segunda-feira, 31 de agosto de 2015

CFBO agora é Unidos do Capão

Foto: Leonardo Contursi/CMPA

A premiada e competente comissão de frente que arrancou aplausos e emocionou ao público presente no Porto Seco em 2015 está de casa nova para o carnaval 2016. A CFBO (Comissão de Frente de Bambas da Orgia) agora está na Unidos do Capão. A notícia foi dada ontem nas redes sociais pelo diretor de carnaval da escola Walmir Oliveira e confirmada hoje pelo coordenador do Grupo Vlad. Veja a seguir as palavras do coordenador em sua rede social:


“Um sonho está sendo realizado... Que demoro 19 anos para isto acontecer todos que me conhecem sabem o amor que tenho pela dança... vim de uma escola que me ensinou muito com altos e baixos.... a ser este homem chato comprometido com as responsabilidades só nunca fui valorizado no meio da dança como comissão de frente...O ninho da águia foi minha casa neste 19 anos que não me arrependo de nada só tenho agradecer as pessoas que acreditaram no grupo da CFBO... E brigaram muitas vezes por nos E gostaria de agradecer o Presidente Cleomar por sua dedicação e nos mostra que temos que sempre aprender um pouco mais... Foi uma pessoa justa com o grupo e foi sincero com o Fábio Martins dizendo que para este carnaval nosso grupo não ia se adequar o trabalho que a escola vai apresentar para 2016...Que as portas estavam abertas sempre para um novo trabalho se um dia fosse necessário... Aí venho este diretor de carnal Walmir Oliveira com uma proposta de trabalho junto com o Presidente em uma reunião que foi bom para o grupo ver que sempre fomos notados... E nos mesmo não dávamos bola Obrigado pelo convite de trabalho com a Unidos do capão de sapucaia do Sul que pela primeira vez vejo um contrato de trabalho kkkkkkkkk... com o nos e bons e obrigado a todos os amigos de comissão que nos deram moral em nossa saída da bambas da orgia....Comissão hoje é que nem o futebol nosso desafio é dentro do sambódromo fora somos todos iguais...tô aprendendo com a cúpula eles fazem assim também. ...”   - Vlad Oliveira

domingo, 30 de agosto de 2015

Samba 05 vence festival de Acadêmicos de Gravataí

Foto: reprodução/fan page Acadêmicos de Gravataí

A comunidade da Onça Negra já tem seu samba-enredo definido para a disputa entre as linhas amarelas em 2016.

Ontem (29) ocorreu na AMOVAL em Gravataí, o festival de samba enredo, onde os três sambas finalistas apresentaram ao público suas criações.

Com diferencial dos outros festivais, para este ano, a direção decidiu que as apresentações deveriam ser ao vivo, o que estreitou o relacionamento comunidade-agremiação.

Lú Astral interpretou os três sambas concorrentes, o que facilitou pra comissão julgadora quanto a aceitação do público presente.

Depois de brilhantes apresentações, o SAMBA 05, parceria de Rafael Tubino, Alex Bagé, Wagner Ramos, André Valêncio, Igor Vianna, Thiago Sukatinha e Thiago Meiners sagrou-se campeão.

Agora é trabalhar! Com samba e tema-enredo definidos a escola continua com os preparativos pra levar para a avenida histórias e estórias de todos os ecossistemas que visualizamos na reserva do Taim, os quais são de grande importância para o globo nas diversas esferas.

Veja a letra do samba-enredo vencedor:   

O CANTO DA MATA ECOA AQUI
SOU A ONÇA NEGRA DE GRAVATAÍ
NA MINHA ALDEIA RESSOA O TAMBOR
SALVE TAIM, "RESERVA" DE AMOR!
Conta à deusa Guaipira uma história de amor
Tupã e Jaci revelaram o seu esplendor
O vento divino soprou natureza enfim floresceu
As águas formaram o espelho de Deus
E o paraíso ouviu o canto da Tachã
Guiando os índios à gentil Mirim
Eram Charruas, Minuanos, Guaranis.
Em terra de riquezas sem fim
Então de geração em geração
Taim reflete a pureza desse chão
“FLUTUANDO PEGA O JUNCO, E O AGUAPÉ”!
LINDAS FLORES DESABROCHAM NA PRIMAVERA,
O CÉU AZUL EMOLDURA O VERÃO...
EM NOITES CALMAS... COLORINDO A IMENSIDÃO!
O som da sinfonia em harmonia com a natureza
O cisne observa o luar
No Pará-Gûasu... Vou mergulhar;
Mas a ambição chegou e, assim, a luta persistiu,
Ôôô a força nativa derrotou o invasor
Vou lançar a rede, sou gaúcho pescador,
E no paraíso, o progresso despontou,
Um tempo de preservação.
Na arte, um sentimento que renasce,
É o orgulho que invade o nosso coração!


** Conforme acordado entre a diretoria e os compositores, a letra poderá sofre algumas alterações



sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Onça Negra escolherá seu samba para 2016 neste sábado


Neste sábado (29), acontece a grande final do Festival de Samba Enredo do Acadêmicos de Gravataí. Pra quem não sabe, no último dia 20, o Departamento de Carnaval da Onça Negra se reuniu e escolheu os três finalistas, são eles:

SAMBA 03 - Willian Tadeu, Fred Inspiração, Ricardo Abraham, Victor Alves e Conrado Laurindo.

