segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Atenção! Tem novidade na terrinha...


Por Anderson Silva

Já não é mais novidade pra comunidade carnavalesca as mudanças que ocorreram na festa do povo recentemente. Só o que parece não mudar é a corrida contra o relógio... Pois bem caros leitores, já estamos nos 60 dias finais que antecedem o grande espetáculo.

Sempre com foco num belo trabalho (e é claro no título) a tricolor, Estado Maior da Restinga, continua com seus ajustes e trás ao público a nova cartada do Cisne.

Foto do evento na última quinta-feira (19)
A novidade da casa é a ascensão da musa Lucy Hélinye Paz Barbosa, que irá abrilhantar a avenida ao lado do já consagrado passista Giovanni Gois, formando assim o primeiro casal de passistas do Estado Maior.

Quem acompanha as atividades da “Tinguerreira” sabe que já não é a primeira vez que a destaque baila no citado posto.

Na última quinta-feira (19), quem esteve no Ninho da Águia de Bambas da Orgia para o encontro com Estado Maior, pode acompanhar o talento de Lucy já inserida como passista do grupo show da entidade.

Lucy, 18 anos, iniciou sua trajetória carnavalesca ainda cedo. Apesar da sua pouca idade, já carrega em sua bagagem alguns títulos - foi estandarte  de ouro com a comissão de frente  em Santo Ângelo e estandarte de ouro como comissão de frente da escola de samba Barão de Itararé, Santa Maria. Em 2015, foi soberana  do Samba RGSUL (categoria juvenil) e ainda foi coroada como Rainha da Escola de Samba Barão de Itararé.

No início do ano passado foi eleita 2ª princesa do Concurso Musa Setor 1 e, para fechar o ano com chave de ouro, em dezembro, através de brilhante apresentação na cidade de Cruz Alta foi conduzida ao título de Princesa do Samba do Estado.

Nessa fase de muito samba no pé, Lucy se destacara na Ala de Mulatas Ninjas do Samba, coordenada pela lendária Janaína Maia.

Em conversa com a redação, Lucy deixa seus agradecimentos. Acompanhe: 

Gostaria de agradecer primeiramente ao presidente, toda sua diretoria e aos coordenadores por acreditarem no meu potencial em ocupar o posto de primeira passista... A toda comunidade Tinguerreira e ao passista Giovanni por me ajudar com sua vasta experiência. Chego com muita garra e determinação para somar a este belíssimo grupo, e assim conquistar o título do carnaval em 2017.

Colaboração: Leandro Amarante

Lembrando que...

A escola de samba Estado Maior da Restinga disputará campeonato inserida no Grupo Série Ouro da capital. A agremiação será a 4ª apresentação da noite de sábado (24 de março). Na passarela do samba, a tricolor trás a cachaça como seu tema, que segue intitulado: "Da Nossa Cana Doce Sai, a “Pinga” Minha Gente! E a Tinga Faz a Festa com Nosso Ouro Aguardente."

Jean Lucan retorna a direção da Bateria da Vila Mapa


Por Israel Ávila 


Não falta muito para o carnaval e algumas escolas ainda estão a contratar, é o caso da Unidos de Vila Mapa, que anuncia novo mestre de Bateria. Na Verdade, Jean Lucan não é novo na comunidade. Foi o diretor de bateria da escola no carnaval 2016. Após o desfile anunciou sua saída da escola e a bateria foi assumida por outro diretor, mas a entidade optou por confiar novamente a Jean a regência de seus ritmistas.

Apesar da pouca idade Jean traz um currículo invejável na bagagem. Iniciou como ritmista aos 5 anos junto do pai, Mestre Miguel. Já havia sido diretor de bateria da escola, além de auxiliar na Academia de Samba Puro na Conceição, onde reside. Em 2015 aceitou o desafiou de assumir a bateria da Escola de Samba da Glória tendo resultado satisfatório. Como ritmista passou por Império da Zona Norte, Bambas da Orgia, Fidalgos e Aristocratas, Acadêmicos da Orgia, entre outras escolas do interior do estado. No carnaval passa a bateria de Mestre Jean Foi troféu Setor 1 pelo grupo de acesso. 

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Brendon Teixeira assume a bateria do Copacabana

Por Israel Ávila 

Menos de 24 horas após o anuncio da saída de Junior Medina da bateria do Copacabana, a direção da escola encontrou em casa o substituto para a vaga, trata-se do agora Mestre Brendon Teixeira.

Brendon que é morador e liderança na comunidade, é neto do saudoso fundador, presidente e ícone da escola Mestre Chico e filho de Mestre Nenê mestre de bateria que fez história na sereia da Bom Jesus. O Novo mestre carrega em seu currículo passagens como ritmistas em diversas agremiações entre elas Estado Maior da Restinga, União da Vila do IAPI, Vila Isabel, Acadêmicos da Orgia e como Mestre Premiado na própria Copacabana onde conquistou em 2013  Estandarte de Ouro de Melhor Mestre de Bateria do Grupo de Acesso.

Atualmente Mestre Brendon estava sendo um dos Diretores de Bateria da Sereia da Bom Jesus. O Mestre declara que está muito emocionado e feliz por estar comandando a bateria da escola de sua comunidade.

“Me preparei muito ao longo dos anos para este momento de defender minha escola do coração e agora vou me dedicar ao máximo para atingir a nota máxima no quesito e claro com o apoio de minha comunidade, familiares e amigos e que venha o carnaval 2017” – diz o novo diretor.

Em breve a Bateria dos Bacanas estará anunciando a data de uma grande festa de lançamento do mestre, logotipo da bateria e batizado deste novo talento. A Bateria do Copacabana tem seus ensaios técnicos todas as quartas feiras a partir das 19:30 horas e ensaios show aos domingos.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Especial – 58º aniversário Imperadores do Samba


Por Leandro Amarante

Mais uma vez peço licença a todos aqueles que um dia já passaram por aqui como colunista onde, hoje, me atrevo a me por nessa condição para relatar algo que com muito orgulho e carinho guardo no meu coração e memória... Um amor antigo cheio de boas lembranças, que fazem o sangue pulsar nas veias como a cadência forte e marcante da Sinfônica, isso é o efeito Imperadores do Samba.


