terça-feira, 23 de agosto de 2016

Que presidente sua escola de samba têm?


Por Israel Ávila


Ao longo de todo o processo de evolução do país mais e mais ouvimos falar casos de corrupção. Presidentes, deputados, senadores, vereadores, assessores... todos sedentos por ganhar dinheiro fácil, sem precisar trabalhar muito, e o que é pior... dinheiro público, do povo.

Esta é uma realidade não generalizada, uma vez que temos políticos corretos, embora estejam ficando cada vez mais raros.

São muitos os casos de corrupção envolvendo o carnaval de todo o país. Alguns levados a grande mídia e outros mantidos silenciosamente em segredo, tendo como testemunha apenas os barracões de escolas de samba, e as quadras de ensaio. Muito do dinheiro que deveria ser investido na cultura popular: fantasias, alegorias e melhorias nas quadras, são investidos de forma incorreta e para o uso particular.

Tem ainda os que gostam de brincar de Deus: que afugentam a comunidade com casos de mudanças repentinas em seu grupo de trabalho que vão contra a opinião da comunidade. A falta de valorização dos apaixonados pela entidade e, muitas vezes, atitudes incoerentes que põem em risco a tradição e o prestígio de uma escola de samba. Não, há culpa de tudo não é do presidente, mas é dele a responsabilidade de cercar-se de pessoas que não lhe deixem com “a culpa de nada”! 

No Rio de Janeiro, por exemplo, muitas das escolas tem presidentes “laranjas”, como são chamas aos que emprestam apenas o nome para que outros administrem a “empresa escola de samba”. Aqui mesmo na região já tivemos de algumas escolas que usufruíram desta prática, usando a assinatura de um, com os “mandamentos” de outro.

Outro fato que entristece são escolas que lutam apenas para se manter no grupo em que estão. Isso porque dirigentes preferem manter-se em uma colocação não tão boa, mas ter algo para usufruir no final, até por que, para ganhar carnaval é preciso investir... e para investir é preciso gastar o dinheiro! Sabe-se também que algumas entidades do carnaval ainda não apresentaram a prestação de conta do carnaval 2016, e por isso, põem em risco a realização do trabalho em 2017.

Conheço presidentes de escolas do interior que chamam destaques da capital para seus desfiles e os deixam sem ter como voltar para suas cidades. Ritmistas que tem de fazer “vaquinha” para pagar o ônibus contratado pelo presidente daquela cidade, escolas de Porto Alegre que perdem material, instrumentos querendo ajudar as do interior que acabam não devolvendo ou pagando este material, mestre sala e porta bandeira que desfilam somente em respeito as comunidades e intérpretes que cantam apenas com o intuito de alegrar o publico, que geralmente, nada tem a ver com a má administração de suas agremiações. Tudo isso reflexo de uma má gestão.

No carnaval de Porto Alegre, assim como no interior, temos escolas fantasmas, que não ensaiam, não fomentam eventos para geração de renda, mas quando chega o carnaval estão lá: para além de reproduzir alegria, para as arquibancadas nem sempre lotadas, garantir o seu tão esperado cachê! 

No geral quem fala sobre dívidas é censurado e congelado na geladeira do carnaval. Afinal, ninguém quer ou gosta de contratar alguém que fale as verdades que doem no ouvido dos maus pagadores. Já que como diz o ditado, uma maçã pode estragar todo o resto, e assim, mais gente se por a falar e cobrar.

Tem ainda presidente do interior que não oportuniza espaço para as pessoas de suas cidades ou comunidades e querem levar destaques e intérpretes de nome, para impressionar o júri: o resultado é que além de não dar valor aos que são seus, não pagam os de fora. Claro que este texto não quer generalizar a “classe presidente”, uma vez que não é a maioria que usa destas praticas.

Temos sim dirigentes capacitados e que dão a vida e até do bolso pela própria escola. Que usam as práticas legais para obter um resultado justo e coerente com as condições de sua agremiação. Que respeitam os destaques como seres humanos, e não os tratam como mercadoria.

Faça você uma reflexão: A única forma de exterminar a corrupção do país é votando corretamente. Não esqueça que nossos políticos é você quem escolhe. Faça isso também na sua escola de samba do coração. Associe-se, tenha direito ao voto, COBRE ELEIÇÕES REGULARES, e a escolher o seu dirigente... Pare um pouco o que está fazendo e faça uma avaliação silenciosa dos últimos 10 carnavais de sua escola e responda, também silenciosamente, que presidente você tem? 

