quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Concurso Rei e Rainha do Samba RS 2017

Imagem: reprodução/web

A data já está se aproximando, os herdeiros do samba mais uma vez tem a oportunidade de abrilhantar a passarela cruzaltense em busca do seu lugar ao sol com muito ritmo, ginga e paixão – está chegando o concurso Rei e Rainha do Samba Rio Grande do Sul 2017.

Mais uma vez o evento terá como sede as terras do saudoso Érico Veríssimo. Segundo informações da organização e amantes carnavalescos da região, o concurso edição 2017 já tem grande procura e a preparação de vários foliões já está adiantada. A regra é clara, e o importante é o samba no pé...

Evento Ed. 2016 - Categoria Adulto masculino
Faltando menos de um mês para a data oficial do evento, os comentários sobre a festa que reúne amantes de todos os cantos do nosso Rio Grade e carrega o reconhecimento de maior concurso de samba do pé do estado, não param a todo instante, e pensando nisso o seu Setor 1 vem traz os principais detalhes desta festa.

O concurso, como de costume, é de responsabilidade e promoção da Escola de Samba Imperatriz da Zona Norte. A edição 2018 acontecerá na sede da escola, na cidade de Cruz Alta, no dia 02 de Dezembro (Sábado).

Para participação do evento, o candidato (a) deverá remeter sua inscrição ao contato oficial (disponibilizado ao final da matéria) bem como dispor da taxa de R$ 50,00 (cinqüenta reais) até o próximo dia 20 (segunda-feira) – fiquem atentos (as)! Aos interessados em seguir ao local do evento com a excursão que sairá de Porto Alegre, o valor aos candidatos é R$ 100,00 (cem reais – inclusos ida/volta e inscrição).

As categorias seguem as mesmas:
ADULTO – com idade entre 16 e 39 anos
JUVENIL – idade entre 12 e 15 anos
INFANTIL – idade na faixa dos 7 aos 11 anos 

Vale lembrar que o conhecimento do regulamento é de fundamental importância, pois nele estão amarrados alguns aspectos e situações pertinentes as rotinas dos candidatos, tais como: maquiagem, arrumação do cabelo, ajuda de custo, programação, tempo de apresentação, premiação, entre outros. Para acessar o regulamento na sua íntegra (clique aqui)

Um assunto interessante e peculiaridade da competição é a participação da torcida. Ela terá peso importante na data, pois o candidato com o maior torcida estará automaticamente no top 5 para o tira-teima da comissão julgadora.

Durante o evento a corte oficial 2016 fará sua apresentação de despedida abrilhantando ainda mais o evento ao som é claro da reconhecida e arrebatadora bateria Furiosa SA, e seu seleto grupo show fará a apresentação que estremece o coração de todo folião.
  


COBERTURA SETOR 1!

Aos mesmos moldes do ano passado, o Setor 1 e sua equipe pra lá de conceituada estará acompanhando todos os detalhes deste evento desde a divulgação da ficha técnica até o resultado final. Você seguidor poderá acompanhar AO VIVO através das mídias Setor 1.

SERVIÇO

O que? Concurso Rei e Rainha do Samba RS - Edição 2017
Quando? 02 de Dezembro – Sábado
Onde? Sede da Escola Imperatriz da Zona Norte – Clube Missioneiro | Av. Sete de Setembro, 392 – Cruz Alta
Como? inscrições via telefone 55 91450698 (Everlei)
Quanto? Inscrições – R$ 50,00 ou R$ 100,00 (com a excursão)
             Ingressos – R$ 15,00 antecipado  R$ 20,00 na hora 

 Por Leandro Amarante | Setor 1

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

A mistura que já deu certo! Choco com laranja...

Imagem: reprodução/web

Por Leandro Amarante

Os destaques bem como a comunidade carnavalesca receberam através das redes sociais a notícia desta receita de alta qualidade que tem tudo pra dar certo.

O início da tarde desta quarta-feira (18) reservou-se ao anúncio do mais novo reforço da escola de samba Imperatriz Dona Leopoldina.

O premiado coreógrafo carnavalesco, mestre-sala e dançarino Choco Pereira retorna para com muita garra e dedicação dar segmento ao seu trabalho junto à Coroada da Zona Norte. Ao lado do ícone Mestre Chula, ele passa a integrar a equipe de criação artística e de dança de Dona Leopoldina.

Em 1998 o trabalho de coordenação bem executado do personagem da folia já era apreciado pela comunidade da laranja. Fez daquela “abre-alas” reconhecida e respeitada...

