quinta-feira, 28 de maio de 2015

Samba Puro e Alô Confraria no É Geral de hoje a noite


E hoje segue a nova temporada do É Geral, na TVE a partir das 20 horas. No quadro Blitz, vai rolar uma entrevista com o Grupo Soweto, além de imagens do show que ocorreu no Acadêmicos da Orgia. Oriundo da Zona Sul de São Paulo, o Soweto surgiu quando o percussionista Robson Buiú convidou seu amigo de infância Belo para fazer parte de seu conjunto, o Sob Medida.

Para quem curte funk, o Quadro Batidão apresenta a Mc Isa da zona sul. A cantora é uma das maiores expoentes da nova geração do funk que está ganhando o Brasil.

O pagode com muita qualidade e simpatia fica por conta do Grupo Alô Confraria, que vai protagonizar o quando Bota Pra Tocar. A característica do Grupo está associada ao samba de raiz e diretrizes do pagode e carnaval.

Para os amantes de samba e carnaval, o É Geral traz a cobertura completa da Festa de 31 Anos e Posse da Nova Diretoria da ACADEMIA DE SAMBA PURO. A Academia Samba Puro foi fundada em 30 de abril de 1984, por um grupo de moradores do Morro Maria da Conceição entre eles alguns ex-componentes da Academia de Samba Praiana.

Novidades no Setor 1

A partir de hoje você vai acompanhar uma série de novidades que o Setor 1 estará preparando pra você em virtude do mês de aniversário das comemorações de seus 2 anos. A primeira delas é conhecer os novos chefes da equipe e de edição do Setor 1. Com a saída de Edy Dutra para o Camarote Cultural, o posto ficou até então vago, e agora será ocupado por uma jovem dupla: Fabrício Lemos e Leandro Amante.


De família carnavalesca, Leandro é militar e sempre foi apaixonado pelo carnaval tendo desfilado em algumas escolas do interior do estado e capital. Tem também um forte envolvimento com o movimento negro de sua cidade. No último carnaval foi o responsável pela transmissão em tempo real via Setor 1 das quatro noites de desfiles e da apuração no Complexo Cultural do Porto Seco.

Já Fabrício Lemos dispensa apresentações. Atual passista da União da Vila do IAPI, sua família fez história junto a Imperatriz Dona Leopoldina, escola onde bailou até o último carnaval. Entrou para o Setor 1 a pouco tempo, mas conquistou a admiração e foi reconhecido pelos colegas como um líder.

Os dois estarão a frente das transmissões, coberturas e da edição como um todo do site. A direção geral deste veículo de comunicação segue com Israel Ávila. Na próxima semana, o Setor 1 junto a Raças Consultoria e Publicidade, que assina pela imagem do site e programa, apresentarão os eventos e novidades que estamos preparando para nossos leitores. 

Passista deixa Bambas da Orgia

Por Israel Ávila


Dionatan Cardoso, o terceiro passista de Bambas da Orgia deixa a nação azul e branco. O anuncio foi feito pelo próprio destaque ao Setor 1. 

O jovem passista começou na função aos 4 anos de idade como passista mirim e tem passagens por escolas como: Mocidade Independente da Lomba do Pinheiro, Imperadores do Samba, Areal da Baronesa e Bambas da Orgia.

Ele agradece aos amigos que fez na escola e deseja a todos sucesso, e um bom carnaval. 

quarta-feira, 27 de maio de 2015

CETE aborda a concepção de sinopse e composição de samba-enredo

Assuntos serão tratados no sábado à tarde, no Plenarinho da Assembleia Legislativa, na quarta e última aula do módulo 1 do curso de tema enredo
Como se pesquisa e se elabora a sinopse de um tema enredo? E como os compositores fazem para produzir a trilha sonora de um desfile de carnaval a partir da sinopse? Estes serão os assuntos a serem abordados na quarta e última aula do primeiro módulo do curso de tema enredo do CETE – Centro de Estudos e Pesquisas de Tema Enredo e Memória do Carnaval, que vai acontecer neste sábado, dia 30 de maio, a partir das 14 horas, no Plenarinho da Assembleia Legislativa.
No primeiro painel, Ramão Carvalho, mestre-sala, instrutor do projeto Padedê do Samba e temista de várias escolas (Imperadores do Samba, Apito de Ouro, Imperatriz da Zona Norte), vai apresentar o painel “Pesquisa e concepção da sinopse de tema enredo”.
Logo após, Everton Bittencourt, mais conhecido no meio carnavalesco como Tom Astral, músico, cantor, compositor, diretor de harmonia e integrante do CETE, vai discorrer sobre “A composição do samba-enredo a partir da sinopse proposta pela escola”.

PROGRAMAÇÃO CURSO DE TEMA ENREDO – MÓDULO 1
Dia 30 de maio de 2015 – 4º e último encontro – Sala João Neves da Fontoura (Plenarinho) - 3º andar do prédio da Assembleia Legislativa do RS
Das 14h às 16h: RAMÃO CARVALHO, mestre-sala, temista. Painel: “Pesquisa e concepção da sinopse de tema enredo”.
Das 16h às 18h. TOM ASTRAL, músico e compositor. Painel: “A composição do samba-enredo a partir da sinopse”.
Módulo 2 inicia em junho
O segundo módulo vai acontecer a partir do dia 13 de junho, com a entrega de troféu aos autores dos melhores temas enredos nas cidades onde o CETE julgou no ano de 2015. Ao todo, serão 12 encontros, que vão ocorrer também nas tardes de sábado, na Assembleia Legislativa.
A programação do Módulo 2 será divulgada nos próximos dias, assim como os vencedores do Troféu CETE de melhor temista. Esta é a sétima edição do curso de tema enredo e pelo terceiro ano consecutivo é dividido em dois módulos.

