Está tudo pronto para a 1ª Edição do Troféu Setor 1 em Guaíba. O evento que já é tradicional em Porto Alegre “atravessou o rio” e foi estender seu tapete vermelho para a comunidade carnavalesca que mais cresce no estado.

A entrega da premiação será no NESTA QUINTA (20), a partir das 20 horas no TERRAÇO CHOPERIA E PETISKARIA (Rua São José, 191 – 5º andar – Guaíba – RS). Além da premiação do site, o evento também fará a entrega dos Estandartes de Ouro da cidade.

A apresentação do evento estará a cargo da voz oficial do carnaval Odir Ferreira, e da musa e madrinha de bateria Viviane Rodrigues.  A animação da noite fica a cargo de Cláudia Quadros, Tom Astral e seus convidados além de shows especiais durante a entrega dos troféus. Quem ainda quiser participar deste grande evento, ainda da tempo: haverá ingresso no local a preço de R$ 20,00.

O troféu Setor 1 tem apoio da Prefeitura Municipal de Guaíba, Estamparia Donatus, Itanajara Fashion Hair e Café Art.



VEJA A LISTA DOS INDICADOS AO TROFÉU SETOR 1 DE GUAÍBA:

Forma de avaliação: A equipe do Setor 1 é dividida em setores por pessoal que avaliam os desfiles e oficializam a lista de indicados ao troféu em todas as categorias. Após isso, a equipe do Setor 1 novamente se reúne e decide quem devem ser os vencedores do troféu. Os vencedores serão conhecidos em uma noite de gala oferecida pelo site no dia 20 de Abril. A escolha do resultado é independente e não leva em consideração a nota do júri oficial do carnaval. (Os indicados aparecem na ordem de seus desfiles):

- Comissão de Frente
Império Serrano
Academia de Samba Cohab Santa Rita

- 1ª Porta-Estandarte
Ariadine – Estado Maior da Colina
Lisiane – Império Serrano
Sander  – Academia de Samba Cohab Santa Rita

- 2ª Porta-Estandarte
Giulia – Império Serrano
Ana – Academia de Samba Cohab Santa Rita


- 1º Casal de MS e PB
Ariele e Tika – Estado Maior da Colina
Edison e Andrieli – Império Serrano
Marcelinho e Giza – Academia de Samba Cohab Santa Rita

- 2º casal de MS e PB
Marcio e Ana Paula – Academia de Samba Cohab Santa Rita (vencedores)

- 1º Casal de Passistas
Victor e Yasmin – Estado Maior da Colina
Welligton e Bruna – Império Serrano
Alexandre e Jô – Academia de Samba Cohab Santa Rita

- 2º Casal de Passistas
Cássio e Bruna – Estado Maior da Colina
Thallison e Milene – Império Serrano

- Harmonia Musical
Estado Maior da Colina
Império Serrano
Academia de Samba Cohab Santa Rita

- Melhor Intérprete
Leandrinho LV - Estado Maior da Colina
Lu Astral - Império Serrano
Everton Rataiescki - Academia de Samba Cohab Santa Rita
Leonardo Bessa - Academia de Samba Cohab Santa Rita

- Samba enredo
Estado Maior da Colina
Império Serrano
Academia de Samba Cohab Santa Rita

- Tema enredo
Estado Maior da Colina
Império Serrano
Academia de Samba Cohab Santa Rita

- Melhor Bateria
Estado Maior da Colina
Império Serrano
Academia de Samba Cohab Santa Rita


- Mestre de Bateria destaque
Mestre Chiquinho - Estado Maior da Colina
Mestre Diego - Império Serrano
Mestre Estêvão - Academia de Samba Cohab Santa Rita

- Madrinha de Bateria
Axiane - Estado Maior da Colina
Greice - Império Serrano
Débora - Academia de Samba Cohab Santa Rita