19 de janeiro de janeiro de 1959... a Rua Joaquim Nabuco, na boemia cidade baixa... 6 grandes personalidades com único propósito, preservar a cultura com muita garra e alegria, tudo ao seu modo. Nascia nesta data a Sociedade Recrativa Beneficente Imperadores do Samba.

Hoje, a escola do povo é referência no carnaval gaúcho. Extremamente premiada por todos os seus feitos, foi palco ao longo de toda sua história para grandes personalidades das festas de momo nos mais diversos segmentos. Passados tantos anos, noto que a escola ainda segue nessa missão, de manter enaltecido o samba e o carnaval formando cidadãos que respeitam o legado até agora construído. A passarela do samba é mais iluminada com os Leões da Padre Cacique...

Ontem tive a oportunidade de participar da festa em comemoração ao 58º aniversário da vermelho e branco. O resumo de toda essa “ópera” não poderia ser diferente: o mar esteve em fúria!

Um seleto grupo de entidades carnavalescas coloriu o palco da aniversariante da Padre Cacique, garantindo ao grande público presente a alegria arrasadora que se deve ter sempre quando o assunto é carnaval.

Diversas autoridades da festa e destaques das agremiações coirmãs estiveram presentes nesta comemoração.

Abrindo a seqüência promissora de shows da noite, o bloco Areal do Futuro, grande percussor no quesito carnaval de Porto Alegre, desempenhou uma bela apresentação nos embalos dos antigos carnavais com suas músicas sempre em alto astral, motivo pelo qual arrastam até hoje multidões quando passam na cidade baixa. Foi um ponta pé inicial em grande estilo!


Na continuidade dessa festa, a dona da Encruzilhada do Samba, escola de samba Realeza, ocupou o espaço de show para homenagear a anfitriã. No embalo dos seus antigos carnavais e da festa que homenageia Dandara dos Palmares, tema do carnaval 2017, a escola cantou e encantou a todos que atentos assistiam a apresentação da coroada.


A última convidada da noite carrega em seus pavilhões as mesmas cores da anfitriã. Em vermelho e branco, os herdeiros dos Ursos Polares de Embaixadores do Ritmo adentraram ao palco para participar da festa. O show da escola fora prejudicado. Segundo informações de Girozinho, o atraso do seu meio de transporte teria sido o principal motivo.


Em nada a festa foi comprometida! A harmonia musical do intérprete Cesinha embalou a todos presentes naquele passeio tradicional por grandes sambas de enredo da entidade, e nas homenagens já programadas, sendo este um dos pontos alto da apresentação.


MÁGOAS PASSADAS!

É do conhecimento de todos o desconforto que ficou entre Cesar Augusto e Simone após a separação do casal, que foi durante três anos nota máxima na Imperadores do Samba. Mas como diz o ditado: o tempo cura tudo! E no decorrer da festa de ontem, durante a apresentação do primeiro casal de Embaixadores (Simone Ribeiro e Gustavo Tiriri) o reencontro aconteceu! O público presente pode rever o casal bailar durante a troca de parceiros em momento da apresentação de Embaixadores. O resultado não poderia ser diferente. A comunidade, que muito vibrou nos ensaios e avenidas com o casal, novamente pode aplaudir, e com muita sonoridade, os protetores dos pavilhões. Hoje, o passado já não importa mais.


Ao se despedir da apresentação da noite, em forma de homenagem a harmonia musical de Embaixadores entoou ao som da bateria o saudoso “Parabéns pra você”, o que não teria problema se este não fosse a senha para um queima de fogos organizada pela aniversariante. Depois de alguns poucos minutos de incertezas não teve jeito! Os destaques de Imperadores invadiram o palco como um tsunami vermelho e branco. A partir daí a festa foi comandada pela escola do povo.

Enquanto preparavam o tradicional cerimonial com brinde de champagne, o presidente Rodrigo Costa fez questão de realizar seus agradecimentos a todos que de algum modo contribuem para que a escola continue sendo uma potência entre as escolas porto-alegrense. Talvez o momento mais marcante da noite tenha sido a homenagem do presidente ao Sr Eloí Martins, único fundador vivo da agremiação, que realizou discurso emocionado.

Viny Machado empunhou o microfone número 1 e comandou a festa com toda grandiosidade que merece a escola do povo. E do México a São Borja, do Perfume aos Mistérios da Vida, com passagens pela comunidade negra e Érico Veríssimo (e muitas mais), a comunidade eufórica acompanhou “o mar” até as 3 horas da manhã.

Uma noite para jamais esquecer! Obrigado Imperadores do Samba pela existência, luta e resistência! Como fiel torcedor digo que estou pronto para viver seus próximos 58 anos de glórias... Ficarei no meio do povo espiando, com o mar perdendo ou ganhando, mas sempre ansioso por mais um carnaval.


A seguir disponibilizamos o link de um vídeo produzido pelo setor de Comunicação & Marketing Imperadores do Samba. As fotos oficiais de todo o evento já encontram-se disponíveis na pagina Oficial da escola no Facebook.

Embaixadores: "O samba não pode parar!"


Por Israel Ávila 

Em visita na tarde ontem (quarta – 18) ao Complexo Cultural do Porto Seco, conversamos com o diretor de carnaval de Embaixadores do Ritmo, Gustavo Giró, que diz estar otimista com o carnaval 2017. Enquanto o poder público e a Liga seguem na captação de recursos para viabilizar o carnaval, a escola segue com os preparativos para levar a avenida os 100 anos de samba.

A bateria de Mestre Joubert preparava-se para mais um ensaio no barracão, enquanto Girozinho conta que o tema é de autoria de André Filosofia e Willian Tadeu, e que passeia pelo legado deixado pelo samba em seu centenário.