Seguindo nesta mesma meta, e agregando a proposta do presidente André e sua diretoria de aproximar cada vez mais a comunidade da agremiação, para 2018 é hora de “levantar as mangas” e trabalhar! Com sua vasta experiência e currículo admirável, o final dessa receita só poderá gerar muito sabor, alegria e um carnaval de qualidade.

Pensando nisso, a entidade lança a proposta de AUDIÇÕES DA LARANJA para aqueles jovens interessados em integrar este setor que abre o desfile da Coroa Imperial.

Para tanto fique atento a alguns pré requisitos:

Ø      Ter no mínimo 16 (dezesseis) anos  (masculino e feminino)
Ø      Disponibilidade para ensaio aos sábados no horário fixado (entre 19:30 - 21:30 horas) e data durante a semana ainda a ser acordada a partir de dezembro.

Em conversa com a edição, Choco garante que o clima de condução dessas audições será muito tranqüilo e diferente do modo tradicional. As múltiplas audições farão sumir a tensão que geralmente se é exposta quando se tem apenas uma oportunidade de ingresso.

A primeira das audições já ocorre no próximo sábado (21) ás 19:30 horas na sede da Imperatriz (Estrada Martim Félix Berta, nº 38 – Rubem Berta).

A construção do processo será progressiva. O destaque desenvolverá a proposta se norteando por duas vertentes – uma base teatral com apoio firme das danças.

Em agradecimento, o destaque segue com suas palavras

“Obrigado presidente André Nunes, obrigado primeira dama Priscila, obrigado Chula Silveira...
Tenham certeza que terão o meu melhor... Sempre... Todos os dias... Como é meu de costume.
Então vamos que temos muito trabalho pela frente...
Agora posso dizer: LARANJA, É A COR DA FELICIDADE”

Se você leitor (a) está interessado em fazer parte do seleto grupo de destaques e ainda está com alguma dúvida, basta entrar em contato com os coordenadores através dos telefones a seguir: (51) 98521 – 4690 (Alexandre Choco)      (51) 98478 - 7205

BAND convida carnavalescos para "Conversa de Carnaval"


Por Israel Ávila | No próximo sábado (21) a BAND promove o encontro “CONVERSA DE CARNAVAL”. O intuito é debater os rumos do carnaval de Porto Alegre bem como fomentando novas ideias para que possamos de forma positiva encaminhar a realização do carnaval 2018. O evento ocorre no Auditório da Famurs (Rua Marcílio Dias 574) a partir das 14 horas. A entrada é franca. Veja os serviços:

14h – Abertura do evento

Apresentação: André Machado | com Fernando Vieira (Festa Nacional da Música) , Sergio Cossio (Grupo Band), Juarez Guterrez (LIESPA), Salmo Dias (FAMURS) – Cada um fala cinco minutos.

14h40 – A Trajetória do Carnaval de Porto Alegre – Alvaro Machado

15h10 – Entidades que lutam pelo carnaval
10 min- Israel Ávila – Setor 1
10 min - Kizzy Pereira e  Pedro Linhares - Camarote Cultural
10 min - Junior Brum- Tamo Junto
10 min - Caren Nurimar - UCP
10 min – Mauricio Nunes Santos - Liergs

16h00 – Intervalo

16h15 – Projetos do Carnaval da Band em 2018 | Com Ciça Kraemer
16h30 – Talk Show. Bloco x Escola de Samba: disputa ou parceria?
Participantes: André Machado, Juarez Guterrez, Baia e Ian Angeli

10 min para Juarez
10 min para Baia
10 min para Ian
20 min de conversa com André

- Espaço para perguntas da plateia
17h15 – Projeto da Vila MAPA
17h30 – Apresentação do samba Bah! É Carnaval!

Sexta é dia de Descida da Borges, Bebê!

Adriana Franciosi / Agencia RBS

Por Israel Ávila | Quem está com saudades das tradicionais Descidas da Borges terá como matar a saudades na próxima sexta (20). Haverá uma edição especial integrando a Festa Nacional da Música com coordenação de Joaquim Lucena, apresentação de Odir Ferreira e direção geral de Fernando Vieira. Segue a programação:

18h | Chegada da infraestrutura (grade, banheiro ).

19h | Escola Samba da Band apresenta seu samba de enredo: Bah! É Carnaval.

19h30 | Descida E. Samba da Band

20h30 | Bambas da Orgia

21h30 | Imperadores do Samba

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Eliminatórias e final do festival de Bambas da Orgia


Por Israel Ávila | Com seu festival em andamento, mesmo com a quadra interditada, Bambas da Orgia, agora com dois canários, segue firme no propósito de escolher seu hino para o carnaval 2018 que retrata a vida e o legado de Nelson Mandela.