Imperatriz da Zona Norte apresenta novidades

Cruz Alta - E o carnaval do interior segue com suas movimentações rumo à 2016, e a Imperatriz da Zona Norte, escola de Cruz Alta, iniciou seu próximo carnaval com mudanças na presidência e diretoria após assembléia em 1° de maio.

Novo quadro diretivo da entidade:

Presidente de Honra: João Kappel
Presidente: Everlei Martins
Conselheiro: Raul Zeilmann
Vice-Presidente de Finanças | Vice-Presidente de Carnaval: Alberi
Vice-Presidente Administrativo: Patricia Ribas
Vice-Presidente Cultural e de Eventos: Valesca Lopes
Vice-Presidente Social: Dani Maleski
Secretaria Geral: Viviane Teixeira
Diretora de Mulheres: Carima Costa
Diretoria Comunitária: Patrick Medeiros e Lerande Getúlio

O presidente confirma a renovação de Viny Machado no microfone número 1 da escola - foto divulgação


DEPARTAMENTO DE CARNAVAL

Diretores de Carnaval : Leandro Dal Forno/ Everton Pugliezzi/ Alberi
Assessoria da Direção de Carnaval: Karen Cardoso
Diretor do Barracão: Tiago Vargas e Jalva Lopes
Carnavalesco: Mauricio Lanner
Assessoria de Imprensa: Célly Benittes
Diretor Geral de Harmonia: Apolonio Paz
Diretor do Grupo Show: Nilza Nilza e Sandra Soares
Mestre de Bateria: Mauro dos Santos
Diretor de Bateria: Paulo Brussman e Paulo Moraes
Diretor Responsável pela Comissão de Frente: Leticia Zeilmann
Presidente da Velha-Guarda: Zila e Cesar Carpes
Diretor de Quadra: Delmir Correa
Diretor Responsável pela Ala de Baianas: Jair Lima e Márcia Almeida
Diretora de Alas: Priscila Nunes

Em conversa com presidente Everlei foi comunicado a renovação de contrato do microfone n° 1 da Imperatriz, Vinicius Machado.

Tolerância e diálogo religioso


O IV encontro de Axés aconteceu no dia 09 de maio e foi promovido pela ALCUCAB/RS Associação Leopoldense de Candomblé, Umbanda e Cultos Afro-brasileiros e pela Associação Espirita de Umbanda Cacique Haitú –no Templo de Oxum em São Leopoldo, situado na rua Clemente Pinto, numero 530 no Bairro Fião. A festividade foi idealizada pelo Babalorixá Pai Nilton de Oxum, e contou com a presença de grande público e de participantes de outras religiões.

Anderson Ribeiro ciceroneou a abertura dando as boas vidas ao público presente, que aguardava o inicio da cerimonia. “[...] ...abrimos esta noite, este grande evento, esta grande festa, saudando a todos os convidados aqui presentes, pessoas que estão dispostas a um congraçamento... [...] ...buscamos desenvolver e promover a diversidade religiosa, o respeito mutuo, a amizade e o companheirismo... [...]”.

Após a solenidade de abertura, Anderson chamou Pai Dejair Haubert, que é presidente do conselho da Associação Afro Umbandista de São Leopoldo. Dejair por sua vez, fez questão de “quebrar o protocolo” e pediu para entregar a homenagem à Mãe Aurea de Oxum. Logo após cumprimentar a todos, iniciou a fala sobre a cultura africanista. Esclareceu que a cada festa realizada, há o costume de partilhar o alimento, a comida, considerada sagrada.



Dejair lembrou dos episódios ocorridos do projeto de revisão da Lei Estadual [1], que visava proibir a sacralização dos animais dentro dos cultos de matriz africana, falou que este tipo de ação em relação à deputada é pura falta de esclarecimento por parte da população que desconhece os preceitos, e seguiu dizendo que:

“[...] quero aqui dizer que nós realmente sacralizamos estes animais... mas pra nós isso é tão sagrado, que faz parte do rito, e este animal passa a fazer parte da nossa alimentação... [...] partilhar o sagrado, partilhar o alimento entre todos os que vieram para a festa de aniversário da Mãe Oxum... [...] não poderíamos fazer a festa sem partilhar o sagrado e partilhar o alimento, e não somente para os de matriz africana, mas para com todos os nossos amigos, católicos, evangélicos, luteranos, espíritas, budistas... ou qualquer pessoa que chegar dentro desta casa pode partilhar o nosso alimento... [...] todas as pessoas são bem vindas a comer aquilo que é sagrado para nós... não são só os ‘feitos no santo’, que tem o direito de comer o alimento sacralizado, a comida sagrada é do Orixá, por isso mesmo ela é de toda a nação, é de todo o povo... Vale acrescentar que este alimento, se houver sobras da festa ele será distribuído gratuitamente para a comunidade... nada é desperdiçado...[...]” Pai Dejair D’Ogum no IV Encontro de Axés no Templo de Oxum.