SAMBA 05 - Rafael Tubino, Alex Bagé, Wagner Ramos, André Valêncio, Igor Vianna, Thiago Sukatinha e Thiago Meiners.

SAMBA 09 - Victor Hugo Silva do Nascimento, Carlos Roberto Costa do Nascimento, Anderson Nascimento Machado, Alessandro Alisson Azambuja Antunes.

A festa não para por aí. O Grupo Samba do Vale ficará responsável pelo pagode e pra encerrar, a bateria Pegada da Onça com o grupo show da escola farão o povo sacudir.

O evento acontece a partir das 18 horas na Amoval (Rua Cônego Viana, 129 – Morada do Vale I). Ingressos: R$ 5,00.

CETE reúne setores para indicar melhorias para o carnaval de Porto Alegre


Objetivo é que as entidades carnavalescas formalizem um documento que será encaminhado à Liespa e ao poder público

Neste sábado, dia 29 de agosto, às 14h, haverá o encerramento do módulo 2 da 7ª turma do curso de tema enredo 2015 do CETE – Centro de Estudos e Pesquisas de Tema Enredo e Memória do Carnaval. O encontro vai acontecer na Sala João Neves da Fontoura (Plenarinho), localizado no 3º andar da Assembleia Legislativa do RS.

Na ocasião, o CETE vai realizar um fórum de debates para ouvir alguns das diversas entidades que reúnem os setores carnavalescos da capital gaúcha. Segundo o presidente Sergio Peixoto, a ideia é elencar as propostas de melhoria para o carnaval e formalizar um documento reunindo essas sugestões para serem encaminhados à Liga Independente das Escolas de Samba de Porto Alegre (Liespa) e à prefeitura de Porto Alegre.

O fórum vai servir como um encontro preliminar para um grande seminário, com características semelhantes, reunindo alguns dos órgãos carnavalescos, que a Liespa está convocando para o dia 12 de setembro. “O CETE também é parceiro nesta iniciativa da Liga”, afirma Peixoto.

Para o fórum do CETE foram convidados representantes da Associação dos Compositores de Música de Carnaval do RS (Compor), Associação dos Diretores de Bateria (Asdiba), Padedê do Samba, Projeto Bailado, União dos Destaques do Carnaval (Udesca), além da União das Escolas de Samba dos Grupos Intermediário e Acesso de Porto Alegre (Uecgapa) e da própria Liespa. Também são esperados profissionais dos veículos de imprensa especializada que cobrem o carnaval de Porto Alegre.

Papo de Ritmo


Olá amigos do Setor 1. Em primeiro lugar quero agradecer ao site pela oportunidade de falar um pouco sobre baterias e suas vertentes. Pois então, vamos fala de ritmo, mas antes, para os que não me conhecem, vou falar um pouco da minha trajetória no ritmo:

 Sou Filipe Ritter, mas a algum tempo as pessoas já não me conhecem assim, desde que me tornei o Mestre Boneco.  Hoje, atua na Unidos do Capão, escola de Sapucaia que integra o Grupo Especial de Porto Alegre. Comecei no carnaval como ritmista da bateria Coração da Vila, da União da Vila do IAP, isso em 1998, lá meu instrumento era o surdo de marcação. Na Vila fui diretor de bateria em 2000, 2001, 2002 e 2003.

Depois desta experiência como diretor, recebi o convite pra assumir a bateria da Unidos do Guajuviras, que hoje é chamada de Cadência da Nação, onde fiquei por um carnaval (2004). Após o Guajuviras, fui mestre de bateria da escola de samba Mocidade de Esteio (2005), passagem rápida também, pois recebi o convite pra assumir no carnaval 2006 a Bateria do Capão, onde fiquei por três carnavais e fui duas vezes campeão do grupo acesso, daquela época trago boas lembranças, algumas notas 10 e um Estandarte de Ouro no grupo de acesso.


Apos esses três carnavais no Capão. Tive a tão sonhada estreia no Grupo Especial de Porto Alegre ficando nos anos de 2009 e 2010 a frente da Bateria Espetacular da Acadêmicos De Niterói.
De 2011 a 2015 tive uma linda passagem pela minha escola do coração, a União da Vila do IAPI. Em 2014, um dos carnavais mais lindos que a escola já fez, tive o prazer de ver de perto a vitória chegando ao vice-campeonato. Neste mesmo ano a bateria foi agraciada com o Estandarte de Ouro e Troféu Setor 1 de melhor bateria do Grupo Especial.  

Fora o carnaval, sou professor de percussão em três projetos sociais ensinando jovens adolescentes um pouco sobre o nosso ritmo. Participo de seminários de carnaval onde faço palestra sobre a magica que é montar uma bateria de escola de samba. Outra função ligada ao ritmo que me da muito prazer é ser vice-presidente da ASDIBA (Associação de diretores de bateria).  