Já em fase avançada, o festival terá duas eliminatórias: uma no dia 14 de Outubro e outra no dia 21. A final será no dia 1º de Novembro, véspera de feriado. Todos estes eventos ocorrerão na quadra da Copacabana (Rua São Felipe, 95 – Bom Jesus). A entrada será franca. Veja os sambas que estão na disputa:

Samba 01 - Compositor: Mestre Nilton
Samba 02 - Compositor:  Luis Weber
Samba 03 - Compositor: Jailson Barbosa
Samba 04 - Compositores:  Rodrigo França, Luizinho Sarará, Vilsinho Astral e Hélder Santos
Samba 05 - Compositores: Tabajara Ortiz, Willian Tadeu, Wilson Silva, Wagner Amaral, Vinydacor, André Filosofia, Nando do Cavaco, Diley Machado, Leandro Batas, Xandinho Nocera, Cleber Amaral, Leandrinho LV e Victor Alves.
Samba 06 - Compositores:  Jackson Nascimento, Michele Volkweis, Gustavo Mendes e Cláudio Mattos.

sábado, 30 de setembro de 2017

Em dose dupla – a notícia dos canários


Por Leandro Amarante

Em dose dupla! Sim. Deste modo foi anunciada ainda este ano a união vocal entre os renomados intérpretes Renan Ludwig e Everton Rataescki a frente da harmonia tricolor de Estado Maior da Restinga.

Passado algum tempo, a parceria dos premiados canários que por certo seria grandiosa estava por se desfazer. Há cerca de 30 dias, Rataescki se despediu da agremiação. Segundo ele, não houve nenhum desentendimento, nem com a escola nem com o companheiro de palco.

A madrugada da última quinta-feira nos trouxe a inesperada saída do já prata da casa Renan Ludwig que publicou em suas páginas no Facebook o desligamento da agremiação tinguerreira.  

De dois para um, e até então nenhum... Assim estava definido o microfone número 1 da escola.


Do Cisne à Águia Altaneira

Com todas as conversas que circundam a festa popular gaúcha, uma se destacou: a possível assunção do primeiro microfone azul e branco pelo intérprete que a menos de 24 horas havia se desligado da entidade.

O que deu base para tal assunto, foi um “print” de um aplicativo de conversas onde  intérprete fazia citações de grandes sambas que marcaram a história da comunidade altaneira.

Seguindo a função de bem informar, está confirmado! Renan Ludwig é Bambas da Orgia em 2018. Ludwig, trabalha em uma empresa de eventos, é músico profissional e técnico em administração. Iniciou na música em 1997, participando ativamente de diversas agremiações na capital e no nosso Estado. No ano de 2015, a convite do Presidente Robson Dias, retornou para o Estado Maior. Desde então defendeu com muita garra e determinação sua escola do coração.

Ele chega ao Ninho Altaneiro da Voluntários após acordo firmado com a presidência da entidade via telefone. E neste mesmo ninho outra parceria nasce. Renan dividirá esta missão com o intérprete Cesinha. Eles defenderão o samba que homenageará o Centenário do incólume Nelson Mandela bem como embalarão a nação azul e branco com seus mais lindos sambas. Dentre outros, já poderemos observar esta parceria no próximo 20 de Outubro, na 2ª descida da Borges que faz parte da agenda da Festa Nacional da Música.

Boa noite comunidade carnavalesca. Já não é mais segredo pra ninguém se inicia um novo ciclo profissional, vamos fazer um grande trabalho ao lado do Cezinha grande amigo e grande pessoa ímpar. Agradeço ao presidente Cleomar, Bráulio, Jadyr pessoa e demais diretores pela confiança. Estou extremamente feliz! Vou fazer minha parte que é cantar. Obrigado pela receptivodade. Avante! Bambas Orgia.
Renan Ludwig


Ei, eeeeeei... Tem novidade na terrinha

“Gogó de ouro”... A voz mais premiada no último carnaval. Sim! Everton Rataescki está de volta à comunidade tinguerreira.

Dados os recentes acontecimentos, a presidência não mediu esforços e foi atrás da personalidade para sanar seu desfalque.

O microfone número 1 ganha a potência característica do intérprete que já teve grandes experiências no tempo em que vestiu as cores da agremiação. Na noite de ontem (29) Rataescki já assumiu a gloriosa harmonia da entidade em evento no qual a escola de samba participou.

O canário tem uma longa jornada dentro das linhas amarelas. Fez passagens marcantes por Império da Zona Norte e antes disse já ter cantado na Restinga. No interior do estado ele também e referência no quesito.

É “Fogo na Caixa D’Água” tinguerreira!