André Filosofia é enredista, compositor e blogueiro paulistano. Como enredista em 2017, será um dos autores dos enredos da Nação Guarani (Grupo Especial - Floripa) e A Nossa Turma (Grupo de Acesso A - Floripa). Já como compositor neste próximo Carnaval, será um dos autores dos sambas da Nação Guarani, Dascuia (Grupo Especial - Floripa), Colorado do Brás (Grupo de Acesso - SP), Barroca Zona Sul (Grupo de Acesso A - SP), Andaraí e Barreiros (Grupo de Acesso - Vitória) e Império do Sol (grupo de acesso - POA).  Além disso, também é o editor-chefe do site Na Avenida - Carnaval de Florianópolis.  

Willian Tadeu é enredista e compositor florianopolitano. Como enredista em 2017, assinará o enredo da Protegidos da Princesa (Grupo Especial - Floripa). Já como compositor, será um dos autores dos sambas 2017 da Protegidos da Princesa, Acadêmicos do Sul da Ilha (Grupo de acesso - Floripa), Império do Sol (POA) e Colorado do Brás (SP). Vale frisar que o mesmo é um dos autores de dois grandes sambas na história do Carnaval de Porto Alegre: Acadêmicos de Gravataí 2014 e Império da Zona Norte 2015. 

"O objetivo do enredo 2017 da Embaixadores do Ritmo é realizar uma linda homenagem aos 100 anos de existência do gênero musical mais popular do Brasil (O Samba).  Assim, o mesmo descreverá o nascimento desse gênero musical no Rio de Janeiro no início do século XX, bem como sua aparição na primeira escola de samba do Brasil - A Deixa Falar. O resultado final dessa homenagem será uma alusão aos principais menestréis que ao longo de 100 anos construíram uma das mais belas histórias que pairam no Firmamento! Salve Donga, Ismael Silva, Noel Rosa e outros mais!"  – diz André Filosofia


Um casal de peso!


O casal formado pela Embaixadores para o carnaval 2017 tem um mestre sala e uma porta bandeira de peso. Apesar de nunca terem bailado juntos, Gustavo Tiriri e Simone Ribeiro colecionam títulos e carnavais premiados por onde passaram. Segundo a porta bandeira, é um honra voltar a escola que iniciou e diz ter nas mãos e “nos pés” uma grande e agradável responsabilidade:

“Com a emoção do retorno a escola que marcou o inicio de minha jornada como 1º porta bandeira em conjunto com a felicidade e satisfação que está sendo fazer par com Gustavo Tiriri vem à consciência da responsabilidade que temos em nossas mãos, e porque não, em nossos pés. Por isso mantemos o profissionalismo e a saga em busca de notas boas para a escola, com ensaios três vezes por semana. A coreografia de avenida já está elaborada e sendo ensaiada e após um estressante final de ano no trabalho retomo agora o preparo físico e cuidados com alimentação. Temos a benéfice de poder opinar em nossa fantasia e pretendemos algo diferenciado, ainda em planejamento. Cada apresentação tem sido uma realização a parte, convivemos bastante há sete anos por conta do Padedê, isso facilitou muito o entrosamento e temos o mesmo amor por essa dança nobre, o mesmo comprometimento e respeito pelo trabalho de casal e um pelo outro. Daí, tudo fica mais fácil e prazeroso. Só posso dizer que estou muito feliz.” – exclama a porta bandeira Simone Ribeiro 

SAMBA ENREDO DA EMBAIXADORES DO RITMO - CARNAVAL 2017

Compositores: Vinicius Brito, Vinicius Maroni, Tom Astral, Saimon, Rafael Tubino, Thiago Sukatinha, Thiago Meiners, Shazam

Axé!
Acendi o candeeiro
Firmei ponto no terreiro
Me benzi no ritual 
Axé!
Hilária Batista de Almeida
Eu provei sua receita
E brinquei no seu quintal
Mamãe, parti pra rua, me proteja!
Que pelo telefone vou dizer
Cresci, ganhei o mundo, se envaideça
Teu "fio" tá cantando pra "suncê"

Ai, ai, ai...
Tô gravado para sempre, ô iáiá!
E pelo rádio minha voz vai ecoar
Ai, ai, ai...
Lá no morro sou mais eu!
Riscando o chão de pé descalço, fé em Deus

Desci a ladeira, levantei poeira!
Calcei meu verniz, cheguei na gafieira
Bem alinhado, na estica, dei o tom
No improviso fiz um solo de pistom
Cantei meu breque, malandreado
Formei a roda, sou sincopado
O povo vibra quando firmo o refrão!
Na palma da mão, na palma da mão...
O povo vibra quando firmo o refrão!
Na palma da mão, na palma da mão, na palma da mão!
E lá vou eu, feliz da vida!
Pelos salões e avenidas
Fantasiando o povo pra brincar
Quem não gostou, Deixa Falar!

Eu sou o sangue correndo nas veias do povo
Se agonizo, levanto e volto de novo
Embaixador do meu país, identidade
Eu sou o samba, brasileiro de verdade


Unidos do Guajuviras apresenta nova passista

Foto: Anderson Silva/ Setor 1
Por Anderson Silva

Faltando pouco mais de dois meses para o carnaval, e com as mudanças de datas, a escola de samba Unidos do Guajuviras continua reforçando seu seleto time em busca do título do carnaval 2017 dentro de sua categoria.

O posto a ser ocupado é o de primeira passista. Marilei Martins, mais conhecida como Mary TDB, irá abrilhantar a avenida ao lado do já consagrado passista Sílvio.

Mary, 41 anos, começou sua trajetória na própria Unidos do Guajuviras como primeira princesa. Ainda na entidade, foi rainha, integrou a ala de mulatas e foi destaque de chão. A convite do saudoso Rei Dudu, começou a fazer parte da famosa ala de mulatas nota 10, onde pode apresentar seu gingado desfilando por Imperatriz Dona Leopoldina e União da Vila do IAPI. Marquinhos Leal foi o responsável por apresentar a musa aos leões da Sertório. Ela integrou o Grupo Show de Império da Zona Norte onde permaneceu por seis anos – quatro desses como segunda passista e dois como primeira passista.