Pretendo ao longo das colunas falar e exaltar as nossas baterias bateria: Como se monta uma bateria de escola de samba, seus naypes de instrumentos, o que e avaliado no quesito, quem são os mestres de bateria do carnaval gaúcho, o que fazem fora do carnaval, quantos ritmistas desfilam em cada escola aqui da capital, qual nossas dificuldades pra bota a bateria na avenida...


Não vou avaliar o trabalho dos colegas, nem posso fazer isso.  Vou apenas comentar o que esta sendo realizado no pré-carnaval, no intuito de, desta forma, passar um pouco mais do árduo trabalho realizado por ritmistas, diretores e mestres e assim, a cada coluna, bater um papo descontraído e sem rodeios... sou melhor com instrumentos do que com as palavras, mas vamos ritmando ao nosso modo um espaço para falar da importante musicalidade das escolas de samba. Logo a primeira coluna está ai, espero que todos gostem! Até a próxima!

Neste sábado tem ensaio e samba dos Meninos da Vila

Por Fabrício Lemos

Neste sábado, dia (29), ocorrerá mais um ensaio da bateria da União da Vila do IAPI. Com o comando do Mestre Ninho Pujol, a bateria Meninos da Vila inicia os trabalhos às 16 horas na quadra da agremiação. 

Acontecerá após o ensaio uma roda de samba em comemoração ao aniversário do ritmista Everton Floriano, o TOM. Todos os ritmistas estão convidados a comparecer. A quadra da União Vila do Iapi fica na Av. Bernardino Siqueira Amorim, 911.

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Robinho Sorriso comemora seu aniversário neste sábado


Neste sábado (29), Academia de Samba Praiana recebe mais um grande evento e comemora o aniversário do seu atual interprete “Robinho Sorriso” + “Samba do Irajá. Todos estão convidados a festejar na quadra da escola a partir do meio dia.

E não para por ai... Como o samba e o pagode não pode faltar, diversas atrações estarão presentes colocando o povo pra dançar: Pagode do Dorinho, Grupo Tá de Boa, Grupo Simplez Razão, Grupo Fina Batucada, Renan Ludwing com Rafinha no violão e Bloco Robinho Sorriso. Logo após do samba, o carnaval toma conta da festa com o “Grupo show completo da Verde e Rosa”.

- Obs: A entrada é franca até as 23 horas, após será cobrado R$ 10,00. A festa acontecerá até ás 4 horas.

As mudanças no carnaval da capital


Boa parte das mudanças previstas para o carnaval de Porto Alegre foram divulgadas nesta manhã pelo Diário Gaúcho. As demais serão conhecidas hoje a noite, a partir das 19 horas onde o presidente da Liespa Juarez Gutierres de Souza dará uma coletiva de imprensa no Complexo Cultural do Porto Seco.

Uma das principais mudanças se refere aos grupos: O Grupo especial em 2016 terá 10 escolas. O Grupo de acesso e grupo intermediário A foram unificados e formarão o que os próprios dirigentes estão chamando de “Grupão”, com dez escolas concorrendo entre si. As demais escolas passaram como convidadas sem disputa.

Outra mudança considerável se refere ás datas. Neste ano o que era chamado de muamba, realizada no fim de semana anterior ao desfile, agora serão ensaios técnicos na terça e na quarta feira que antecedem o desfile, em cada um destes dias 5 escolas de samba do Grupo especial desfilarão entre os horários das 20h.30min e 1h30mim.

Os desfiles oficiais serão realizados em três noites, sexta, sábado e domingo. Na sexta desfilam 06 escolas do chamado grupão e três escolas do Grupo Especial (Unidos do Capão, Imperatriz Dona Leopoldina e Acadêmicos de Gravataí), este dia não será televisionado pelo RBS TV.

No sábado desfilam as demais escolas do Grupo especial (transmitidas pela RBS TV) e no domingo as demais escolas do Grupão. O desfile das campeãs será na terça feira de carnaval.

Veja abaixo o calendário de eventos da festa de momo:

2015

12/09 – Ouvidoria do carnaval: “Debatendo o carnaval: O que queremos e para onde vamos!”
06,07 e 08/11 – Mostra de samba enredo
11 e 12/12 – Concurso de escolha do Rei, rainha e princesas do carnaval

2016

08/01 – Abertura Oficial do carnaval
15,22 e 29/01 – Descida da Borges
02 e 03/02 – Ensaio técnico (Porto Seco)
05,06 e 07/02 – Desfiles Oficiais
08/02 – Apuração
09/02 – Desfile das campeãs

12/03 – Estandarte de Ouro 

Nesta noite, LIESPA recebe a imprensa para divulgar as novidades do carnaval

Presidente da Liespa recebe a imprensa para coletiva


Hoje (27), a partir das 19 horas, o presidente da Liespa Juarez Gutierres de Souza dará uma coletiva de imprensa no barracão da entidade no Complexo Cultural do Porto Seco. 


Na ocasião será divulgada oficialmente a ordem dos desfiles oficiais do carnaval de Porto Alegre para 2016, e as mudanças dos grupos e no formato do desfile. Representantes dos veículos de IMPRENSA são convidados a participar do ato. 