"Minha história, meu orgulho" - Unidos do Guajuviras


E hoje é dia de conhecer um pouco da história da representante da cidade de Canoas no carnaval de Porto Alegre. Confira:

O INÍCIO DE TUDO

A Unidos do Guajuviras foi fundada no dia 8 de janeiro de 1991. As cores da escola são o verde, o ouro e o branco. Seu símbolo são duas mãos, uma negra e outra branca, unidas em cumprimento e um gavião. Após ter ficado fora dos desfiles de Porto Alegre desde 2008, a escola retornou ao grupo de acesso para o carnaval de 2012. Entre os fundadores temos: Lore, Paulinho, Mestre Sarrinho, Dorival e César. As cores iniciais, verde e branco, foram colocadas no pavilhão para homenagear as escolas de samba Mocidade Independente de Padre Miguel (RJ) e Acadêmicos da Orgia (POA).

O CARNAVAL MARCANTE

Um dos carnavais marcantes da entidade, foi o do ano de 1995, onde a Escola conquistou o título do grupo de Acesso do carnaval de Porto Alegre, falando sobre a noite em plena luz do dia, com o tema “Uma viagem através da noite, seus encantos, mistérios e magias”. A Agremiação desfilou de 1993 à 2007 na capital, e retornou à mesma no carnaval de 2012.

O CARNAVAL PARA ESQUECER

Toda agremiação tem seus altos e baixos. E o carnaval para esquecer da história da Unidos do Guajuviras, foi o de 2016, onde a Escola teve problemas em seu barracão e seu pré-carnaval. O resultado foi o décimo lugar (sendo assim, rebaixada) na série prata de Porto Alegre e última colocada do grupo especial do carnaval de Canoas (sendo rebaixada também).

PERSONAGENS DA HISTÓRIA

Unidos do Guajuviras têm alguns personagens marcantes dentro da comunidade e pessoas que estão no Carnaval de Porto Alegre, que tiveram sua iniciação carnavalesca na mesma.
Daiana Machado, primeira porta estandarte da entidade, é marca registrada, e o amor à Escola é de família. Sua mãe, "dona Lore", é fundadora da entidade e foi por muitos anos a primeira porta estandarte da mesma.
Kettelin, é outro exemplo disto. Começou sua trajetória na Unidos do Guajuviras, e atualmente é a madrinha de bateria da mesma. Também é moradora do bairro que dá nome à Escola.
As irmãs, Rochelle (primeira porta bandeira da Academia de Samba Puro) e Roberta (segunda porta estandarte do Império do Sol), são oriundas de Unidos do Guajuviras.
E esse, que vos escreve, também é de origem Guajuvirense. Comecei na Escola em 2003 e permaneci até o carnaval de 2013.

DURANTE O ANO

Fora a época de carnaval, a entidade está sempre com movimentações, mesmo que não sejam ensaios. A agremiação está sempre planejando o seu próximo carnaval.

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Estréia da Ala de Mulatas Tchukas Passistas

Por Anderson Silva

Vem aí no dia 06 de Outubro, no Ninho da Águia, a estréia de uma das alas mais conhecidas e tradicionais dentro carnaval portoalegrense, a Ala de Mulatas Tchukas Passistas. Ela já existe a cerca de 15 anos, e é coordenada pela Dona Vera Oliveira.

A Ala deu início a sua trajetória no carnaval de 2002, na Escola de Samba SBCR Copacabana. De lá para cá, a ala embarcou nas maravilhosas viagens das escolas de samba Acadêmicos da Orgia, Império do Sol, Samba Puro, União da Vila do IAPI e Imperadores do Samba, sempre com muito amor e aquele samba no pé.

Segue abaixo as palavras de agradecimento a Nação Azul e Branco:

"E hoje é com imenso prazer e satisfação, que nós Tchukas Passistas agradecemos pelo convite de fazer parte desta grande Escola Bambas da Orgia, ao Presidente Cleomar Rosa e ao Diretor de Carnaval Bráulio Pontes (o qual já trabalhamos juntos em outras agremiações), que por sinal sempre fizemos um belíssimo trabalho, com muita garra, entrega e determinação, sempre dando o nosso melhor.

Queremos ressaltar que com a Nação Azul e Branco não será diferente, chegamos para somar a este belo Grupo Show. Com muita luta e empenho iremos em busca do título.

Contamos com a presença de todos carnavalescos e simpatizantes para nossa estréia."

Marque na sua agenda e não esqueça! A estréia será no berço do samba altaneiro (sede da escola de samba Bambas da Orgia) localizado na  Rua Voluntários da Pátria, 1387 (Ninho da Águia) - Porto Alegre RS

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

"Minha história, meu orgulho" - Rosa Dourada


Dando continuidade ao nosso Especial, temos hoje, a história da escola de samba Rosa Dourada contada aqui no Setor 1.  A entidade ficou em terceiro lugar no carnaval 2016, da cidade de Canoas.

O INÍCIO

Katlyn encenando a Orixá Oxum, em 2016
Tudo começou com a ideia de três amigos, que resolveram ajudar uma família a realizar um sonho. Os três amigos são: Sidiclei Mancy, Olivan Machado e Luciano de Souza. Olivan em conversa com Sidiclei, deu a ideia de ser fundada uma escola de samba, pois era o sonho da família. A partir de então, foi fundada a Escola de Samba Rosa Dourada. O nome “Rosa Dourada” foi escolhido para fazer uma homenagem à Oxum (Orixá africano), cujo símbolo é uma rosa dourada. Oxum, segundo as tradições africanas, é a Orixá dona do ouro, da beleza e da riqueza.