No ano de 2015, desfilou como primeira passista pela Escola de Samba Imperatriz Leopoldense, de São Leopoldo. No carnaval passado, retornou as origens, desfilando como Musa da Harmonia da Unidos do Guajuviras.

Confira abaixo as palavras de agradecimento:

“Gostaria de agradecer primeiramente ao presidente Marcio e ao vice Rubens pelo convite, e toda sua diretoria; e claro a comunidade que me recebeu de braços abertos. Chego para somar a este belíssimo grupo show, e juntos irmos em busca do título. É com muito carinho que agradeço esse convite, para voltar a sambar pela escola que a um tempo atrás me viu dar os primeiros passos no carnaval. E hoje podendo retornar como primeira passista é muito gratificante para mim. Este ano mais do que nunca o nosso desafio será muito maior. Com muita garra, determinação, confiança e perseverança, conseguiremos fazer um belo carnaval e buscarmos nosso título. Minha entrega e empenho serão totais nesta caminhada.”

Lembrando que, estamos a 63 dias do início das apresentações oficiais em Porto Alegre. A escola de samba Unidos do Guajuviras é a agremiação que encerra as apresentações do Grupo Série Bronze na primeira noite de desfiles no Complexo Cultural do Porto Seco, dia 23 de Março. Seu tema enredo segue intitulado: “É festa, encantos e poesia. Salve São Salvador, terra da Magia”

Colaboração: Leandro Amarante

Mestre Jr. Medina deixa a Copacabana


Por Israel Ávila 


Após realizar grande festa que lotou a quadra da Escola Copacabana, o diretor de bateria Junior Medina anuncia seu desligamento da escola. O motivo seria um desconforto entre ele e um membro da diretoria executiva da escola durante o evento, por este motivo e prevendo não haver como seguir o trabalho, o mestre dos bacanas resolveu retirar-se da entidade. 

“Fiz uma festa tirando dinheiro até do próprio bolso para tentar manter a bateria, em respeito aos ritmistas que estão sempre junto comigo. Saiu da minha escola com o coração partido... lembro quando cheio e a escola mal tinha instrumentos, lamento ter que deixar a entidade..." - diz o diretor de bateria 

Junior Medina apesar de novo tem passagens como ritmista e auxiliar de bateria em diversas escolas, como: União da Vila do IAPI, Imperatriz Dona Leopoldina, Império da Zona Norte, Real Academia, Estação Primeira de Figueira, Unidos de Vila Isabel entre tantas outras pelo interior. 

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Acadêmicos da Orgia lança logotipo para 2017


Por Leandro Amarante

Em vista das últimas certezas que rondam a festa popular na capital Porto Alegre, as escolas de samba recomeçam seus trabalhos a todo vapor, para garantir que em 2017 o carnaval da superação seja o maior dos espetáculos.

A verde e branco da Ipiranga divulgou através das redes sociais o logotipo que ilustra seu tema enredo para o carnaval que já se aproxima.

O tema retratará uma das grandes fases da vida de todo ser humano, uma época onde a maior preocupação é brincar e ser feliz – a infância.

O tema segue intitulado “Brinquedos e Brincadeiras No Meu Carnaval”. A autoria do tema não foi divulgada.


Vamos atualizar! Estamos a 64 dias da festa do povo. ⌛⏰

Dadas as últimas mudanças no carnaval de Porto Alegre, a escola de samba Acadêmicos da Orgia, integrante do Grupo Série Bronze, realizará seu desfile na passarela do samba no dia 23 de Março (quinta-feira). A ordem dos desfiles segue a mesma, e a entidade será a 7ª escola a se apresentar.

Bráulio Pontes - "Fomos mal interpretados"


Por Israel Avila 

Recentemente a comunidade carnavalesca, em especial os torcedores e integrantes de Bambas da Orgia estiveram com os ânimos acirrados devido a uma possível troca de tema. Até o presente momento, oficialmente, não havia nenhuma manifestação por parte da escola. Hoje pela manhã o Setor 1 falou com o diretor de carnaval da entidade, Bráulio Pontes, que explica o que de fato aconteceu. Veja trecho das falas de Bráulio em conversa via telefonema:

Como iniciou...

“O que aconteceu é que temos um tema grandioso (Num piscar de olhos tudo pode acontecer!) com um carnavalesco que já estava viajando em um carnaval de grandes proporções que não poderia passar em um simples desfile sem carros alegóricos, como poderia ser caso não houvesse competição. Deixamos bem claro que só utilizaríamos outro SAMBA caso não houvesse a disputa entre as escolas...”
Festa de Batuque...

“Com a ideia de preservar este tema e também o samba para 2018 em caso de não haver competição teríamos que buscar algo tão grandioso como Bambas da Orgia merece para passar na avenida, mesmo que não houvesse a disputa o Bambas não iria passar de qualquer jeito. Como “Festa de Batuque” tem um apelo grande de toda a comunidade, chegamos a ideia de usar ele, não como tapa furo, mas como oportunidade de até fazer uma homenagem a este tão importante enredo da escola...”
A Repercussão...

“O presidente Cleomar está sendo criticado, mas a ideia não partiu dele e sim do departamento de carnaval, ele apenas a aceitou como forma de bem resolver aquela situação... eu, Silvio (carnavalesco), e os demais membros que expusemos  esta possibilidade. A repercussão na internet foi algo de se esperar, mas falta interpretação de texto por parte das pessoas. Fomos mal interpretados de uma coisa simples: Terá competição, tema original, não terá: utilizaremos o tema em outro carnaval....”
Segue o baile...

“Com a competição acordada (no Domingo antes da escola da rainha entre os presidentes), já estamos trabalhando. O barracão começou a se movimentar e estamos em constantes reuniões para fazer um carnaval como o Bambas merece. Já temos fantasias em fase avançada em atelieres e material pra confecção das alas. Se há uma competição o Bambas está nela, e na luta pra vencer... como sempre!” 