Cadência do Morro ensaia neste sábado

Por Israel Ávila

Neste próximo sábado (29), a bateria “Cadência do Morro”, da Academia de Samba Puro, segue seus ensaios para repetir a nota máxima obtida no carnaval 2015. 

O ensaio ocorrerá a partir das 16 horas. Mestre Karlinhos, que também assina o tema enredo da escola, conta com a presença dos diretores de baterias e de todos os ritmistas da agremiação, além dos que tem interesse em fazer parte deste trabalho. A quadra da escola fica na Rua Mário Artagão, 13 – Bairro Partenon, na capital.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Protegidos apresenta a nova camisa da bateria


Focada no carnaval 2016, a Protegidos da Princesa Isabel está a todo vapor. A novidade é a nova camiseta que os ritmistas da “Bateria do Brais” usar em apresentações e ensaios.

Neste domingo (30), Mestre Jhean convoca todos os ritmistas que queiram integrar a ala de ritmistas da tricolor de Novo Hamburgo para estarem na quadra da escola a partir das 17 horas. (Rua Germano Feshe, 115, bairro Rondônia).

Novos ritmistas e pessoas interessadas a aprender a tocar algum instrumento também serão bem vindos. Neste ano a bateria da escola foi agraciada com duas premiações. Troféu Setor 1 e Troféu Estandarte de Ouro, de melhor bateria do Grupo de Acesso.

SEMI-FINAL do Festival dos Bambas da Orgia é nesta sexta


Nesta sexta feira (28) a partir das 20 horas, acontece a SEMI-FINAL do festival dos Bambas da Orgia.  Na ocasião, 6 sambas disputam vagas para a grande final que acontece no próximo dia (5). Lembrando, o prêmio para o samba vencedor é R$ 5.000,00.

Ordem de apresentação:

1 – SAMBA 07: Arilson Trindade, Claudinho Macedo, Daniel Barbosa, Juliano Centeno, J. Lopes e Rico Bernardes.
2 – SAMBA 08: Jaílson Barbosa, Cesinha e Fabão.
3 – SAMBA 04: Gustavinho Oliveira, Danilo Garcia, Caio Alves, Rafael Tinguinha, Léo de Paysa, Pedro Miranda e Luis Henrique Presidente.
4 – SAMBA 09: Claudio Dias, Gustavo Mendes, Michele Volkweis e Vanderson Pereira.
5 – SAMBA 05: Marcelo Trindade, Vinicius Souza, Gabriel Trindade  e Degão.
6 – SAMBA 03: Rodrigo França, Jean Montenegro, Daniel Mendes, Marcynho Ferraz, Mauricio Lau e Jackson Nascimento.

Os jurados do festival são: o presidente Cleomar Rosa, o presidente do conselho Clovis André, o diretor de harmonia geral Jadir Pessoa, o interprete Fábio Ananias, Mestre Dada, os músicos Claudio Vieira e Jeferson (Fofo).

A entrada para o festival é franca. A quadra da escola fica na Av. Voluntários da Pátria - 1187

Com o título: “Sorria: Chegou Bambas da Orgia!” a Bambas da Orgia vai falar sobre o sorriso, e aposta no criativo tema na busca do título do carnaval 2016.

Segunda eliminatória do Festival da Vila Isabel é neste domingo

Foto - Israel Ávila

A Unidos de Vila Isabel promove a  2ª noite de eliminatórias para escolher seu samba oficial para o carnaval 2016. Cinco sambas sobem ao palco no próximo domingo (30) a partir das 20 horas na quadra da escola (Rua Marcelino Pacheco, 131 – Santa Isabel em Viamão).

Apresentação por ordem de sorteio:

1º - SAMBA 2 – Douglas, Marcelo, Vinicius, Gabriel e Allison.
2º - SAMBA 10 – Bruno Martins.
3º - SAMBA 5 – Viny Dacor, Mamau, Leandrinho LV, Nando, Xandinho, Dirley, Guilherme,Thiago e André.
4º - SAMBA 1 – Serginho Se, Paulo das Neves, Marquinhos e Thiaguinho.
4º - SAMBA 3 – Leandro da Águia, Arilson, Daniel, Claudio, Juliano, Ricardo, Rafael e J. Lopez.

A festa encerra com Projeto Hoje Tem Samba. O evento tem entrada franca. Neste ano a Unidos de Vila Isabel leva para o Porto Seco o enredo que fala sobre as mãos que alimentam a família brasileira.

Reconhecimento ao “povo” do carnaval


Na noite de ontem (25) no Plenário Otávio Rocha da Câmara Municipal de Porto Alegre, foi realizada sessão solene que teve como objetivo principal render homenagens a personalidades do samba e do carnaval da capital que norteiam seus trabalhos em prol da arte e da cultura em suas diversas ramificações.

Diversas autoridades, destaques e amantes do carnaval puderam prestigiar a sessão solene (espaço lotado) proposta pelo Vereador João Bosco Vaz e presidida pelo Vereador Reginaldo Pujol, na qual, Odir Ferreira, UDESCA (União dos Destaques do Carnaval) e Samba do Irajá foram os nomes da noite.