O fundador Sidclei, têm grande importância na Agremiação e dentro do carnaval canoense. Foi Rei Momo do carnaval de Canoas, e hoje em dia o mesmo exerce outras funções no carnaval. Tais como: Compositor, intérprete e diretor de carnaval.

CARNAVAIS MARCANTES

Todos os carnavais da Rosa Dourada são considerados marcantes. Mas, o principal, foi o do ano de 2013, onde a escola conquistou seu primeiro título. Com o tema: "Em busca do tesouro perdido eu vou, meu amor".
Sidiclei e sua tradicional harmonia
UM CARNAVAL PARA ESQUECER

O carnaval para esquecer foi quando um dos jurados deu a ideia que o carnaval de Canoas tinha que evoluir, e que naquele ano teria que ser descontado décimos ao invés de pontos. Resumo: A Escola que deveria ter perdido os pontos perdeu décimos, ficando 4 décimos na nossa frente, sendo que a Rosa Dourada deveria ser campeão com os 3 pontos que a campeã deveria ter perdido.

O DESEMPENHO DA ESCOLA DURANTE O ANO

O andamento da Escola fora a época do carnaval é parado, não há quadra e consequentemente não há estrutura. Mas, há empenho para realizar alguns shows com os amantes da Escola que se dedicam para se apresentar em alguns eventos. Infelizmente a entidade por não ter espaço para realizar seus projetos acaba ficando parada durante todo ano. O sonho é que se tenha um bom espaço para daí sim que a Escola consiga movimentar a comunidade como é o sonho de todos, principalmente desses acompanham nos shows sem ganhar nada.

CARNAVAL 2017

E para o carnaval de 2017, A Rosa Dourada vai continuar mantendo o mesmo ritmo, fazendo um carnaval dentro de suas condições, tentando buscar as primeiras colocações, um carnaval bonito, alegre como sempre colocado na avenida. Mas, sem grandes expectativas porque a crise está grande e nós tem que se sonhar com os pés no chão. Será feito um carnaval lindo, tentando buscar os quesitos, nada muito superior ao que já foi apresentado.

UM PROJETO PARA MELHORAR O CARNAVAL DE CANOAS

Uma sugestão de melhoria para o carnaval, é que seja criado uma Liga ou Associação forte, para que consiga se debater junto aos órgãos públicos. Buscando sempre o melhor para o nosso carnaval. Que seja construído espaços para as Escolas montarem seus projetos, e que haja a busca do melhor investimento para todas as entidades mostrarem um belo carnaval!

Posse da nova diretoria UECGAPA


Acontece na noite de amanhã, dia 20, a posse da nova diretoria da UECGAPA (União das escolas de samba dos grupos intermediário e acesso de Porto Alegre). A liga, voltada para as tratativas e direcionamentos das agremiações que estão inseridas nos atuais Grupos Série Prata e Bronze, empossa uma nova comissão composta por seis integrantes da comunidade carnavalesca que regerão os trabalhos administrativos entre o poder público e os demais 13 presidentes das agremiações (incluindo as tribos).

O coquetel de posse da nova diretoria será realizado na sede da escola de samba Acadêmicos da Orgia a partir das 20: 30 horas.

Na noite da cerimônia, serão apresentadas as propostas da nova diretoria sempre visando, igualitariamente, o sucesso nos desfiles das agremiações, mantendo assim elevados os padrões de lisura e transparência mantidos nos últimos anos. 

Segue a relação nominal dos cargos e dos empossados:

PRESIDENTE: Arlindo Fernando da Silva (VILA MAPA)

VICE PRESIDENTE: Alzemiro da Silva -Miro (IMPÉRIO DO SOL)

TESOUREIREIRO: João Luis (FILHOS DA CANDINHA)

SECRETÁRIA GERAL: Ilza Angonese (PRAIANA)

JORNALISTA EXECUTIVA: Ceslavo Bartochak

PRESIDENTE DA EXECUTIVA: Darci Gonçalves – Cy (ACADÊMICOS DA ORGIA)

Segundo informações divulgadas, somente será permitido o acesso ao evento portando o convite e/ou nome na lista. 

A quadra de Acadêmicos da Orgia (local do evento) está localizada na Avenida Ipiranga N° 2741, (Esquina com a Princesa Isabel.)

Festa da Primavera do Bloco Só Concentra

Por Anderson Silva

E como o samba não pode parar, haverá neste mês mais este grande evento. No dia 11 de Setembro (domingo) o Bloco Só Concentra promove almoço dançante da Primavera.