Cancelada mostra de sambas de enredo do Grupo de Acesso

Evento seria realizado na quadra da Acadêmicos da Orgia - Foto Niveo Christiano

Por Israel Ávila 


A mostra de sambas enredo do Grupo de Acesso, intitulado Série Bronze, que estava marcada para o próximo sábado (21) na quadra Acadêmicos da Orgia foi cancelada. O motivo seria a falta de recursos para a viabilização do evento, uma vez que até o presente momento nenhuma escola do carnaval de Porto Alegre recebeu recursos, e a UECGAPA, entidade que responde pelo grupo, está junto a LIESPA na busca de recursos da iniciativa privada para viabilizar a realização do carnaval, já confirmado para os dias 23, 24 e 25 de Março.

A decisão de cancelar o evento foi tomada em assembleia em reunião com os presidentes do grupo. Das oito escolas pertencentes à Série Bronze mais as duas tribos, 06 votaram por cancelar o evento e apenas 02 por manter (Unidos do Guajuviras e Fidalgos e Aristocratas), além de dois presidentes que não estavam presentes na reunião de votação. Não há informações de que o evento será transferido para uma nova data.

Dificuldades...

Não é de hoje que as escolas de samba do grupo de acesso e as duas tribos carnavalescas lutam com dificuldades para manter-se com as portas abertas. Com a indefinição do cachê para o desfile de 2017, a situação ficou ainda pior, uma vez que as escolas não sabem com o que contar para os custeios de seu carnaval. De certo, apenas o material que cada uma recebeu do projeto que integra a Cadeira Produtiva do carnaval e a receita das quadra, outro fator que é incerto.

Das oito escolas pertencentes ao grupo, apenas Mocidade Independente da Lomba do Pinheiro, Fidalgos e Aristocratas e Unidos do Guajuviras realizam ensaios semanais e eventos de pré-carnaval.

Mocidade vem realizando eventos e ensaios semanais, assim como Fidalgos e Guajuviras 

No formato encontrado para que haja carnaval na capital, as escolas de samba da Série Bronze desfilam na quinta feira, 23 de Março, no Complexo Cultural do Porto Seco. A campeã delas deve subir a Série Prata e a oitava colocada, neste ano, permanecerá no grupo. Veja as escolas que integram o grupo:

SÉRIE BRONZE (Antigo Grupo de Acesso)

1 - Escola de Samba da Glória 
2 - Protegidos da Princesa Isabel
3 - Filhos da Candinha
4 - Mocidade Lomba do Pinheiro
5 - Fidalgos e Aristocratas
6 - União da Tinga
7 - Acadêmicos da Orgia
8 - Unidos do Guajuviras

Dia de comemorar 58 anos da escola do povo!


Por Israel Ávila 
Informações - Dep Marketing Imperadores do Samba 


A Imperadores do Samba completa 58 anos de história neste dia 19 de janeiro. Uma grande festa vai ser feita na quadra da escola (Avenida Padre Cacique, 1567).

Grupo show, destaques, bateria e harmonia da vermelho e branco prometem agitar a noite. Fogos de artifício e o tradicional “bolo da família Imperadores” completam o evento. A festa será realizada nesta quarta-feira (18), a partir das 20h, mas à meia-noite, fogos de artifícios marcam a comemoração de mais um ano de existência da escola. Escolas coirmãs estarão presentes.

Este ano, a “Escola do Povo” vai levar para a avenida a trajetória da pintora mexicana Frida Kahlo. Suas telas coloridas, vida familiar, cultura, entre outros pontos da carreira de Frida serão exibidos em alas e alegorias da escola. O enredo é : “Sou Resistência e não me Kahlo: Frida: Sou México em Flores, Cores e Amores: Diva entre Imperadores”.

O desfile oficial da Imperadores está marcado para o dia 25 de março. A escola será a quinta agremiação a se apresentar no Complexo do Porto Seco, o “sambódromo” de Porto Alegre.

História da escola

E foi dado início a um grande espetáculo!. Quando naquela noite de 19 de janeiro, seis guris fundaram o Grupo Carnavalesco Imperadores do Samba, não imaginavam que estavam criando um império de paixão.
No ano de 1959, o grupo já estava em ação em seu primeiro carnaval. Era Carlos Alberto Medeiros – o Bolão – trazendo o estandarte com garbo e maestria, do remelexo Francisco Peixoto – o Sem Espinha – apresentando com muita habilidade suas acrobacias e os requebros de Lúcio Machado, João Ananias com a voz infantil ainda, mas segurando bonito os sambas compostos especialmente para a  Imperadores pelo Antônio Ananias. Mal sabiam eles da grandiosidade que estavam criando, a partir de uma simples brincadeira de meninos. Este era o primeiro de uma série de destaques, da longa existência da escola.

Desfile da Imperadores em 1979 - Foto Adolfo - Agência RBS

O nome de seis fundadores: Abrelino Amorim Borges (Baiano), Alencar Frederico Homero (Neco), Antônio Natalício Gonçalves Ananias (Banana), Eloi Florence Martins (Eloí), Luiz Carlos Amorim Borges (Amorim) e Osvaldo Felipe dos Santos (Vadinho). Todos moravam próximos a rua Joaquim Nabuco, localizada no bairro Cidade Baixa.

A ideia de brincar no carnaval agrega estes rapazes, que chegam a criar seus próprios instrumentos movidos pela imensa vontade de sair no carnaval. Ao grupo inicial foram sendo convidados outros amigos e o grupo atinge o número de 23 componentes para este primeiro desfile. Vestem uma estilização de malandro: camisa branca e calças pretas. Movidos pela alegria participam em diversos coretos da cidade ganhando muitos troféus Presença e Simpatia.

Em 1961 somos batizados pelo Trevo de Ouro, grupo carnavalesco de grande expressão na época, que acabou desaparecendo. Nos anos iniciais era possível fazer ensaios na casa de um ou de outro, mas com o tempo o grupo cresce e passamos a ensaiar em diferentes locais: na Joaquim Nabuco, em vários terrenos, na Travessa Pesqueira, na Múcio Teixeira, na casa da Tia Janda, ex-quadra do Grupo Carnavalesco Nós no Comando, várias ocasiões na Marcílio dias, na casa da Dona Doca, na Rua Arlindo, no campo do Israelita, na Avenida Carlos Barbosa, na Érico Veríssimo e atualmente na Avenida Padre Cacique.