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Inesperadamente, Renan Ludwig deixa a Restinga


Por Israel Ávila | Na madrugada desta quinta feira, o intérprete da Estado Maior da Restinga, Renan Ludwig deixou em sua rede social comunicado informando sua saída da escola. Renan é prata da casa e á muito tempo defende o microfone número 1 da entidade.

Chegou a cantar na União da Vila do IAPI e Imperatriz Dona Leopoldina, mas tem na tricolor da Zona Sul sua paixão. É o segundo intérprete a deixar a escola este ano. Quando iniciou os seus trabalhos para 2018 a Restinga anunciou além de Renan o premiado canário Everton Rataieski, que dias depois deixou a escola.
Veja na integra a postagem de Renan:
Venho informar a toda comunidade da Terrinha que não sou mais o intérprete Oficial da Agremiação não houve discórdias nem desavenças, mas enfim se encerra um ciclo deixo meus agradecimentos a toda comunidade meus familiares, amigos (as), simpatizantes e não simpatizantes também do nosso trabalho. Agradeço ao presidente Richard e a toda boca nova gestão pelo belíssimo trabalho, mas apesar da decisão estritamente pessoal e profissional me despeço desta Agremiação na qual respeito muito desejo sucesso no Carnaval de 2018. Meu muito obrigado de coração!!! Avante Fiquem com Deus.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Do trabalho à ilusão: entre carnavais, acampamentos e lanceiros


Por Fábio Castilhos 

No Carnaval, ao fim de um desfile, os componentes da escola confraternizam, comemoraram e choram a sorte de sua apresentação. Avaliam-se os pontos positivos e negativos. Revisita-se cada setor da escola. Arregaçam-se as mangas e já se inicia o trabalho para o Carnaval do ano seguinte. Temas novos, sambas novos, fantasias novas. Uma nova história, uma nova vida.

Nas comemorações de 20 de Setembro, ao fim de um Acampamento Farroupilha, os componentes de cada piquete, que já confraternizaram, despedem-se e voltam aos seus trabalhos diários. Pouco se revisita o passado. Espera-se passivamente a passagem do ano para novamente se orgulhar da Guerra de Farrapos no ano seguinte. Os mesmos temas, as mesmas canções, as mesmas roupas. A mesma história.

Respeito sim os gostos tradicionalistas, mas tenho ressalvas. Se, por um lado, há uma sincera tentativa de retrato em preto-e-branco de nosso passado; há também, por outro, pintura criativa de lacunas culturais com retalhos europeus, medievais e exóticos (vide a presença da bombacha, conhecida de mongóis, árabes e cossacos, como indumentária típica do gaudério). O mate já era indígena; a carne, charqueada por escravos; o suor, pingado pelo peão sem terras. A figura do “centauro pampeano ” tem, no entanto, bastante luz nas músicas, na literatura e no imaginário, e se repete ano após ano no Parque Harmonia, como a reedição de um enredo antigo.

O trabalho de pesquisa e embasamento que ocorre no Carnaval ultrapassa a quadra da escola de samba, os dias de desfile e, por vezes, os anos. De desfiles que homenageiam nossa história, nossa religiosidade, nossa gente, surge o orgulho de permanecer renovando o carnaval e resistindo contra um sistema permanentemente opressor. No Carnaval, não se trata de reverenciar um passado reescrito, mas sim escrever melhor nosso próprio futuro.

A Homenagem que se faz no 20 de Setembro deve sim ser aos heróis que lutaram por ideais dignos à Humanidade. Os Lanceiros Negros, mortos no genocídio do Massacre de Porongos, estavam lá em nome da futura liberdade de sua gente, a nossa gente, contra a escravidão. Aqueles negros, mortos pelo aparato do Estado, somente queriam uma vida livre e nobre, sem grilhões. Aqueles guerreiros sim tinham virtude, eram fortes, aguerridos e bravos.

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Restinga lança projeto Cisne do Futuro

Foto: Tondy Guedes/Setor 1

Texto: Assessoria de Comunicação|Restinga

A Terrinha segue trazendo novidades e apostando na força da comunidade! Vem aí o Projeto "Cisne do Futuro", que vai oferecer aulas de dança com os destaques da Estado Maior. Você que sempre sonhou em se tornar MESTRE-SALA, PORTA-BANDEIRA, ESTANDARTE, PASSISTA, RAINHA E MADRINHA DE BATERIA ou membro da COMISSÃO DE FRENTE, vai ter a oportunidade de aprender com os melhores.

As inscrições são GRATUITAS e iniciam no próximo sábado, 16/08, a partir dás 17h na quadra da Estado Maior da Restinga. As aulas serão realizadas na própria quadra aos sábados, 15h, e são direcionados a TODAS AS IDADES.