A seguir, foram apresentados diversos alimentos feitos com os animais. Iguarias que são servidas em todas as festas e rituais africanistas. Foi uma aula didática acerca da comida dos santos Orixás.

O primeiro ‘prato’ apresentado foi o cabrito assado. Dejair apresentou, esclarecendo que independente de qual Orixá for ofertado, ele é sacralizado e após os rituais é habitual servi-lo assado, pedindo sempre a força, a energia e a vitalidade daquele Orixá, ao qual foi oferecido o caprino.


[...] ...sempre que evocamos a presença e a energia de cada Orixá no momento de seu culto, nós acreditamos que comer a carne deste animal sacralizado em honra a este Orixá, esta divindade está nos repondo esta energia, nos fortificando, para que possamos ter direcionamento...[...]

A outra iguaria foi apresentada a todos, e se chama sarrabulho, alimento feito das vísceras (ou inhelas) de todos os animais sacralizados aos Orixás, esclarecendo que não é somente da carne, mas como os ‘miúdos’ (como é conhecido popularmente), que é feito este alimento. Pai Dejair lembrou que se faz isso, ao ingerir o alimento, se pede a força, a energia e a proteção dos Orixás.

O próximo prato apresentado foi o porco assado, animal que é oferecido às divindades Odé e Otim, Orixás da caça, da força, da fartura e da vitalidade. Dejair ressalta a crença que o povo tem, de que estes Orixás trazem a fartura para a mesa, que não permite faltar o alimento, não deixam faltar a vitalidade para enfrentar o dia-a-dia e são os Orixás que cuidam das crianças.

Logo após foi apresentada a ‘canja’, que para os que acreditam, traz o poder da cura, da renovação e da alimentação. Serve também de alimento para as crianças nas mesas de Ibejis.
A seguir, o ‘prato’ apresentado foi o amalá, que é uma iguaria servida a Xangô, rei da Nação de Cabinda.Alimento que é feito do carneiro oferecido a este Orixá, dono da justiça e estabilidade, com isso é crença que ao ingerir este alimento, o Orixá nos dá equilíbrio e sabedoria.


A próxima iguaria da culinária africanista foi o acarajé, comida ofertada a Inhançã, dona dos lares, dos tetos, das panelas e do amor... Orixá que cuida das nossas relações sociais. Este alimento reforça a energia e a vitalidade do corpo.

A farofa, alimento feito de todas as aves sacralizadas aos Orixás. O povo de Axé acredita que neste alimento está toda a energia dos Orixás, que será transmitida para a pessoa que ingeriu e comeu desta comida sagrada.

O peixe assado também foi apresentado, iguaria que simboliza a saúde, a fortuna (dinheiro), a fartura e a prosperidade. Animal sacralizado a todas as divindades.

Pai Dejair lembrou que aqueles pratos apresentados foram e são uma pequena mostra das iguarias, que são muitas, e que representam um pouco dos alimentos oriundos dos animais oferecidos em honra aos Orixás. 

“[...]... de uma maneira especial, aqui está um pouco da nossa culinária que é utilizada com os animais sacralizados aos Orixás... aqui está o que nós acreditamos que seja o sagrado, o nosso alimento, pedindo a bênção dos Orixás [...] ...para nós, comer destas carnes é nos alimentar e partilhar do que é sagrado...[...]”

A seguir foram feitas as homenagens aos agraciados com o prêmio de destaque na atuação em suas comunidades religiosas: Mãe Áurea de Oxum; Baba Diba de Yemanjá; Mãe Viviane de Inhançã; Pai Neri de Lodê; Mãe Dalva de Xapanã e Mãe Sandra de Oyá foram os agraciados.

A seguir, foi aberta a palavra para que os representantes das demais religiões se manifestassem. O primeiro a falar foi Jose Carlos Bandeira da Associação Espírita Amor a Verdade:

“[...]... meu Axé... é uma alegria pra mim estar aqui, porque a gente se conhece, está junto neste grupo (GEDIREC-UNISINOS)... Pai Nilton sabe do meu carinho e o apreço que eu tenho de estar aqui... até para quem não sabe, em reverencia a estas duas pessoas, que pra mim são muito caras, (se referindo e apontando para as fotografias dos pais de Pai Nilton, dona Matilde e o senhor Jardelino Rodrigues), porque trabalhavam na casa a qual eu trabalho hoje, a Sociedade Espírita Amor a Verdade... e de lá saíram para criar esta casa... por isso é um momento muito especial para mim, a cada ano que eu posso voltar aqui...[...]

Bandeira acrescentou que em sua doutrina, consta no Livro dos Espíritos, uma indagação de Alan Kardec, que em determinado momento pergunta aos veneráveis: “[...]...qual seria a melhor religião para o homem?... [...]” ...heis que apenas os benfeitores espirituais respondem: “[...]...a melhor religião é aquela que mais homens de bem fizer, e menos hipócritas...[...]”.Bandeira acrescentou em seu momento de sapiência, dizendo que é para todos os que professam uma religião, que o faça com o coração... que os fiéis, seja do espiritismo, católicos, evangélicos, batuqueiros... enfim, tem que ter fé e fazê-la com alegria e entusiasmo... disse ele: “[...]... se eu não vou com prazer, se eu não for com alegria, então não faço!... pois se fizer algo contrariado, isso se chama hipocrisia...[...]