Foto Luis Armando Vaz

Diretoria

Presidente: Rodrigo Costa
Vice-Presidente: Paulo Pires
Secretárias: Ana e Jurema
Diretor de carnaval: Érico Leoti
Figurinista: Luciano Maia
Mestre da bateria: Júnior Aruanda
Madrinha de bateria: Raquel Nunes
Rainha de bateria: Fernanda Aguilhera
1° casal de Mestre Sala e Porta Bandeira: César Augusto (Céeh) e Nathilelly
1ª Porta Estandarte: Elisandra Farias
1° casal de passistas: Andrézinho e Viviane
Corte Carnaval da Imperadores: Rei Momo (Daniano), Rainha (Alexia) e Musa (Íris)

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Especial - Concurso Rainha do Carnaval 2017, noite inesquecível


Por Leandro Amarante

Ontem (15), no Complexo Cultural do Porto Seco, aconteceu o concurso que elegeu o novo trio de beldades que irá representar a festa do povo no ano de 2017.

A edição ocorreu este ano no barracão da LIESPA, órgão responsável pela condução e desenvolvimento de todo o evento.

O concurso contou com a participação em massa de grande público amante da arte, que antes do início dos eventos principais já lotava a sede da Liga. O público ainda pode matar a saudade e energia das antigas competições que ocorriam no Ginásio Tesourinha com aquele carinho e vibração das nobres torcidas que coloriram a noite de Domingo e início de segunda-feira.

Os responsáveis pela comunicação do evento Odir Ferreira (voz oficial do carnaval de Porto Alegre) e Evandro Hazzy (Diretor Artístico do evento) conduziram um momento que foi épico para o carnaval da cidade, logo após apresentação inicial das candidatas. Após grande show dos destaques convidados, o palco, ainda abrilhantado com as personalidades do carnaval de Porto Alegre, ganhou ainda mais potência com belo texto proferido pelo diretor artístico e, na sequência, pela voz master da diva gaúcha Cláudia Quadros que ecoou a canção Não Deixe o Samba Morrer arrebatando ao final uma grande salva de palmas.

O concurso em si contou com alguns momentos passarela específicos: samba no pé com convidados das escolas, desfile coletivo em trajes de banho, desfile individual com trajes de banho, entrevista com os jurados em trajes sociais e o samba no pé caracterizadas com fantasia. Para as apresentações de samba no pé a convidada fora a Velha Guarda da Bateria de Bambas da Orgia, que conduzidos brilhantemente por Mestre Nilton realizam seu já tradicional impecável show.

A Liga definiu que, na edição 2017 a votação do júri seria ainda mais transparente. Para tal, cada um dos 12 jurados apresentou suas três preferências dentro da ordem de coroação. Após minutos de ansiedade, já nas primeiras horas desta segunda-feira (16), a corte 2017 estava formada:

Rainha – Raquel Sampaio; representante da Tribo Carnavalesca Os Guaianazes
1ª Pricesa – Tayná Viera; representante de Acadêmicos de Gravataí
2ª Princesa – Ilana Xavier; representante da Estado Maior da Restinga 

Mauricio Melo foi reconduzido ao posto de rei momo do carnaval de Porto Alegre

As premiações não pararam por aí! Maiane Alves (representante da escola de samba Império da Zona Norte) foi a agraciada com o voto popular, que foi organizado pelo setor de comunicação LIESPA.

As torcidas mais animadas e cumpridoras das regras foram escolhidas por representantes dos órgãos de comunicação que, atentos a movimentação durante todo o evento agraciaram as torcidas de Imperadores do Samba e da Tribo Carnavalesca Os Guaianazes.

Arquivo de dispositivo móvel. Leandro Amarante/Setor 1

A seguir disponibilizamos a leitura realiza na abertura oficial do evento e o link para acesso desta apresentação completa.

Quanto riso, ó quanta alegria...??

Carnaval, festa de sonhos e fantasias, sonhos que vão com os foliões e fantasias que estão na cabeça e no corpo, enfeitando o desejo de ser feliz.
No balancê de cada roda, se encontra a alegria e empolgação que unida ao desejo de ser feliz, realiza a satisfação do carnavalesco na avenida.
Como diz a letra da velha canção, "mais de mil palhaços no salão", palhaços do riso, do choro, da alegria exagerada e muitas vezes vítimas de suas próprias palhaçadas.
Não tem como conter a alegria de foliões exaltados, se na avenida estão todos seus sonhos e desejos, sentimento de liberdade, com sabor de amor e amizade.
Carnaval é assim Felicidade acima dos níveis de cuidados, sem parâmetros para a alegria, carnaval vale tudo, só não vale tristeza , folião bom é folião apaixonado.
Na virtude do carnaval se encontram os poetas das passarelas que embalam a festa fazendo seus enredos e lavando o carnaval ao nível das grandes obras culturais , Carnaval é Cultura sim, uma obra divina de artistas anônimos e únicos ...
Quem sabe, é o que deixa a melhor impressão do carnaval, seja no talento de artistas muito bem inspirados pela alegria, ao fazer sua vida dar uma volta sem arrependimentos ...
Carnaval é isso, é uma bateria com milhares de participantes á sincronizar um rítmo que embala desde os simples foliões  aos mais sérios e elegantes.
Um trabalho de mestres que sem temer o resultado final confia na sua equipe e faz do seu trabalho uma bela resposta aos ouvidos mais afinados dos contras.
Dentro da festa não existem somente um rei uma rainha, todos reinam em uma adversidade sem fim, sem preconceitos de raça , cor , sexo ou sabores; como fazendo um pacto para a felicidade não escapar ao som do tamborim.
Realmente a felicidade reina nesse lugar, pois o mais problemático dos homens em plena passarela da alegria se vê transformado em senhor da euforia, que domina seus sonhos como uma fantasia real, mesmo sendo a realidade desleal.
Carnaval é isso, meninas ainda criança num sonho de gente grande, senhoras balzaquianas num sonho de adolescente, e assim a alegria toma conta do coração, levando consigo todo uma perspectiva de no final sair feliz, completa e plenamente.
Uma festa que é sinônimo de alegria, sobre tudo o carnaval joga pra longe o entristecer que a rotina do dia-dia os coloca, aqui no nosso Carnaval Cultura não há tristeza.
Carnaval é assim, toda grandeza de uma esplêndida apresentação, muito brilho, muita animação, mas na quarta feira, retorna o inferno e a queimar se vê toda a alegria com a chegada da realidade num imenso caldeirão, devolvendo a rotina da vida ao coração., mas fica o desejo do dever cumprido , fui o Pierrot e a Colombina do Brasil , que trabalha , luta por um mundo melhor , sem rótulos, pessoas que sonham os 365 dias do ano nesta festa que enaltece nossas tristezas , somos felizes no carnaval e por isso fica uma súplica : O SAMBA NÃO PODE MORRER JAMAIS , Este é o nosso CARNAVAL !!!