- Rainha/Musa de Bateria
Pandy – Musa da Harmonia Estado Maior da Colina
Tayná Costa – Rainha de Bateria do Império Serrano
May Araújo – Rainha de Bateria Academia de Samba Cohab Santa Rita
Pan Pan – Musa da Harmonia da Academia de Samba Cohab Santa Rita

Rei de Bateria
Jorge Junior - Estado Maior da Colina
Giovani – Academia de Samba Cohab Santa Rita

- Melhor destaque infantil
Maiara – Porta Estandarte Mirim do Império Serrano
Sabrina – Porta Estandarte Mirim da Academia de Samba Cohab Santa Rita
Cícero – Apoio Vocal da Academia de Samba Cohab Santa Rita
Larissa – Rainha Mirim da Academia de Samba Cohab Santa Rita


- Alegorias 
Estado Maior da Colina
Império Serrano
Academia de Samba Cohab Santa Rita

- Fantasia
Estado Maior da Colina
Império Serrano
Academia de Samba Cohab Santa Rita

- Fantasia individual (destaque)
Ariadine – 1º Porta Estandarte do Estado Maior da Colina
Jorge Junior – Rei de Bateria do Estado Maior da Colina
Comissão de frente do Império Serrano
Giovani – Rei de Bateria da Ac. De Samba Cohab Santa Rita
Marcelinho e Giza – 1º casal de MS e PB da Ac. De Samba Cohab Santa Rita

- Ala de Baianas
Estado Maior da Colina
Império Serrano
Academia de Samba Cohab Santa Rita

- Ala
Os Africanos - Estado Maior da Colina
Árabes - Império Serrano
Gueixas – Império Serrano
Oxum - Academia de Samba Cohab Santa Rita

- Ala de mulatas/Cabrochas
Império Serrano
Academia de Samba Cohab Santa Rita

- Revelação/Destaque
Yasmim Teixeira – 1ª passista da Estado Maior da Colina
Mestre Diego - Império Serrano
May Araújo – Rainha de Bateria da Academia de Samba Cohab Santa Rita
Sabrina – Porta Estandarte Mirim da Academia de Samba Cohab Santa Rita

- Melhor Evolução
Estado Maior da Colina
Império Serrano
Academia de Samba Cohab Santa Rita

- Melhor coordenação
Estado Maior da Colina
Império Serrano
Academia de Samba Cohab Santa Rita

- Melhor Diretor de carnaval
Dário - Estado Maior da Colina
Willian Marcos - Império Serrano
Itto Jackson - Academia de Samba Cohab Santa Rita

- Melhor Presidente
Edson Conceição - Estado Maior da Colina
Claudio Luis Alves - Império Serrano
Tiago Branco - Academia de Samba Cohab Santa Rita

VEJA OS VENCEDORES DO ESTANDARTE DE OURO DE GUAÍBA
(Resultado de responsabilidade do júri do carnaval)

- Melhor comissão de frente – Império Serrano
- Melhor Porta Estandarte – Sander Lima – Ac. De Samba Cohab Santa Rita
- Melhor casal de MS e PB – Marcelinho e Giza - Ac. De Samba Cohab Santa Rita
- Melhor casal de passistas – Alexandre e Jô - Ac. De Samba Cohab Santa Rita
- Melhor Evolução – Ac. De Samba Cohab Santa Rita

- Melhor tema enredo - Academia de Samba Cohab Santa Rita
- Melhor Música Enredo - Ac. De Samba Cohab Santa Rita
- Melhor Alegorias e Adereços - Ac. De Samba Cohab Santa Rita
- Melhor Intérprete – Everton Raiescki - Ac. De Samba Cohab Santa Rita
- Melhor Harmonia Musical - Ac. De Samba Cohab Santa Rita
- Melhor Fantasias – Império Serrano
- Melhor Bateria – Império Serrano
- Melhor diretor de carnaval – Itto Jackson
- Melhor presidente – Tiago Branco