Logo após, foi a vez Professor Ms Inácio José Spohr, padre e mestre da Unisinos, coordenador do Grupo Inter-religioso de diálogo entre as religiões, que saudou a todos e ao Pai Nilton, dizendo que:

“[...] a luta pela liberdade religiosa é nossa também, uma luta católica e também da universidade... [...] ...pois uma universidade obrigatoriamente tem de ter um olhar necessariamente inter-religioso, pois seus funcionários, seus professores, seus alunos são de diferentes orientações religiosas e merecem respeito de todos... [...] o grupo inter-religioso de Diálogo, do qual Pai Nilton faz parte, Pai Dejair, e tantos outros que estão aqui presentes, é composto por nove religiões diferentes, e todas estas representações estão preocupadas com a possibilidade de haver uma intervenção no sentido de proibir uma das religiões do grupo, de ficar destituída ou impossibilidade de realizar o seu credo e de sacralizar os seus alimentos, um gesto duro, difícil de ser aceito... deveremos ter a liberdade religiosa e o respeito a todas as religiões... para isso é preciso conhecer as outras religiões, reconhecer as diferentes religiões, e acima de tudo respeitá-las, preservar as identidades, praticando a fé e a justiça...[...]"


A seguir foi a vez da líder budista Monja Kokaidesejar a todos uma boa festa, disse estar muito contente de estar ali, e acrescentou dizendo: “[...] quero parabenizar a casa e desejar que este cerimonial seja pleno de energia e de significados para todos, e que colabore com a caminhada espiritual de cada um...[...]. Ela acrescentou que o grupo inter-religioso de São Leopoldo é muito especial, pois consegue dialogar, em um momento de fragilidades entre as irmandades religiosas.

Logo após foi a vez do secretário da Cultura de São Leopoldo, Francisco Luiz Weinmann, salientou que o papel da prefeitura e do secretário é o de apoiar as iniciativas como estas: “[...] ...não cabe ao poder publico atrapalhar e interferir em uma forma de cultura que já existe... na sua totalidade, na sua história e nos seus motivos... não estamos aqui para questionar e sim para incentivar e apoiar e que as cerimonias sejam mantidas assim como elas são em suas origens...[...]”.

Mãe Aurea de Oxum iniciou parabenizando Pai Nilton pela noite de festividade, da linda Festa de Obrigação que é o maior ato da Liturgia Africanista. Ela elencou a importância do exemplo organizado pelo Grupo de tolerância religiosa, grande aprendizado didático e cultural da ritualística afro. Diante dos acontecimentos e dos movimentos políticos que visam a proibição dos rituais africanistas, ela disse que:

“[...]... todos os dias, quando bato cabeça para a Mãe Oxum eu peço para que haja mais consciência e discernimento dentro e fora da religião, principalmente entre os políticos... consciência e discernimento para saber que a liberdade do vizinho termina onde começa a minha...que todas as religiões e manifestações são importantes e ricas e fazem disso a nossa cultura e a riqueza de nosso país... é a diversidade que nos faz tão bons, tão grandes e tão diferentes... e nós precisamos respeitar isso, e este exemplo tem que começar dentro de casa... [...] é com o respeito mutuo que tudo vai se organizar... e isso depende dos políticos, para manter o respeito e a liberdade... [...] e também devemos nós de religião e sacerdotes, o exemplo a ser dado para um amanhã melhor, com mais união, para que nossa religião não seja vilipendiada e marginalizada. Conclamo aos sacerdotes, aos Babalorixás e Yalorixás, trabalhar também o exemplo e a firmeza para com aqueles que colocamos dentro da nossa casa, para que haja cada vez mais a responsabilidade daqueles que carregam um Axé, para que não diminuam ou manchem a imagem da nossa religião... pois é tão fácil falar mal, assim como é fácil esquecer do que foi bom... [...] por outro lado, as mesmas pessoas que estão levando adiante este projeto preconceituoso, já frequentaram muitas casas de religião, e hoje por conveniência própria, ou por trampolim politico atacam os africanistas... mas em parte a culpa é nossa! Pois em quantas eleições apoiamos estes que hoje nos atacam? Quantos nós elegemos ou foram eleitos da nossa religião? A hora é agora! É a nossa responsabilidade neste momento, e é este o exemplo que teremos que levar adiante, e também devemos colocar dentro da politica pessoas nossas, para que possam ser a nossa voz... pessoas que se identifiquem com a matriz africana... [...] ... vamos aproveitar este momento, pois, não será tudo isso que está acontecendo um chamado ou uma mensagem dos nossos Orixás? Para que o nosso povo acorde e se sacode para ir pra rua? Nós teremos que ter representatividade...[...]”.