Homenagem realizada por Evandro Hazzy


O samba venceu! Saiba tudo sobre a realização do carnaval 2017 em Porto Alegre


Por Israel Ávila 


Está confirmada a realização dos desfiles de carnaval em 2017. A festa de momo da capital gaúcha deve ocorrer nos dias 23,24 e 25 de Março no Complexo Cultural do Porto Seco. A mudança de data dá-se para que a Liga tenha mais tempo para captação de recursos junto a iniciativa privada e as escolas mais tempo para se prepararem, o anuncio oficial deste desfecho foi dado ontem pelo presidente Juarez Gutierres de Souza ao vivo, em entrevista ao jornalista Cláudio Brito, no programa Gaúcha no Carnaval, na Rádio Gaúcha. 

Oficialização foi dada ontem durante o programa Gaúcha no Carnaval. 
A mudança da data foi uma decisão tomada em conjunto entre a Liespa, a UECGAPA e Secretaria Municipal da Cultura. Originalmente, os desfiles estavam marcados para os dias 10, 11 e 18 de março. A Liespa e a UECGAPA decidirão nos próximos dias que não haverá rebaixamento. As campeãs das séries Bronze e Prata terão acesso às séries Prata e Ouro, respectivamente.

O desfile do Grupo Bronze deve ocorrer na quinta, o grupo prata na sexta e o desfile da série Ouro, o nosso Grupo Especial, no sábado. A apuração do resultado do carnaval deve se dar no Domingo, dia 26 de Março.

Os presidentes das entidades carnavalescas devem se reunir nos próximos dias para saber se o regulamento segue o mesmo, ou terá alterações conforme o que for acordado entre eles para facilitar o desfile das escolas, viabilizando assim que todas estejam aptas a concorrer, uma vez que a disputa também está confirmada. 

Para cortar custos, o projeto original da pista foi totalmente reformulado pela Liespa. Será menor e com menos iluminação. O sistema de som deverá contar com um caminhão e não mais dois, como acontecia nos últimos anos. A previsão é de que a redução da estrutura garanta uma economia de, pelo menos, R$ 2 milhões. 

Por conta da necessidade de diminuir a despesa com a estrutura, não haverá noite das Campeãs. A festa das vencedoras deve acontecer no evento a ser realizado na noite do dia 26 de março no Araújo Vianna, alusivo ao aniversário de Porto Alegre.

domingo, 15 de janeiro de 2017

AO VIVO – Concurso Rainha do Carnaval 2017


O Setor 1 já está a postos na sede da LIESPA, no Complexo Cultural do Porto Seco, onde dentro de alguns instantes inicia o evento que irá eleger as soberanas da nossa festa popular.

Sempre parceiro de todos os foliões que não puderam vir ao Complexo Cultural, o Setor 1 realizará sua tradicional transmissão de alta qualidade com fotos, vídeos, transmissão minuto a minuto, e links AO VIVO.

Para ter acesso a nossa transmissão, basta acessar a nossa FanPage no Facebook (Estaremos disponibilizando o link para acesso rápido a seguir)


Foram quase de 30 dias em que Evandro Hazzy – Diretor artístico do concurso, conduziu os trabalhos com as 16 beldades do nosso carnaval que disputam o tão sonhado título de soberana do carnaval 2017.

De lá para cá muitas foram às atividades que cercaram essa preparação em busca do novo e do aperfeiçoamento... Muitas foram as idas até a sede da Liga, que na próxima noite transforma-se em palco da felicidade e da alegria. 

Foram intensas horas de passarela, muitos riscados no tablado com belo samba do pé. Confraternizações fizeram este momento disputa esquecido por um instante para desfrutar de uma irmandade que se iniciou ainda nas inscrições. O estudo e a formação, também fizeram parte desta que é a edição mais equilibrada dos últimos anos, segundo informações da organização. A palavra de ordem por aqui sempre foi o FOCO.

Dentro de alguns instantes o desfile das beldades será iniciado, e contamos com a presença de todos vocês aqui no palco da Cultura Popular.

Setor 1, É Cultura Popular no Espaço Certo!

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Império do Sol retoma atividade social de formação


Por Leandro Amarante

Aos poucos aquela flor quase sem vida (chamada carnaval leopoldense), com pétalas por cair, está sendo regada novamente e vai recebendo aquele trato mais atencioso... Um simples ato esperançoso de revê-la linda e imponente novamente.

Na noite de ontem, esse veículo de comunicação participou de uma tratativa entre o poder público e os carnavalescos da cidade de São Leopoldo, onde as boas notícias foram o grande sopro de esperança para o município – o retorno das atividades carnavalescas, que um dia já foi reconhecida como 3ª maior manifestação do estado.

Sempre imbuídos na missão de “não deixar o samba morrer”, a atual campeã do extinto Grupão na capital, Império do Sol, com sede em São Leopoldo, apresentou nessa reunião o retorno de uma grande atividade social que existe no município desde o ano de 2001.