Na tribuna do plenário, as palavras proferidas pelo vereador João Bosco aos três agraciados não poderiam ser expressas de maneira diferente, palavras bem escolhidas e que realmente descrevera aquele destaque mencionado. A emoção e vibração dos espectadores se tornaram por longos períodos em aplausos, dignos de toda trajetória apresentada pelas partes citadas.

Três honrarias das mais importantes da capital foram entregues nesta noite cheia de surpresas: a Comenda Porto do Sol foi conferida ao radialista e voz oficial do nosso carnaval Odir Ferreira. O Troféu Câmara Municipal foi entregue a Shaienne Sehnem, presidente da UDESCA. Na mesma noite o terceiro homenageado Samba do Irajá foi agraciado com certificado de honra ao mérito na pessoa do presidente Jesus.

Esteve presente e com brilhante fala durante o ato solene o Vereador Delegado Cleiton, proponete do dia do Mestre-Sala, Porta-Bandeira e Porta-Estandarte.

E como de praxe nos eventos que permeiam o carnaval, não poderiam faltar as homenagens por parte do “povo” que acompanha e acompanhou o crescimento e desenvolvimento dos agraciados. A UDESCA (União dos Destaques do Carnaval) preparou uma magistral apresentação com seus destaques ao som de afinada bateria e embalados pela voz do intérprete Bruno Martins que relembrou tradicionais sambas, exaltações de agremiações bem como alguns trechos de sambas-enredo do carnaval da capital 2015. Os projetos Padedê do Samba e Eu Sou o Samba realizaram apresentação conjunta.


Finda a sessão solene, todos os presentes foram convidados para prestigiar a apresentação do Samba do Irajá no galpão criolo da Câmara Municipal.

Por meio desta singela lembrança, a equipe Setor 1 parabeniza todos os agraciados pelos seus atos e pelo outorga das homenagens. Para nós, amantes do carnaval, saibam que é extremamente estimulante vivenciar e labutar ao lado de grandes personalidades como as citadas. E que estas sirvam de bons exemplos para os futuros baluartes, torcedores e espectadores do mundo carnaval. Á vocês hoje homenageados nossos sinceros agradecimentos.

Velhos trechos de samba são compatíveis com momentos incólumes como este. Nada mais justo do que encerrar esta breve explanação com a seguinte frase:

Respeitem quem pode chegar aonde eles chegaram...



Nesta quinta é dia de ritmo na toca da Onça Negra


Nesta quinta-feira (27),  Mestre Junior Aruanda convoca seus ritmistas para realizar mais um ensaio técnico com a bateria da “Pegada da Onça”, visando o trabalho a ser apresentado no carnaval 2016. O ensaio acontece a partir  das 20 horas no Barracão da escola no Complexo Cultural do Porto Seco. Sairá um ônibus da Prefeitura Municipal de Porto Alegre ás 19 horas para o melhor deslocamento dos ritmistas.

Imperatriz lança tema enredo e recebe sambas para o festival


Na noite de ontem (25) a Imperatriz Dona Leopoldina lançou oficialmente seu tema enredo na quadra da escola. O Setor 1 esteve por lá na presença do estreante Tondy Guedes que passou todas as informações do belíssimo evento realizado pela Laranja da Zona Norte.

Os convidados foram todos recebidos no "salão de festas" da Imperatriz que foi ricamente decorado para a ocasião. 

Além de oficializar o enredo “Espelho de Pai para Filho, a Imperatriz Canta Diogo para João”, sobre as vidas e obras dos cantores Diogo e João Nogueira, a escola recebeu as obras inscritas para o seu festival de Samba enredo que ocorre entre os dias 30 de Agosto e 12 de Setembro.

Ao todo foram 8 sambas inscritos. No dia 30 de Agosto apresentam-se os sambas que na lista abaixo estão na cor laranja, e no dia 06 de Setembro os sambas que estão na cor preta. A final do festival da Imperatriz será no dia 12 de Setembro. A premiação para o festival é de R$ 5.000,00.



VEJA OS SAMBAS INSCRITOS:

Samba 1: Estevão Fontoura Ribeiro, Izolino Nascimento e Carlos Roberto Ortiz

Samba 2: Jhuan Lima, Valdenir Rosa dos Santos, Anderson Andrade do Nascimento, Willian Martins dos Santos, Rafael Flores da Silva e Renan Cassiano da Silva Neves

Samba 3: Leandro Quiroz, Rodrigo França, Daniel Mendes, Marcynho Ferraz e Maurício Lau

Samba 4: Rafael Tubino, Alex Bagé, Willian Tadeu, Thiago Sukata,Thiago Meiners e Victor Alves

Samba 5: Bruno Martins

Samba 6: Altemir Oliveira (Chocolate) E José Luis de Souza (Zeca)

Samba 7: Arilson Trindade, Juliano Centeno, Leandro da Águia, Daniel Barbosa, I. Lopes, Rodrigo Rio, Aryzinho e Claudinho.