A seguir, foi a vez do anfitrião e Babalorixá Pai Nilton ter a palavra para com todos, agradeceu a todos os presentes, amigos, sacerdotes, políticos, filhos e netos de santo, o compartilhamento deste importante momento. Ele mencionou a todos de sua família religiosa e disse:

“[...]...este momento é muito importante para todos nós, pois hoje vamos tomar contato com o nosso sagrado, e ter a presença de todas estas pessoas queridas, destes olhares atentos, destes sorrisos alegres, dos amigos junto a tudo isto, o que é muito bom... [...] ...falando da diversidade religiosa, há algum tempo eu tenho a oportunidade e o privilégio de fazer parte do GEDIREC... onde se mantém o diálogo e a idéia de exteriorizar estes pensamentos e práticas para além das nossas casas, para a comunidade, para as escolas, para uma educação religiosa nas salas de aula... [...] por experiência, é muito gratificante, pois aprendemos muito com o diferente, cada um de nós no seu segmento, cada um com seu jeito de mostrar o sagrado, cada um com sua realidade...[...]... numa forma de nos tornar pessoas melhores, pois os caminhos que levam a Deus são muitos, cabe a gente se desprender da ignorância e respeitar o próximo e o diferente...[...]”

Nilton de Oxum agradeceu a Diretoria da ALCUCAB, na organização das homenagens e nas diversas atividades de recepção das pessoas presentes. Agradeceu a presença de todos.Logo após, houve a apresentação do balé folclórico de Santa Maria – RS, a CIA de Dança Afro Euwá-Dandaras. Encerrada a apresentação, Pai Nilton complementou:

“[...] Quero agradecer aos meus filhos, aos meus netos, por esta obrigação, pelo carinho, pela dedicação, pelas horas, pelos sentimentos, pelo sacrifício de cada um, e por tudo o que fizeram, que a Mãe Oxum e todo o seu Orumalé e que cada um dos seus Orixás possa estar os recompensando e abençoando a todos, com saúde e prosperidade... penso que são estes momentosem que vale a pena, pois além de estar comungando com nossos Orixás, é um momento de rever tantos amigos e é por isso que agradeço a todos pela presença e por este momento. Muito obrigado! [...]”

Fontes:
http://www.setor1rs.com.br/2015/03/ouvindo-historias-de-preconceito-e.html

Cadência do Morro ensaia nesta quinta

Por Israel Ávila 

Nesta quinta (28) seguem os trabalhos da Bateria Cadência do Morro, da Academia de Samba Puro. Mestre Krlinhos convoca os ritmistas para ensaio que inicia as 19 horas. Ritmistas que tocam caixa devem levar seus talabartes. Além disso vai haver reunião com os novos diretores de bateria e ritmistas. A Quadra da escola fica na Rua Mário Artagão, 13 – Bairro Partenon.

Bateria do Capão inicia seus ensaios na próxima segunda


Por Chris Rafa

Após ter sido anunciado no comando da Bateria do Capão, Mestre Boneco, divulga a retomada dos ensaios para a preparação do Carnaval 2016.

Os encontros dos ritmistas iniciam na próxima segunda (1º/06), no Barracão da Protegidos (Unidos do Capão) NO Complexo Cultural do Porto Seco a partir das 20 horas. Aos ritmistas interessados em compor a ala de ritmistas do Capão, além de levar suas baquetas e talabartes, para melhor deslocamento até o local dos ensaios, vai sair um ônibus às 19 horas de Sapucaia do Sul, seguindo a rota de Esteio e por último em Canoas, pelos bairros Guajuviras, Barreto e Niterói.

NOVO LOGOTIPO DA “BATERIA DO CAPÃO”

Além do anúncio da retomada dos ensaios, Mestre Boneco lança o novo logotipo da Bateria do Capão, que traz de volta seu tradicional lema “Bateria do Capão; Nota 10 é Tradição.” A criação da nova marca e identidade visual da ala, surgiu pelo fato dos anos em que o Mestre Boneco esteve sob a regência da bateria, conquistou sempre a nota máxima no quesito.

terça-feira, 26 de maio de 2015

Bruna Martins: "Quando entrei para o carnaval, me falaram que eu nunca desfilaria em frente a uma bateria..."

Na última semana a direção da Escola de Samba Realeza, que integra o grupo de acesso da capital, divulgou a renovação do contrato de Bruna Martins frente aos ritmistas de Mestre Lipo, da bateria Sem Carinho. Convidamos a bela a contar um pouco de sua história junto a entidade. Então, com vocês: Bruna Martins:



Meu nome e Bruna Martins, tenho 28 anos, e um filho lindo, de 3 anos o Erick... Mas não vim falar de mim... Venho contar um pouquinho da minha experiência com a Sem Carinho minha Bateria nota mil, onde sou Madrinha a 2 anos indo para o 3° .

Bom como cheguei a escola Realeza... Em 2013 fui convidada para fazer um show em Nova Prata, conhecendo um pouco o pessoal da escola, conheci a Pamela que era a Madrinha da Bateria na época e de la começamos uma amizade...ai passou um tempo veio a notícia maravilhosa que ela estava grávida do Gabriel, seu filho...

Ai foi passando e ela a procura de uma substituta, quando recebi o convite dela pra substituí-la, aceitei na hora né, pois seria uma honra, na outra semana fui a escola conhecer os meninos e meninas da Bateria, o Mestre Lipo e presidente na época era o Candido e fui muito bem recebida...

Bom foi inesquecível e especial o desfile em 2014, pois uma vez logo que entrei pra esse mundo (o Carnaval) me falaram que eu nunca desfilaria a frente de uma Bateria em Porto Alegre... Mas fui atrás desse sonho, com a ajuda dos amigos e principalmente com a ajuda das palavras de Viviane Rodrigues ( Madrinha dos Tinguerreiros) que me incentivou muito!