A iniciativa parte dos mestres-sala Ramão Carvalho, que foi por 16 anos o mestre sala da escola, e de Raphael Rosa, atual mestre sala de Império do Sol. O projeto surge de contramão a todas as dificuldades e ameaças em que se encontram as manifestações carnavalescas.


Esta oficina já é tradicional na Escola e existe há um bom tempo, e de lá formaram-se diversos destaques da própria escola e do carnaval gaúcho.

“... este espaço das aulas de dança na realidade é uma retomada das oficinas que há muito tempo existem na escola... que beneficiava à todos os destaques da escola, inclusive eu, como forma de aprendizado e de manutenção corporal... a Oficina iniciou em 1998, retomou em 2001 e foi até 2010 comigo, depois o Raphael realizou por mais algum tempo...”

“As dificuldades são imensas, tamanho é a preocupação do presidente Miro com a situação do carnaval como um todo, mas não podemos desanimar, é um momento difícil que estamos vivendo, uma crise nacional, e quem leva a pior? ...o povo da periferia, ‘o nosso samba pé no chão’, que está agonizando... então a ideia é de criar novas alternativas, é o momento de ser criativo, de resgatar e de sobreviver, numa forma de resistir, de dizer que estamos firmes no propósito de manter hasteada, majestosa e altaneira a bandeira do samba...”, conta ao site o idealizador Ramão Carvalho.

Não ocorrerão aulas apenas para o segmento Mestre sala e porta bandeira (área de atuação dos incentivadores), mas de várias danças do nosso carnaval – porta estandarte, passistas e samba no pé. A outra novidade nessa releitura é a participação do 1º casal de passistas da Majestosa, David de Souza e Isabel Milano, que possui formação em dança.

O projeto será aberto a todos (as), sem restrição de idade, quem quiser chegar e participar, será sempre bem vindo (a).

As aulas e oficinas vão ocorrer aos domingos, das 15 às 16 horas inicialmente na sede da Majestosa (Rua São Domingos, 427 no Bairro São Miguel em São Leopoldo). As meninas deverão ir de saia (se tiver talabarte, melhor). Não há restrição de sapatos e vestimentas, pois serão aulas iniciais.

 Em tempos onde só se fala em desistir e retroceder, o Império avança por mais cultura! É o sopro de esperança na avenida...

Fotos: acervo pessoal/Ramão Carvalho

Treino é treino, jogo é jogo!

Por Israel Ávila 

Com a indefinição referente ao carnaval deste ano em Porto Alegre, e com a única certeza de que haverá algum tipo de desfile, as escolas de samba do Grupo Especial da capital iniciam manobras para viabilizar seus desfiles com pouco tempo e pouco recurso em caso de haver ou não competição entre as escolas de samba, assunto que divide em massa a opinião dos carnavalescos.

A primeira escola a tomar medidas quanto a isso foi Bambas da Orgia. A maior campeã de carnavais da capital anunciou em seu ensaio de ontem a noite que não levará mais para avenida o tema “Num Piscar de Olhos Tudo pode acontecer”, e que reeditará o épico “Festa de Batuque”, que deu a escola o 2ª lugar no carnaval de 1995, mas que teve a maior aceitação de todos os enredos da escola até hoje.


Segundo o presidente Cleomar Rosa, a medida foi tomada para preservar o grandioso carnaval que seria realizado com o primeiro enredo, mas que não poderia ser executado com tanta incerteza e pouco tempo da festa de momo.

A medida deixa clara a opinião da direção da Azul e Branco de que, por eles, não exista competição entre as escolas de samba em 2017.

Nas redes...

A decisão tomada por Bambas da Orgia foi tida como surpresa nas redes sociais e dividiu opiniões. De um lado aqueles que estão felizes por ter de volta um enredo que tanto emocionou a nação bambista, do outro os que dizem que a atitude foi precipitada por parte da escola, e que a troca de tema seria o prenuncio de “desistência” de ter Bambas da Orgia como campeã de uma possível disputa.

A decisão da azul e branco da Voluntários da Pátria não aflorou apenas os ânimos dos torcedores e simpatizantes do carnaval. Algumas entidades também se manifestaram de imediato quanto ao ocorrido, a União da Vila do IAPI foi uma delas, e emitiu uma nota deixando claro que só desfila se houver competição:

 
A A.R.C União da Vila do IAPI, através de sua direção Executiva e seu departamento de carnaval vem a público comunicar, Nossa entidade que tem 37 anos de desfile no carnaval competitivo de Porto Alegre. Só faremos parte dos desfiles de 2017 em Porto Alegre, com o cumprimento do Regulamento aprovado em assembleias na Liga durante o ano de 2017.carnaval COMPETITIVO.
Atenciosamente 
Jorge Sodré


A decisão da União da Vila do IAPI que até hoje “beliscou” alguns campeonatos, mas nunca chegou a ser campeã se dá, pois o barracão da escola é, sem sombra de dúvidas, o mais adiantado dentro os outros. O tema em homenagem ao empresário Eduardo Natalício deu “um gás” ao trem da alegria, que por tanto, quer sim desfilar com a escola completa e como dizem: “com o regulamento de baixo do braço!”.

Segundo o presidente da Vila, Jorge Sodré, foi acordado dentre os presidentes em reunião extraordinária em primeiro lugar que não se manifestariam antes de um comunicado oficial, mas já que Bambas da Orgia tomou esta decisão, A Vila se acha no direito de tornar público o que ficou acordado referente a competição entre os todos os presidentes do Grupo Especial e os dirigentes da UECEGAPA: todos concordaram que as escolas só desfilariam se houvesse competição. 

Os demais presidentes, dirigentes e a Liga das entidades carnavalescas dizem que o momento é de cautela e que não irão se manifestar antes de uma decisão oficial tomada pelo conjunto de dirigentes que constroem e dirigem o carnaval. Uma nota deve ser emitida nas próximas horas informando como e de que formato deverá ser o carnaval de Porto Alegre em 2017.