Samba 8: Fladmir Goulart, Mauricio Do K’vaco, Anderson Minhoca, Bruno Law Renz e Carlos Goulart


Os compositores interessados em ter suas obras divulgadas no Setor 1 podem entrar em contato pelo e-mail: israelavila@setor1rs.com.br

Associação Carnavalesca de São Leopoldo realiza a 1ª FEIJOADA, SAMBA e SOLIDARIEDADE


As mais de 150 pessoas que compareceram na sede da Sociedade Orpheu Tiradentes em São Leopoldo, no ultimo domingo para prestigiar a 1ª FEIJOADA, SAMBA E SOLIDARIEDADE em prol do carnaval Leopoldense foram brindadas com uma bela recepção.

O evento organizado pela diretoria da Associação Carnavalesca da cidade, encantou a todos pela organização. Uma deliciosa feijoada e a boa musica do Grupo Gafieira SA  completaram a festa.

Em entrevista ao Setor1 o Presidente da AECRCSL, Wagner Pelhs, explica que o objetivo do evento foi reunir amigos, carnavalescos, membros das escolas de samba  com a melhor feijoada da cidade, muito samba e solidariedade. 

Segundo Pelhs, o evento foi um grande sucesso. Foram arrecadados mais de 100 kg de alimentos não perecíveis que foram doados ao Lar Clara e Francisco (Casa de Acolhimento de Crianças) localizada no bairro Scharlau, em São Leopoldo.


A meta da nova Direção da Associação Carnavalesca de São Leopoldo é lançar nos próximos dias, o Calendário Oficial do Carnaval 2016 com a programação dos próximos eventos e buscar apoiadores, patrocinadores e incentivos públicos para garantir a realização do carnaval leopoldense.

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Laranja Mecânica divulga camiseta e ensaios


A Bateria Laranja Mecânica está a todo vapor com seus trabalhos na busca de repetir a nota máxima obtida este ano. Um das novidades é a nova camiseta que os ritmistas irão usar em apresentações e ensaios.

Além disso, os ensaios seguem para aperfeiçoar o ritmo e bosas. Nesta quarta (26), o Diretor de Bateria Douglas Breque aguarda a todos na quadra da escola a partir das 20 horas para fazer “aquele ritmo” com o povo da Laranja Mecânica. 

Hoje é dia de ritmo com o Capão

Por Israel Ávila


Seguem os ensaios preparatórios para o carnaval 2016 da Bateria do Capão. O ensaio, segundo Mestre Boneco, ocorre nesta TERÇA FEIRA (25) no Barracão da escola no Complexo Cultural do Porto Seco a partir das 20 horas.


Aos ritmistas interessados em compor a ala de ritmistas do Capão, além de levar suas baquetas e talabartes, para melhor deslocamento até o local dos ensaios, vai sair um ônibus às 19 horas de Sapucaia do Sul, seguindo a rota de Esteio e por último em Canoas, pelos bairros Guajuviras, Barreto e Niterói.

Casal da Realeza de contrato renovado


A direção da Realeza informou na última semana a renovação de seu primeiro casal de mestre sala e porta bandeira Vini Souza e Jana Rodrigues. O casal desfilou em 2015 pela entidade e agora repete a premiada dobradinha.

Vinicius iniciou na União da Vila do IAPI em 1998 nas extintas alas de pandeiros. Como mestre sala iniciou no ano 2000 também na Vila. O “beija-flor” tem passagens por Imperatriz Dona Leopoldina, Copacabana, Império da Zona Norte e Bambas da Orgia. Já foi detentor do Troféu Udesca, além de diversas premiações no interior do estado. Já Jana sempre foi da União da Vila do IAPI, onde bailou por 6 anos até empunhar o pavilhão da Realeza no ano passado. O casal foi em 2014 premiado com o Troféu Setor 1, de melhor segundo-casal de mestre sala e porta bandeira do Grupo Especial. 

Odir Ferreira, Udesca e Samba do Irajá são homenageados na noite desta terça


Hoje (25), a partir das 19 horas ocorre o ato solene de outorga da Comenda Porto do Sol que nomeará e prestará homenagem ao radialista e voz oficial do carnaval Odir Ferreira. A homenagem foi proposta pelo vereador João Bosco Vaz e exalta o trabalho desenvolvido por esta peça fundamental para a cultura popular que és Odir Ferreira.

Quem também receberá um troféu pelos seus 15 anos é a UDESCA – União dos destaques de carnaval de Porto Alegre.  Ainda em clima de samba, quem será homenageado é o Samba do Irajá, por sua contribuição e agregação ao samba gaúcho. A solenidade será no Plenário Otávio Rocha do Palácio Aloísio Filho, na Avenida Loureiro da Silva, 255 em Porto Alegre. 

A porta bandeira capoeirista

Foto: Leonardo Contusi

Por Simone Ribeiro 

Esse final de semana estive no Rio de Janeiro para participar do evento anual do meu grupo ABADA Capoeira, os Jogos Mundiais e a comemoração dos 60 anos do meu mestre Camisa. Entre as atividades da capoeira, consegui dar uma escapada e participar do Seminário Majestades do Samba-RJ/SP.
Porém teve momentos concomitantes quando tive uma imensa vontade de me clonar! Há muitos anos exerço as duas atividades, confesso, não é fácil, pois tenho amor as duas, capoeira e carnaval e não me vejo nesse mundo sem estar praticando uma delas. Poderia escrever páginas sobre esse assunto, mas vou tentar sintetizar.