Bom, me sinto em casa na Mimosa, sempre bem tratada tanto pela Bateria, quanto a comunidade.

Hoje sou Realeza de coração, pois aprendi a amar e respeitar o meu pavilhão, onde vou e me perguntam onde desfilo, sempre respondo na Realeza sou Madrinha da Bateria Sem Carinho!

Não foi fácil esse ano ver a escola cair para acesso, mas tenho certeza que faremos um bom trabalho este ano para ter e ver a vitória ano que vem! Sou Sem Carinho e adoro meus afilhados e afilhadas, meu Mestre, obrigada por acolherem tão bem, danço e falo de coração, pois vocês me fazem muito bem!

Obrigada meu Presidente Maurão, vice Mauricio e toda diretoria por me proporcionarem momentos únicos. Obrigada mais uma vez Sem Carinho, pelos prêmios de melhor Madrinha ano passado e este ano, vocês fizeram acontecer! Obrigado a todos amigos que sempre me apoiaram.

Bora lá ensaiar e recuperar os décimos perdidos Sem Carinho, desde já convido a todos que queiram fazer parte dessa família a partir do dia 31/5, quando começam os ensaios da Bateria, serão todos bem vindos!

Grande beijo. 

Maurício Azevedo deixa a Samba Puro

No último carnaval, Maurício cantou junto a Paulinho Durão 

Em contato com a direção da Academia de Samba Puro Maurício Azevedo deixa a escola. No ultimo carnaval Mauricio cantou junto a Paulinho Durão e demais apoios vocais. O cantor tem uma grande identidade com a escola, mas deixa a entidade para seguir sua trajetória carnavalesca e no samba, uma vez que é a voz do Grupo Alô Confraria.

Mauricio agradece ao ex-presidente Mário Jéferson pela acolhida e parabeniza ao atual presidente, o “Prego”, desejando-lhe uma boa gestão a frente da escola da Maria da Conceição. 

Priscila Rubira retorna a Praiana


A Praiana segue apresentando os destaques que brilharão na verde e rosa da capital no carnaval 2016. A direção da escola anuncia o retorno de Priscila Rubira a frente da bateria ocupando o posto de Rainha. Priscila ficou afastada do carnaval um ano e retorno para bailar frente a bateria de Mestre Guto. Antes disso, em 2013 foi Rainha da escola e em 2014 ocupou o posto de Madrinha de bateria. Nos proximos dias Priscila deve iniciar os ensaios junto aos demais destaques da Praiana. 

Barracão da Liespa recebe evento para discutir a saúde da comunidade

Após receber revitalização, barracão recebe eventos sociais - Foto Israel Ávila

Reformado e revitalizado, o barracão da Liespa no Complexo Cultural do Porto Seco, abrigará na tarde desta terça feira (26) um evento social envolvendo a saúde das comunidades que vivem ao entorno do complexo.

O evento inicia as 14h30 e segue até as 17h30. Com o tema: “História da Vila Dique e integração da saúde na comunidade” o evento será comandado por estudantes da área da saúde que fazem um trabalho social com pessoal da comunidade.

Como a casa é do carnaval, o evento encerra com o Mini-show infantil da vice-campeã do carnaval Embaixadores do Ritmo.

Para o presidente da Liespa Juarez Gutierres de Souza a ideia de abrir o barracão para a comunidade em geral ajudará a dar vida ao complexo e apresentará a um publico maior as instalações do carnaval: “Este barracão não é meu, e nem somente do carnaval. É da comunidade de Porto Alegre. Quanto mais eventos trouxermos para cá, maior será o publico que respeitará o carnaval como cultura.” - diz Juarez

A pedido: ASDIBA


PROJETO DA NOVA QUADRA DE VILA ISABEL A TODO VAPOR

Foto: Reprodução/web

Todos que estão direta ou indiretamente ligados ao movimento carnavalesco, sabem da problemática de se ter a sede de agremiações em localidades onde o “barulho” e outros fatores geram transtornos em algumas comunidades.

A agremiação Unidos de Vila Isabel, única representante da cidade de Viamão no carnaval da capital, que está localizada há 30 anos na Rua Marcelino Pacheco poderá cessar com esses empecilhos.

Após intervenção do Ministério Público por inquérito civil para apurar o barulho excessivo e movimentação intensificada depois dos ensaios da escola, a direção da agremiação juntamente com o prefeito Valdir Bonatto, vice-prefeito e engenheiro da prefeitura se reuniram na sede da escola tendo como tema principal uma possível mudança de endereço. A escola chegou a ser interdita em 2013. Hoje com a situação regularizada possui alvará provisório, este fornecido pela prefeitura do município.

Durante esta reunião o prefeito de Viamão se mostrou parceiro á agremiação, intensificando a idéia de ser construída em endereço viável uma nova quadra, cumprindo assim as determinações do MP.

O endereço sugerido é na Avenida da Liberdade, com área cinco vezes maior, e no local não existe vizinhança, apenas uma área de preservação. Contudo a idéia da administração de Viamão é transformar a quadra em centro de cultural onde projetos das áreas social, educativa e cultural ocorreriam in loco, sem prejuízo de causa ao estatuto e rotinas da escola. Ainda, ressalta a importância da criação de uma comissão com representantes da escola para estabelecer os critérios de uma gestão compartilhada.