No horário do almoço aquele cardápio delicioso: galeto e buffet de saladas (servidos a partir do meio dia) no valor de R$ 20,00 por pessoa.

E pra quem quiser curtir somente a festa o cartão pode ser adquirido antecipadamente no valor de R$ 10,00 e na hora à R$ 15,00.

As atrações ficam por conta do Grupo Meia Taça, Santo Remédio e apresentação do Grupo Show do Bloco Só Concentra e Janaína Mais com as Ninjas do Samba.

O evento acontecerá na Sociedade Cultural E Beneficiente Castro Alves - Rua Monte Castelo, 700 - Canoas RS

Informações para contato através do telefone (51) 92668893 com Vagner

O fim do casal Marcos e Tairine


Há poucos instantes atrás, a então segunda porta bandeira Tairine Machado desligou-se da Escola de Samba Império da Zona Norte.

Ela dançava com Marcos, conhecido como Japa no meio carnavalesco. O casal ainda não havia cruzado o Complexo Cultural do Porto Seco, e tinha formado a parceria para o carnaval 2017.
Os motivos que levaram a profissional á desligar-se da entidade foi o fato de receber uma proposta para ser primeira porta bandeira de uma escola de samba tradicional de Porto Alegre, que no momento está na série prata. A porta bandeira fez um breve pronunciamento sobre o desligamento:

"A vida é feita de escolhas e eu aprendi a escolher caminhos mais bonitos, quando me vi seguindo as pegadas dos Leões da Zona
Norte. Fui recebida e acolhida de coração por cada um dos membros desta tão especial e tradicional escola de samba e me senti muito protegida e querida enquanto fiz parte desta linda família imperiana.
Deixo hoje o cargo de Segunda Porta Bandeira da agremiação certa de que enquanto estive Império dediquei-lhe todo meu respeito e carinho e por este manto, sempre busquei o melhor na medida que pude.  Sou grata pela oportunidade que a mim foi dada e pela passagem curta mas inesquecível que viví junto a cada um de vocês imperianos de alma e coração.
Que a fé que hoje é celebrada como tema da escola seja sempre a base forte que lhes dá suporte, certeza e confiança e que a mesma sempre lhes mova ao sucesso e as vitórias.
Eu quis ser feliz....
E fui muito feliz no Império....
Hoje levo um pouco de vocês e deixo um pouco de mim em cada uma destas palavras...
Fiz e tenho amigos que levarei para a vida e que desejo ver brilhando a cada novo dia, pessoas das quais tenho imenso amor e amizade.
E agradeço muito por ter vivido, sentido e sido aprendiz a cada intensamente em que senti e chamei de meu este Pavilhão.  
Minha palavra à todos vocês é:
GRATIDÃO."

Tairine têm passagens por Academia de Samba Puro, no carnaval 2014 e Imperatriz Dona Leopoldina no carnaval 2015. É retentora de diversos prêmios por escolas de samba do interior do Estado.

Marcos, permanece na Escola, e está à procura de uma nova parceira.


domingo, 14 de agosto de 2016

A prostituição dos cargos no carnaval

Por Israel Ávila

Mesmo já estando em Agosto a frenética “Danças das Cadeiras” não para! A ansiedade em estar em uma escola de samba, ou nas melhores escolas de samba, faz com que a prostituição no carnaval aumente. Não estou falando das meninas que ficam ao redor do Complexo Cultural do Porto Seco, e sim de destaques que “se oferecem” as escolas de samba, oferecendo fantasias, benefícios e muitas vezes até dinheiro para ocupar determinado lugar.

Assim, quesitos importantes e de extremo talento do nosso estado vão dando lugar ao amadorismo que o dinheiro pode comprar. Isso também pode acontecer em alguns festivais, onde compositores abrem mão de seus prêmios para serem os grandes vencedores.

A prostituição no carnaval não ocorreria se não tivesse o aval de alguns presidentes. Os mesmos oferecem seus lugares de quesitos, para ter gastos a menos em seu carnaval, ou mesmo tirar “aquela vantagem” que sabemos ser costumeira entre os barracões.



A frente das baterias, por exemplo, são lugares disputados por algumas lindas moças que fariam de tudo (até pagar), para estarem ali.

A inflação do carnaval por parte dos destaques quesitos também tem boa parte de culpa neste processo. Hoje, temos quesitos que querem receber um terço do cachê de uma escola de samba, o que faz com que os dirigentes procurem alternativas mais baratas, e claro, perdendo também na qualidade. O ditado e claro: O barato sai caro, e pode ate perder ou por em jogo um carnaval.

Infelizmente o amor pela agremiação tem sido coadjuvante. Hoje temos poucos destaques com identidade a uma entidade, pois a cada ano os mesmos seguem em busca de um valor melhor, ou mesmo de uma VALORIZAÇÃO, que vai além de dinheiro, e passa pela casa do respeito, da hombridade e dos bons tratos.