A capoeira veio primeiro, forte, imperiosa, arrebatadora. Veio através da dança que foi onde conheci meu primeiro professor, há 28 anos atrás. Comecei como aluna e logo estava dando aula. Alguns anos depois veio a onda das aulas em escola de samba aqui em Porto Alegre e assim conheci a quadra da Embaixadores, e cheguei mais perto do carnaval que eu só admirava pela tevê.
Então um maluco de um aluno meu veio com a história que estava sem porta bandeira e que eu podia exercer esse papel. Foi uma loucura. Terminava o treino a gente ficava com a verga do berimbau fazendo às vezes de bandeira e assim ele me convenceu a desfilar na Portelinha, escola do grupo de acesso da zona Norte.
No mesmo ano desfilei numa ala da Imperadores, aliás a primeira escola especial que desfilei no carnaval, vejam só. Claro que quando entrei na quadra tive um choque devido à diferença de onde eu estava ensaiando, pela grandeza do Mar. Quem tiver o desfile de 98 vai me ver na ala dos capoeiristas, com os bastões de maculelê fazendo uma coreografia e como eu era a única mulher a RBS me deu um bom close. Bem a nota na Portelinha foi 6,0 e a culpa recaiu toda sobre nós, mesmo com todos os problemas que nem vou relatar aqui, mas que podem imaginar. Então decidi me aprofundar, o vírus do carnaval me pegou e a partir daí como sempre fui muito de pesquisar, logo descobri a ligação entre as duas artes, pois os primeiros MS eram capoeiristas contratados para defender os pavilhões dos ataques grupos rivais.
Cada vez mais encantada com a dança da Porta bandeira, fui ser segunda na Imperatriz D. Leopoldina e aprender com o mestre sala Zoca. Passei a acompanhar as grandes PB da época e era fã de Rosecler, Isabel e Michele. No ano seguinte, me tornei a 3ª PB da Embaixadores e lembro que os amigos riam de mim, mas assim como na capoeira eu fui conquistando uma graduação após a outra. E assim tem sido a minha vida treinando e dançando, não necessariamente nessa mesma ordem. A capoeira me deu muitas das qualidades que me mantiveram no carnaval, força, garra, determinação, DISCIPLINA, preparo físico, saber “cair e levantar” de cada rasteira e principalmente, que sempre é preciso estudar o jogo, as condições e prepara a luta, nunca subestimando ao adversário.
Encontro de pavilhões no RJ
Com o carnaval ganhei de presente um lugar no Padedê, o qual administro com muitas das competências que aprendi com meu mestre Camisa, pois as heranças afro são todas ligadas em aspectos parecidos, e o respeito à ancestralidade e as raízes de um povo entendo que é o maior deles.
O final de semana mais de 5000 capoeiristas invadiram o Cais do Valongo, a pequena África do RJ, na Gamboa, onde aportaram os primeiros africanos trazidos pela diáspora. Foi maravilhoso, festival de artes com diversas manifestações culturais, um deleite para alma. Campeonato, batizado, troca de graduações. Sentir a história que existiu naquele lugar é algo único e especial. Pude palestrar sobre o tema que envolve educação e capoeira, e foi muito gratificante. E quando o samba me chamou eu fui, e participei do seminário organizado pelo espaço João Paulo Machado, que era na verdade entre RJ e SP, mas que gentilmente e foi aberto participar. Lá encontrei seu Manoel Dionisio, que juntamente com Carlinhos Brilhante e Machine (síndico da passarela) compartilharam com os presentes de suas histórias e vastos conhecimentos. Também ouvimos Hugo Passos (SP), Bonifácio (RJ) ambos coreógrafos, preparadores de casais de MS e PB;além de Cristiane Caldas, primeira PB da Mocidade e tudo no barracão da própria Mocidade e com outras presenças ilustres.Bom demais!
 Assistimos uma oficina de turbantes maravilhosa. No sábado as atividades continuaram com dinâmicas e palestras, desfile de turbantes, apresentação no teatro, tudo voltado para o nosso quesito. E culminou com a roda de bandeiras na São Clemente onde fomos recebidos com as pompas e honras de quem conhece e reconhece o valor e a importância dos casais de MS e PB. Uma finesse ímpar, além da elegância e recepção dos casais da escola. Todos dançamos ao som da bateria dez da escola e eu ainda tive a honra e alegria de poder dançar com um dos maiores MS do RJ, o premiadíssimo s.r. Carlinhos Brilhante. Ver o pavilhão do Mar entre os de SP e do RJ foi muito gratificante.

E vieram algumas pessoas emocionadas perguntando se era mesmo o pavilhão da Imperadores, pois são apaixonados pela escola e estavam muito felizes de ver ali numa escola do grupo especial do Rio de Janeiro. Enfim, exausta no domingo ainda havia as ultimas atividades do evento da capoeira para fechar com chave de ouro. As vezes me perguntam como eu arrumo tempo. Aprendi com mestre Camisa: QUEM QUER DÁ UM JEITO, QUEM NÃO QUER DÁ UMA DESCULPA. Entre o abadá e a saia, mantenho viva a cultura popular e sou muito feliz!