E para os foliões que torcem pela escola, fiquem tranquilos... a identidade da agremiação será preservada bem como suas cores mantidas.


Em resumo os próximos passos são procurar um entendimento com o MP para que a escola fique em sua sede até o fim do deslinde desse processo por Termo de Ajuste de Contas, sem que haja prejuízo para o carnaval da entidade e aguardar a criação de anteprojeto pela prefeitura, em 60 dias, para que o Executivo implante no orçamento anual do município em Outubro do corrente.


PALAVRAS DO PRESIDENTE DA AGREMIAÇÃO

“Isabelenses, já de algum tempo estamos informando sobre a Nova Quadra da Unidos de Vila Isabel. É uma etapa que se iniciou em 2013 provocada por ação judicial, via Ministério Público de Viamão, em função da nossa localização que, depois de muitas idas e vindas, levaram a tomada de decisão de nos mudarmos do nosso atual local. Todos esses assuntos e dilemas já foram adequadamente discutidos.
Comunico a todos os interessados que a execução do projeto já começou, com previsão de inauguração ainda para esse ano de 2015.
Com o objetivo de informar plenamente e constantemente a Familia De Vila Isabel sobre todos os andamentos do projeto convido a conhecerem a nossa página da Nova Quadra da Unidos de Vila Isabel.
SEMPRE VILA ISABEL!!!”

segunda-feira, 25 de maio de 2015

A pedido: UDESCA

Boa Tarde!

Gostaríamos de ressaltar neste espaço algumas explicações referentes o torneio Destaque Udesca que realizamos no último domingo.

Algumas perguntas foram feitas e como somos uma entidade transparente tomamos a iniciativa de responder o propósito do evento.

Assumimos a Udesca em novembro de 2013, tivemos três meses antes do carnaval para remodelar uma entidade dedicada aos destaques, onde os mesmos tivessem benefícios e principalmente um espaço digno, dos sonhos no carnaval como Camarim. Com tudo, conseguimos algumas associações, montar o camarim e até acesso dos destaques sócios gratuitamente com apresentação de carteirinha nos ensaios. Como somos destaques e ex- destaques, sabíamos que vocês precisavam de algo para acessar as quadras sem precisar ficar lá na frente esperando alguém para liberá-los. Também junto a Udesca os associados tem desconto escritório de advocacia, auxilio psicológico, desconto em estabelecimentos conveniados e podem usufruir do mais belo espaço carnavalesco na avenida com desconto maquiagem e manicure, vestuário para se arrumar. Gente, nem o melhor e maior carnaval do mundo, Rio de Janeiro tem isso.

Mas infelizmente nosso retorno não é positivo quando o assunto é associar os destaques a entidade. Tudo que realizamos é para vocês!

O torneio foi uma forma que encontramos de proporcionar um dia diferenciado á todos fora dos ensaios, muamba e desfiles. Temos a opinião que carnaval é o ano todo já que gostamos tanto desta festa popular que nos contagia. São no carnaval que temos histórias de felicidade, decepções e principalmente é nele que fizemos grandes amizades. Com todos os problemas que o carnaval apresenta, conseguimos ainda nos dedicar á ele com AMOR. O torneio não era de nenhuma escola de samba, o torneio não tinha critério de quantos setores das escolas podiam se inscrever, o torneio era aberto para todos integrantes de suas escolas, o torneio foi realizado e organizado por nós, o torneio solicitou juiz da federação e tivemos alguns problemas. Foi nosso primeiro , acertamos e erramos, tivemos criticas positivas e negativas. Mas saibam, que nosso objetivo é um só...  Agregar!! Não queremos nos tornar um torneio oficial e muito menos montar uma escola de samba. Queremos representar os destaques!!

Realizamos o torneio com este propósito, trazer vocês destaques á Udesca e abrimos exceção de integrantes de escolas de samba para participar com intuito de agregar mais pessoas e proporciona um dia de carnaval diferenciado, com esporte, churrasco e diversão. Mas tudo que realizamos temos gastos e por isso precisamos ter um retorno financeiro pelo menos para cobrir as despesas. O Camarim Udesca não é de graça e se não tivermos a participação de vocês ficará difícil mantê-lo nos próximos anos.  O torneio também realizamos com objetivo de conseguirmos dinheiro para que no dia 18 de Julho possamos realizar o baile de 15 anos de aniversário da entidade e entrega do troféu a altura de vocês. Temos a concepção que todo o destaque merece um dia especial, pois são vocês que se matam pela sua escola, muitas vezes não recebem pagamento e estão lá na avenida com as fantasias que muitos pagam dos seus bolsos, sorrisão na cara com um só objetivo: “ MINHA ESCOLA PRECISA DE MIM!!”

Então destaques... Nós precisamos de vocês!!!

A Udesca não é da gestão Unir para construir, a Udesca é de todos vocês e somos nós que representamos vocês, somos nós que estamos lá na avenida a sua disposição para ajuda-los preocupados com tudo. E queremos este retorno e reconhecimento, queremos continuar e queremos poder proporcionar mais eventos maravilhosos para vocês.

Queremos agradecer o apoio de todos, a participação dos times que se empenharam para participar e todos aqueles que se fizeram presente naquele dia chuvoso e não foram embora.