Nem todo mundo sai de uma entidade por conta de dinheiro, muitas vezes a falta de compromisso e palavra dos gestores fazem com que cada vez tenhamos que por mais cadeiras nessa dança, sem falar nos destaques que preferem voltar a serem foliões de arquibancada, a suportar alguns distratos e desmandos.

Só resta ao povo do carnaval festejar quando percebemos alguém feliz, contratado ou não, e se doando de corpo e alma em alguma função, sendo devoto a entidade que naquele carnaval esta pertencendo, e lamentar por quem PAGA pra ser rei e faz papel de palhaço... 

sábado, 13 de agosto de 2016

Chegou à hora! Festival de Sambas Enredo Imperadores do Samba

Lançamento do tema enredo 2017. Foto: Leandro Amarante

Dentro de algumas horas, a escola do povo abre suas portas para recepcionar a massa carnavalesca. Vem aí mais uma edição do festival de sambas enredo da vermelho e branco.

Após criterioso processo de seleção, 11 (onze) foram as obras homologadas para dar início ao processo de seleção para a escolha do hino que embalará a comunidade de Imperadores do Samba no carnaval 2017.

Realizada audição interna com os jurados, intérprete e diretor de bateria, os inscritos foram submetidos á um rigoroso processo seletivo para que todos os detalhes exigidos pela entidade estivessem em cumprimento nas suas obras apresentadas. Contudo, são definitivamente inscritos para o festival 6 (seis) obras, que farão sua apresentações em duas datas (hoje – 13/08 e no dia 27/08), em processo eliminatório.

Para o desfile em 2017 a escola vem apresentando tema enredo sobre a artista mexicana Frida Kahlo. O tema enredo carrega o título “Sou Resistência e Não me Kahlo. Frida, Sou México em Flores, Cores e Amores: Diva entre Imperadores” autoria de Édy Dutra e Fábio Castilhos.

Acompanhe a seguir a lista dos compositores e suas parcerias:

SAMBA 01 – Parceria de Leandro Queiroz e Darlan City
SAMBA 02 – Parceria de Flavio Ramires, Digo Moreira, Wandy ZL, Ary Luis e Renan Ludwig.
SAMBA 03 – Parceria de Maguila, Sandro Ferraz e Decko
SAMBA 09 – Parceria de Maumau de Castro, William Farias, Leandro Almeida, Gustavinho Oliveira, Diego Nicolau, Rico Bernandes e Arilson Trindade
SAMBA 10 – Parceria de Tabajara Ortiz, Vinydacor , Wilson Silva, André Filosofia, Willian Tadeu, Nando do Cavaco, Wagner Amaral, Leandrinho LV, Diley Machado, Thobias Freire e Xandinho Nocera
SAMBA 11 – Parceria de Anderson Nascimento, Roberto Nascimento e Vitor Nascimento

Para ouvir os sambas concorrentes basta você clicar no link a seguir (OUÇA OS SAMBAS CONCORRENTES)

O samba campeão (que será definido em 10/09) receberá da agremiação um prêmio no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) e um troféu.


VAI COMEÇAR O EMBALO NO IMPERADOR!

E na primeira eliminatória, que ocorre na noite deste sábado (13), três obras abrem a disputa para a escolha do hino na sede dos leões da Padre Cacique. Conforme pré-estabelecido por sorteio na última semana, se apresentam nesta data os sambas 1, 3 e 9.

Segundo Érico Leoti, diretor de carnaval da entidade, somente após as apresentações do dia 27/08 é que serão divulgados os semifinalistas desta competição.

Os sorteios serão realizados sempre às 20 horas, e o início do festival está previsto para iniciar as 21 horas.

A entrada para o evento é gratuita. A escola do povo está localizada na Avenida Padre Cacique, nº 1567 | Praia de Belas - Porto Alegre/RS

Você não pode ficar de fora dessa!

A festa das campeãs do carnaval de Canoas


As campeãs do carnaval 2016 de Canoas uniram-se para festejar! 

Quem prestigiou o último carnaval da cidade de Canoas, pôde perceber a excelente organização que houve no evento. Seguindo este padrão, as escolas campeãs do grupo de acesso e grupo especial do carnaval canoense, resolveram montar uma festa para os foliões da cidade.

A festa ocorrerá no dia 7 de Setembro e iniciará ás 15 horas, terá como atrações Cláudia Quadros acompanhada de Jesun do violão, a banda Amigos da Harmonia, o grupo show da Nenê da Harmonia (campeã do grupo de Acesso do carnaval de Canoas) e o grupo show da Acadêmicos de Niterói (campeã do grupo Especial em 2016).

Não haverá almoço, mas serão oferecidas porções de batata frita, pastéis e outros salgados.

A entrada será cobrada no valor de R$ 5,00 (cinco reais), e quem ficará incumbido de comandar o evento será Israel Ávila.