Tudo sobre o festival de samba enredo da Vila


Após divulgar seu tema enredo, intérpretes e diretor de carnaval, a União da Vila do IAPI divulga agora seu festival, para escolher o hino que deve embalar seus foliões na avenida no próximo carnaval. Sinopse, regulamento e ficha de inscrição podem ser obtidas através do facebook da escola ou com o site Setor 1 (peça os documentos via e-mail  israelavila@setor1rs.com.br )

O Prazo Final para entrega de sambas, 18/09/2015, no Barracão da Escola, no Complexo Cultural do Porto Seco ou no e-mail: uniaodavila1980@gmail.com; até às 22 horas deste dia.

A final do festival da tricolor da Zona Norte será no dia 03 de Outubro na quadra da escola. A premiação do festival será de R$ 5.000,00


VEJA A SEGUIR A SINOPSE DO ENREDO


VISÃO DA VIDA, A VILA DEFINIDA EM LENTES BIFOCAIS.
ABRA SEUS OLHOS A ALEGRIA VEM AÍ!

            Com um olhar no passado e, na busca de uma visão mais aperfeiçoada, a União da Vila do IAPI traz o universo que trata da visão da vida, onde nem tudo é o que se vê; e para enxergarmos melhor usaremos um acessório: o óculos (ocularium, na antiguidade clássica).

Sou a alma, sou a cara
Reflexo do seu cotidiano
Eu sou de fato

            Minha existência está registrada nos textos do filósofo chinês Confúcio; durante séculos servi apenas como acessório aos nobres chineses, somente como adornos pessoais, porque as lentes de vidro não tinham graus. Um Imperador chinês a fim de observar as estrelas usou lentes fabricadas em cristal de rocha, quartzo ou ametista.

            A partir de então, os fenícios, inspirados pelos chineses, iniciaram a arte de fabricação do vidro, descobrindo que a mistura da areia ao salitre, fundida pelo calor do sol, resultava em vidro bruto. Mas foi na Roma dos Césares que se mudou o conceito sobre lentes. O Imperador Nero usava as lentes coloridas contra a luz do sol sobre os olhos, durante as famosas apresentações públicas nas arenas romanas. As pedras semipreciosas, como o berilo e o cristal de rocha foram o inicio para a correção visual para perto.

            Já, Ptolomeu no Egito, descobriu que as leis ópticas eram fundamentais para refração da luz; as primeiras lentes desenvolvidas para este fim surgiram em Veneza com os mestres vidreiros, que faziam formas para serem usadas inicialmente como uma espécie de lupa sobre os textos, usadas mais próximas e sobre os olhos, criando assim as primeiras lentes corretivas. E tudo isso se deve ao matemático árabe Alhazen, que formulou uma teoria sobre a incidência de luz em espelhos esféricos e como isso reagia no olho humano.
           
           
            Os monges eram, sobretudo, os mais beneficiados, por passarem horas trabalhando nas grandes bibliotecas da Europa. Mas, a primeira vez que surgi propriamente dito foi na Alemanha; onde não tinha hastes, mas já estava nos olhos de muitos.

            Faço parte da alma das pessoas por meio do rosto e, posso mostrar o lado “intelectual” ou até mesmo o “nerd”. Como uma marca registrada, pertenço à personalidade de cada um; com diferentes armações, diferentes olhares; diferentes cores e formas; alguns pequenos, outros maiores, coloridos, transparentes; sem mim o mundo parece distorcido, fica sem foco, a ponto de sugerir uma ilusão de ótica; torno o olhar emoldurado, mostrando sabedoria, nobreza e charme, como é visível no rosto da vovó em seu momento de leitura para o olhar atento de seus netinhos.

            Somos muitos, de diversos designers, modelos tradicionais, modelos mais ousados... monóculos e binóculos utilizados pela nobreza europeia; de mergulho, de soldador, de aviador, de segurança, de astronauta e até de sol, quando na praia protejo dos raios ultravioleta; a humanidade desenvolveu-me para facilitar, proteger e melhorar a visão e fez mais... incorporou-me como um aliado à saúde e à estética, criando assim um estilo de vida...

            Marquei este estilo de vida de muitos artistas nacionais e internacionais; e, por isso sou motivo da pirataria; fui também inspiração para várias músicas populares, tais como: “quem não tem colírio, usa óculos escuro”; “eu uso óculos”; destaco também o irreverente Abelardo Barbosa (o Charinha), o “velho guerreiro” que fez do seu Cassino um palco de estrelas, onde virei marca registrada, sendo parte de suas identidades; numa identificação visual para estampar suas brilhantes carreiras na música, no teatro, no cinema e no humor...

            De 3D, em azul e vermelho, para ampliar todas as sensações... o trem da Vila, vem alegre, despojado, vem fashion... trazendo este Cassino de Alegria!

            E neste clima de festa, de apoteose, de aprendizado cultural... estou no carnaval. Proteja o espelho de sua alma para visualizar com mais brilho nos olhos, com muita paixão e com maior exatidão, as coisas boas da vida... Mostrando que a solução dos problemas está diante dos olhos, mas para enxergá-la é necessário usar os óculos da sabedoria, pois quem usa óculos enxerga melhora vida.