Obrigado.

Diversão e descontração marcaram a 1ª etapa do Torneio da Udesca

As Marrentas (JC) foram as vencedoras do Vôlei

União, descontração, práticas esportivas e um bom churrasco! Estes foram os temperos que fizeram do Torneio da Udesca um sucesso. Um grande número de carnavalescos compareceu ontem (Domingo – 24) a sede da Carris onde a União dos Destaques do Carnaval de Porto Alegre realizou dois torneiros, um de vôlei e um de futebol.

Para o vôlei foram inscritos 5 times femininos.  As meninas se empenharam com fardamentos estilizados, vestiram as camisetas das suas escolas e realizaram uma atividade de pura diversão.

1º: As Marrentas (Jovens Carnavalescos)
2º Soberanas da Bebel ( Vila Isabe)
3º As Reds ( Imperadores do Samba)
4º Águia (Bambas da Orgia)
5º Divas da Locomotiva  ( Vila do Iapi)


O torneio de futebol iniciou ás 9:15 conforme programado e teve inscrição de 12 times, sendo que 3 foram desclassificados durante os jogos por não cumprir o regulamento.

Foi realizado neste domingo cinco rodadas da primeira fase, em virtude do horário em comum acordo com todos representantes dos times o mesmo seguirá em outra data para ser finalizado.

Mestre Boneco na Unidos do Capão


Após um longo tempo de “namoro”, conversas e negociações, está finalmente confirmada a notícia: Mestre Boneco está de volta a Unidos do Capão.

Embora as conversas com o presidente Alessandro Nicolletti estivessem bem avançadas, somente agora o diretor de bateria deu por certa sua ida para a escola que acaba de retornar ao Grupo Especial da capital.

Na verdade, este será um reencontro de Mestre Boneco com a comunidade vermelho e branco de Sapucaia do Sul, uma vez que já dirigiu a bateria da escola anos atrás. Antes disso teve passagens premiadas por escolas do interior, Unidos do Guajuviras e uma longa estada na União da Vila do IAPI, a qual após cinco anos, não renovou seu contrato. 

“Todos sabem da minha admiração e carinho pela União da Vila do IAPI, minha escola do coração, mas jamais deixarei de fazer o que gosto por qualquer adversidade ou “desabor” que tenha havido no caminho. O que me fez aceitar o convite da Unidos do Capão foi o respeito com que a comunidade me tratou, nos anos que estive lá, e também a vontade de seguir o meu trabalho fazendo ritmo junto a quem quiser estar comigo, e agora, a quem quiser estar com a Unidos do Capão!” – Diz Mestre Boneco

Foto: Flashe dos Sambistas

Além do trabalho na escola do tigre, segue com o trabalho que desenvolve em Esteio, ensinando crianças, jovens e adolescentes o gosto e a pratica de fazer ritmo na Escola Municipal Eva Carnal. O projeto ocorre todos os sábados das 15 ás 17 horas. Crianças especiais (em parceria com a APAE) bem como tiradas da marginalidade também fazem parte dos alunos do projeto.

O diretor de bateria agora também acumula o carga de vice presidente da ASDIBA – Associação dos Diretores de Bateria, na gestão eleita no último sábado. Nos próximos dias Boneco deve informar os dias de seus ensaios e seus diretores auxiliares. 

domingo, 24 de maio de 2015

Eleita a nova diretoria da ASDIBA


Neste sábado (23) na quadra de Bambas da Orgia, ocorreu a eleição da nova gestão para o carnaval 2015/2016 da ASDIBA (Associação de Diretores de Bateria do Carnaval de POA e Grande Porto Alegre). Por voto unânime, o Mestre Estevão foi eleito Presidente, tendo como seu vice Mestre Boneco.

Com a ideia fortalecida da associação, o presidente eleito Mestre Estevão afirma que em sua gestão, juntamente com sua diretoria e conselheiros, vai à busca de valorização, benefícios e aperfeiçoamento do ritmo para a classe. Também salientou que terá atividades para discutir o quesito e unir cada vez mais as baterias.
1° Reunião da Nova Gestão da ASDIBA (Diretoria e Conselhos)

Data: 26/05/15
Local: Quadra da Acadêmicos da Orgia (Avenida Ipiranga 2741,)
Horário: Primeira chamada às 20h: 30min e Segunda chamada às 21h00min horas.


CONHEÇA A NOVA GESTÃO DA ASDIBA

PRESIDENTE: Mestre Estevão
VICE-PRESIDENTE: Mestre Boneco
1º SECRETÁRIO: Ary Luis
2° SECRETÁRIO: Silvia Oliveira
1º TESOUREIRO: Nilson Rosa (Caju)
2° TESOUREIRO: Clóvis
DIR. PATRIMÔNIO: Willian Martins
DIR. SOCIAL: Gato Mau
DIR. ESPORTES: William Oliveira
ASSESSORIA IMPRENSA: Israel Ávila (Setor 1)
ASS. JURÍDICA: Maguila

CONSELHO DELIBERATIVO: Chiquinho Capelão, Mestre Guto, Junior Aruanda, Douglas Breque e Roberto Rodrigues.

CONSELHO FISCAL: Mestre Dadá, Wanderson Leonardo (Wand) e Mestre Titi.