O evento acontecerá na sede do Harmonia FC - Rua Marcílio Dias, 132 | Bairro Harmonia - Canoas

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Comissão Pecado na Copacabana em 2017



E a sereia da Bom Jesus, mais uma vez, apresenta reforços para o carnaval 2017. Afim de conquistar o tão sonhado título de campeã da série prata no próximo carnaval. Após executar mudanças nos pavilhões, carro de som e apresentar seu tema, a Copacabana apresenta sua comissão de frente.

A comissão escolhida, tem uma boa trajetória dentro do carnaval. O grupo foi retentor do estandarte de ouro do carnaval de Porto Alegre em 2013 com a Acadêmicos de Niterói, campeões do troféu Setor 1 em 2014 pela Academia de Samba Praiana, indicados ao troféu Setor 1 e Tamo Junto no carnaval de 2015 pela Imperatriz Dona Leopoldina e indicados ao troféu Tamo junto no carnaval 2016.


A comissão pecado, ainda tem passagem pela Academia de Samba Puro e Acadêmicos da Orgia. E, no próximo carnaval, irá abrir o desfile da azul, rosa e branco do morro da Bom Jesus, no Complexo Cultural do Porto Seco.

“- Para ser Porta Estandarte é preciso ter CARÃO, não adianta somente dançar. Tem que ter cara de avenida!”

Por Giovanna Mello 

Guislaine Pereira Santos, 41 anos. Filha de Carlos Marcelino Bolleto Santos e da figura mais que conhecida Onira Pereira dos Santos.

Nossa entrevistada é mãe de três filhos, tem curso superior incompleto e trabalha como agente de reservas de hotel. Irmã de Kizzy Pereira e Max (in memorian), afirma que ela e os irmãos nasceram no carnaval e por ele foram abraçados.

Guislaine iniciou sua vida nas festas momescas com uns 12 anos em uma escola de São Leopoldo, região metropolitana, em uma Ala Coreografada da já extinta Dragões de São Leopoldo em meados de 1986.
                                    
Nossa entrevistada abrilhantou com sua arte em defesa do Estandarte em algumas escolas:

Império da Zona Norte - em 1993 e 1994;
Estado Maior da Restinga - de 1996 a 2006;
Imperatriz Leopoldense - de 1997 a 1999; e
Acadêmicos do Rio Branco - nos anos de 2013 e 2014.

No posto de porta estandarte conquistou premiações em 1993 e 1994, ainda quando mais de uma destaque era agraciada. Já o troféu Estandarte de Ouro, nossa referência no semi– quesito, Guislaine é colecionadora: ganhou oito vezes dos dez carnavais que atuou.

Como maior realização na sua longa estrada como Porta Estandarte, ela nos diz emocionada:

"- Minha última muamba me traz muitas recordações. Foi em 2006, onde minha escola ESTADO MAIOR DA RESTINGA pediu em coro na concentração já com microfone aberto para a avenida: FICA! FICA!... Foi muito emocionante a sensação de carinho e de que tudo valeu a pena !"

Todos sabemos que a destaque continua sendo referência no quesito. Sobre o espelhamento que diversas jovens fazem de sua pessoa, Guislaine fala o seguinte:

“- É muito legal as pessoas reconhecerem teu trabalho, mas sempre tive e continuo tendo meus pés no chão, pois continuo aprendendo sempre como Porta Estandarte!"

Guislaine diz que para ser Porta Estandarte, é preciso ter CARÃO, não adianta somente dançar. Tem que ter cara de avenida!

"- Vir na frente da Escola sem escutar a Bateria e ter que encantar o público ainda frio, com tua dança é extremamente difícil.. .Então vamos além de dançar, encantar com o olhar e com o carão!", diz Guislaine .

A destaque decidiu atuar em outra vertente. Sua missão seria agora a defesa de um dos símbolos-mor de uma entidade carnavalesca – a bandeira. A transição para Porta Bandeira foi muito difícil, conta a destaque em breve depoimento:

“- Começar do zero e ter que ser levada por alguém... Prestar atenção durante a dança em outra pessoa e se deixar ser conduzida... Ainda tenho muito que aprender, mas graças aos deuses da dança temos acesso a grandes mestres, e nem precisamos buscar longe temos aqui mesmo grandes estrelas desta arte que nos dão total abertura pra pedir ensinamentos.”

Como Porta Bandeira a nossa estrela entrevistada brilhou com passagens por:

Academia e Samba Puro - nos anos de 2010 e de 2012 a 2015;
Copacabana - no ano de 2011; e
Fidalgos e Aristocratas - em 2016.

Como porta-bandeira, ela ainda não foi premiada: “- Ainda não tive prêmios... Mas vou buscar! (risos)

Em breve bate bola durante a entrevista, ela revela ao site algumas de suas
     
Maior alegria no carnaval: “Ser TINGUERREIRA... Esta escola é algo fora do normal, só quem é TINGA sabe do que estou falando... Me emociono sempre! "

Momento especial: Ano de 2006, a escola carregava o Tema Enredo "Hoje a Restinga se encanta e faz a festa com você 75 anos viva OAB". Guislaine encerra carreira de Porta Estandarte como campeã. Ela relata ter sido o carnaval de sua vida:

“- Não teve preço!”

Guislaine diz que no carnaval é onde ela se realiza, independe de qual posto estiver ocupando:

“- Quem gosta de carnaval, gosta de qualquer jeito!"


Pedimos a entrevistada que deixe seu recado as jovens destaques que estão surgindo e  para as que já estão na ativa:

“- Olha só galera, HUMILDADE... Sempre falo nisso, por que não sabemos  tudo. Estamos sempre em constante aprendizado e aperfeiçoamento. CARÁTER...  E principalmente RESPEITO,  por quem está e por quem já esteve, pois eles fizeram o caminho para que nós pudéssemos passar!"

Guislaine é devota dos santos Orixás... Sua Rainha Oxum Demum Talamiomi é seu tudo!


 Fotos: arquivo pessoal
Edição: Leandro Amarante


INFORMAMOS que temporariamente a nossa repórter Giovanna Mello estará afastada das atividades que desempenha no Setor 1, por motivos particulares. A equipe deseja sucesso em todas as atividades que desempenharás neste período. Sucesso e até breve com seus grandes e belos especiais. 
Á direção

Escolha Musa Plus Size Baile das Manas

Imagem: divulgação/Baile das Manas

O já tradicional baile itinerante das Manas vem inovando a cada evento organizado pela dupla na região do Vale dos Sinos.

Na próxima edição, com data marcada para 11 de Setembro, a beleza de todas as formas será exaltada na Sede da escola de samba Cruzeiro do Sul, em Novo Hamburgo.

O concurso Musa Plus Size já está tomando forma. Aos poucos, as idealizadoras Vivian e Viviane Vaz vão divulgando nas redes sociais o perfil das candidatas inscritas. Até o fim desta quinta-feira (11), 3 candidatas foram apresentadas para o público.

As inscrições continuam abertas. Para maiores informações a respeito do concurso, disponibilizamos os seguintes telefones para contato: (51) 91320676 e (51) 84741851. Segundo divugação, haverá premiação para a melhor torcida.

A festa e as novidades não param por aí! 

O domingo do evento será marcado por esta e demais atrações. Além do concurso, a outra novidade é a parceria com o intérprete Cesinha que traz para junto do baile o seu Quintal do Cesinha, grande encontro de músicos da capital e região do vale dos sinos, além da grande participação do melhor do swing com o grupo Sem Comentários.

Abrem-se as cortinas! O primeiro casal de Acadêmicos da Orgia


Em busca de espetáculo que envolva e emocione o público e ainda surpreenda positivamente o corpo de jurados, o grande time diretor de Acadêmicos da Orgia apresenta para o povo carnavalesco os novos defensores do primeiro pavilhão.

Entre as linhas amarelas brilharão entre as linhas amarelas em 2017 os nomes do mestre sala Bruno Henrique e da porta-bandeira Domênica Isaura.

O beija-flor Bruno, apesar de jovem, está atuante no carnaval há mais de 10 anos. As características do seu trabalho foram presença na Academia de Samba Puro, Esporte Dá Samba e Realeza. Fruto de sua intensa dedicação, hoje a aposta da verde e branco é no destaque.

Já a bela flor é cria da casa. Domênica começou na entidade portando estandarte mirim aos 7 anos de idade. Atou junto a “turma do Zé Carioca” por 15 carnavais. Ela possui ainda em seu currículo passagens pela Esporta Dá Sambas e Bambas da Orgia (Passo Fundo).

A seguir podemos acompanhar o depoimento de Domênica Isaura a respeito do novo cargo dentro da agremiação, acompanhe:

“A partir deste ano, estarei enfrentando novos desafios. Fui convidada pela minha escola Acadêmicos da Orgia, a carregar a bandeira da minha amada escola, chegou o momento de mudar. Serei a mais nova Porta Bandeira e com muito orgulho. Estarei realizando um sonho, meu e dos meus pais. Não tenho experiência, mas tentarei transferi-la no que eu adquiri nos 15 anos como porta estandarte. Vou trabalhar com muita dedicação, empenho, seriedade e amor, para que todo esse esforço seja recompensado com uma bela evolução na avenida.”

Domenica Isaura
   
Ambos tem grande desafio pela frente – levar as quatro notas 10 para casa. A responsabilidade é grande, mas o talento do jovem casal tem possibilidade de superar mais este desafio.

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

PADEDE RETORNA DAS FÉRIAS COM TUDO!


O projeto Padedê do Samba retorna das férias nesse sábado dia 13 de agosto, cheio de novidades.

Uma delas será aulas, com dois  grandes talentos do nosso carnaval, Alexandre Pereira e Raquel Nunes, ambos com vasta experiência e reconhecimento no quesito carnaval. 

Neste sábado (13), Choco Pereira coreógrafo de Bambas da Orgia, recém egresso do festival de dança de Joinville, é convidado para a troca de experiências com os alunos do projeto, e no sábado subsequente, 20 de agosto, vamos contar o carisma, elegância e muito samba no pé de Raquel Nunes madrinha de bateria da Imperadores do Samba. Todas as aulas estão voltadas para expressão corporal e preparo físico.


O segundo semestre do Padede do Samba será bem movimentado, com aulas diferenciadas e com grandes eventos, que serão divulgados no decorrer da próxima semana. 

Ainda há vagas para novos alunos, inscrições a R$ 60,00 (sessenta reais) com direito a uma camiseta/uniforme.

As aulas do projeto seguirão sendo realizadas no barracão da LIESPA no Complexo Cultural do Porto Seco.

O fim do mistério na Dona Leopoldina


Foi pouco tempo, mas rendeu assunto! Logo após o desligamento de Helena Fernandes frente a bateria de Imperatriz Dona Leopoldina os rumores tiveram início...

A incóginita, também lançada pelo Setor 1, gerou assunto nas mais variadas rodas e grupos dos interessados pelas nossas cultura popular: quem seria a beldade que reinaria frente a premiada bateria Laranja Mecânica?...

Com exclusividade, tivemos acesso à informação. Após definições pelo corpo de dirigentes da agremiação, Paola Serpa é a personalidade cotada para ocupar o posto de rainha de bateria da laranja mecânica em 2017.


A figura de Paola já é marcante dentro da agremiação e da comunidade, sua legião de fãs e admiradores é grandiosa devido á sua simplicidade e carisma, regados com muita paixão pela arte de se fazer e ser carnaval. Antes mesmo do seu pronunciamento, a musa já era alvo de diversas parabenizações e elogios (mesmo que nas entrelinhas) nas redes sociais, pois o seu trabalho e dedicação junto a coroada da Zona Norte com certeza vem em crescente de valorização.


A essência do carnaval está entranhada no corpo e na alma da estrela, que desde cedo acompanha as movimentações da cultura popular. Paola está atuante no carnaval da capital há cerca de cinco anos. Seu currículo, embora apresente poucas passagens, não diminui o brilho, o gingado e seu entusiasmo ao riscar cada passo nas avenidas gaúchas: Imperadores do Ritmo (Santa Cruz), Acadêmicos de Niterói (Canoas), Cova da Onça (Uruguaiana) e Acadêmicos de Gravataí foram algumas das agremiações onde a rainha pôde demonstrar seu amor através do mais puro e refinado samba.

Ela chegou a escola por intermédio de um convite do vice-presidente João Moogen apenas para conhecer o berço do samba da coroada. Depois de alguns minutos por lá o encanto já era certo.

"(...) Vesti a camiseta. Não sou da comunidade, mas amo como se dali fosse. Nunca fui tão bem recebida e de braços abertos."

Desde o ano passado, Paola vem desempenhando brilhantemente seu gingado como destaque junto á Dona Leopoldina onde desfilou sua formosura como musa da harmonia ao lado do intérprete Alexandre Belo e sua harmonia musical.

A rainha irá dividir o tablado frente ao "coração das avenidas" com ninguém menos que a bela Nathi Sants, que assumirá o posto de madrinha de bateria.


COM A PALAVRA... RAINHA PAOLA SERPA

Em conversa com a direção do site, Paola expressa seu sentimento de gratidão e respeito por todos que a apoiaram até este momento. Acompanhe a seguir a mensagem deixada pela destaque:

“Eu sou muito emotiva, e certamente logo as lágrimas virão...

Bem, desde minha saída da última agremiação onde tive passagem havia resolvido me afastar do carnaval. Neste meio tempo, recebi um simples convite para conhecer a comunidade e a Dona Leopoldina. Hoje, se depender de mim, não saio mais de lá! Meu coração foi inundado em tons laranja...

Queria deixar meu agradecimento a todos que me apoiaram para que hoje eu tivesse meu lugar ao sol fruto de muito esforço e muito trabalho. Não foi fácil a caminhada até aqui. Serei eternamente grata por todo apoio recebido, um muito obrigado é pouco. Este exemplo de FAMÍLIA aqui da comunidade Leopoldina, não existe em lugar nenhum! 

Visto a camisa com muito orgulho e hoje posso afirmar, a Imperatriz é para a vida toda.”

Vida longa a soberanas de Imperatriz Dona Leopoldina! Que as estrelas possam ajudar a manter elevado o espírito guerreiro e alegre dos donos do ritmo e toda essa brava comunidade da Dona Leopoldina.


Quer conhecer um pouco mais da trajetória da rainha de bateria Paola Serpa

Fiquem ligados, pois ainda esta semana ela será nossa convidada especial na coluna Perfil SETOR 1. Aguardem...